22/07/2024

Leilão de arroz: presidente da Comissão de Agricultura fala em fraude

Bruno Spada/Câmara dos Deputados

Ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, prestou esclarecimentos à Comissão na Câmara sobre leilão para compra de arroz feito pelo governo

O presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, deputado Evair Vieira de Melo (PP-ES), chamou o leilão de arroz realizado pelo governo federal de “esquema fraudulento”. O ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, prestou esclarecimentos, nesta quarta-feira (19/6), ao colegiado da Câmara dos Deputados, sobre a compra do grão depois da tragédia climática no Rio Grande do Sul.

“Aqui na comissão ou na CPI [Comissão Parlamentar de Inquérito], para poder ouvir esses operadores da Conab, naturalmente, ter usado a tragédia do Rio Grande do Sul, e mesmo antes de ter sepultado todas as vítimas, usar isso como cortina de fumaça para esse grande esquema fraudulento, que o próprio governo reconhece que tem vestígios, naturalmente é um crime que tem que ser punido com todo o rigor”, afirmou o deputado Evair.

Segundo o presidente da comissão, é necessário convidar o ministro da Casa Civil, Rui Costa, entre outras autoridades, para ampliar o debate diante do leilão de arroz.

“Diante dos fatos que foram apresentados aqui, é preciso e necessária a vinda aqui na comissão do ministro Rui Costa, porque tanto o Neri [Geller] quanto o ministro certificaram da participação efetiva dele na compra de arroz”, enfatizou o deputado federal.

O ministro da Agricultura, por sua vez, ressaltou que o governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem realizado uma investigação sobre possíveis irregularidades no leilão da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) para a compra de arroz importado.

Carlos Fávaro também destacou que o governo federal pretende realizar um novo leilão, que ainda não tem data definida, para manter o estoque de grãos da Conab. O ministro relembrou a compra realizada pela União no ano passado diante da seca extrema no Rio Grande do Sul, no começo do ano.

“Vai, vai ter leilão. É um compromisso do governo do presidente Lula que a Conab cumpra o seu papel de ter estoques mínimos para poder atuar, combater a especulação, combater interferes climáticos. Já se mostrou eficiente nesse um ano e meio de governo, com relação ao milho”, explicou Fávaro.

“Nós chegamos ao governo de 2023 numa seca sem precedentes no Rio Grande do Sul. Não tinha um quilo de milho para fornecer aos produtores gaúchos. em março do ano passado, logo adiante, o preço do milho caiu abaixo do preço do milho no Centro-Oeste Brasileiro”, completou o ministro da Agricultura.

O governo Lula anunciou a compra de arroz importado logo após o Rio Grande do Sul sofrer com chuvas históricas. O território gaúcho é responsável por grande parte da produção do grão no Brasil.

Tribuna Livre, com informações da Agência Câmara

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Presos fazem rebelião e causam incêndio em penitenciária de Franco da Rocha (SP)
Presos fazem rebelião e causam incêndio em penitenciária de Franco da Rocha (SP)
Filha de deputado do MT é encontrada morta; suspeita é de feminicídio
Filha de deputado do MT é encontrada morta; suspeita é de feminicídio
Cidade de quilombo de Mãe Bernadete é a 5ª mais violenta do Brasil
Cidade de quilombo de Mãe Bernadete é a 5ª mais violenta do Brasil
Comitiva do governo federal vai até regiões de conflitos indígenas no MS
Comitiva do governo federal vai até regiões de conflitos indígenas no MS
STF se corrige e permite que Jair Bolsonaro e Ramagem mantenham contato
STF se corrige e permite que Jair Bolsonaro e Ramagem mantenham contato 
Homem de 56 anos mata a namorada de 15 anos no interior da Paraíba
Homem de 56 anos mata a namorada de 15 anos no interior da Paraíba
Busto de ex-prefeito é furtado de praça no Triângulo Mineiro
Busto de ex-prefeito é furtado de praça no Triângulo Mineiro
Corpo de PM que se afogou há três dias é resgatado em represa
Corpo de PM que se afogou há três dias é resgatado em represa
O luto sem fim de famílias de desaparecidos no RS: 'Estamos esperando encontrar mais alguém para fazer o velório'
O luto sem fim de famílias de desaparecidos no RS: 'Estamos esperando encontrar mais alguém para fazer o velório'
Tributária: Câmara aprova texto com trava para IVA e inclui carne na cesta básica zero após pressão
Tributária: Câmara aprova texto com trava para IVA e inclui carne na cesta básica zero após pressão
Guardas que bateram em homem em situação de rua são afastados
Guardas que bateram em homem em situação de rua são afastados
Dez restaurantes do Lago Sul são fiscalizados por recolhimento do ICMS
Dez restaurantes do Lago Sul são fiscalizados por recolhimento do ICMS

Apagão global cibernético afeta bancos e aeroportos em todo mundo

Um apagão cibernético está causando atrasos em voos, impactando os serviços bancários e de comunicação globalmente nessa sexta-feira Na manhã desta sexta-feira (19/7) diversos países registraram problemas técnicos que afetaram operações de companhias aéreas internacionais, empresas ferroviárias e do setor de telecomunicações, entre outros. Segundo a Administração Federal de Aviação

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.