24/07/2024

Lira defende consenso pela desoneração da folha das municípios

Lira discursou na solenidade de abertura da Marcha dos Prefeitos, que acontece em Brasília até quinta-feira (23). - (crédito: Reprodução / YouTube)

O presidente da Câmara participou da solenidade de abertura da Marcha dos Prefeitos na terça-feira (21/5)

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), defendeu na terça-feira (21/5) que o Executivo Federal e as prefeituras cheguem a um consenso sobre a desoneração da folha dos municípios. Segundo Lira, é preciso que as prefeituras tenham fôlego orçamentário para se recuperar dos custos da pandemia da covid-19, mas o governo também precisa fazer o ajuste fiscal.

Lira discursou na solenidade de abertura da Marcha dos Prefeitos, que ocorre em Brasília até quinta-feira (23/5). O deputado ressaltou também a importância das transferências especiais, ou “emendas pix”, e elogiou os esforços conjuntos dos Poderes para auxiliar o Rio Grande do Sul em meio à calamidade causada pelas enchentes.

“Estou acompanhando de perto as negociações dos municípios com o governo federal sobre o assunto da desoneração da folha dos municípios. Defendo, claro, que se faça chegar a um consenso que permita, de um lado, as prefeituras ganharem um fôlego maior para se recuperar dos custos pós-pandemia. E, de outro, a necessidade do governo fazer o ajuste fiscal”, declarou Lira.

A abertura da marcha reuniu um grande número de autoridades, como o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), e diversos ministros de governo. Na semana passada, municípios e o governo federal chegaram a um consenso pela manutenção da alíquota atual, de 8%, para a folha de pagamento dos municípios em 2024, com um retorno gradual nos próximos anos da alíquota original, que chega a 20%. Os detalhes estão sendo negociados no Parlamento.

Lira também citou que, com as emendas pix, o repasse aos municípios passou de R$ 2 bilhões em 2021 para R$ 8,4 bilhões em 2024. Com essa modalidade, o dinheiro é transferido direto ao caixa das prefeituras. O presidente da Câmara também demonstrou preocupação com a dívida previdenciária dos municípios, e destacou que o Legislativo também não aceita decisões dos outros Poderes que interfiram nas competências do Congresso Nacional.

Apesar disso, elogiou o trabalho conjunto dos Poderes na última semana para aprovar medidas de auxílio ao Rio Grande do Sul. “O Brasil tem demonstrado sua capacidade de unir esforços em prol de um bem comum com as ações assistenciais prestadas nas últimas semanas aos gaúchos”.

Tribuna Livre, com informações da Agência Câmara

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Deputado Pedro Paulo deixa chapa de Eduardo Paes no Rio
Deputado Pedro Paulo deixa chapa de Eduardo Paes no Rio
Roberto Jefferson paga R$ 35,5 mil para conserto de viatura atingida por tiros
Roberto Jefferson paga R$ 35,5 mil para conserto de viatura atingida por tiros 
Fraudes e descuido ainda são desafio na gestão da merenda escolar
Fraudes e descuido ainda são desafio na gestão da merenda escolar
Novo oficializa candidatura de Marina Helena à Prefeitura de SP
Novo oficializa candidatura de Marina Helena à Prefeitura de SP
Governo prepara mudanças na segurança pública
Governo prepara mudanças na segurança pública
União Brasil não define candidato para SP, mas fica perto de acordo com Nunes
União Brasil não define candidato para SP, mas fica perto de acordo com Nunes
Pesquisa aponta Nunes e Boulos à frente da disputa pela Prefeitura de SP
Pesquisa aponta Nunes e Boulos à frente da disputa pela Prefeitura de SP
Chico Alencar critica apatia do Conselho de Ética em análise sobre Brazão
Chico Alencar critica apatia do Conselho de Ética em análise sobre Brazão
Bolsonaro diz que Ramagem "está pagando preço alto" pela coragem
Bolsonaro diz que Ramagem "está pagando preço alto" pela coragem 
Senado cria GT para debater regulamentação da reforma tributária
Senado cria GT para debater regulamentação da reforma tributária
Bolsonaro diz que Witzel pediu vaga no STF para blindar Flávio em investigação
Bolsonaro diz que Witzel pediu vaga no STF para blindar Flávio em investigação
Taxad e Zé do Taxão
Taxad e Zé do Taxão. Ministro da Fazenda vira meme nas redes sociais

Abertas inscrições para oficina gratuita sobre chás medicinais

Projeto Reconexão Cerrado, do Instituto Brasília Ambiental, tem como objetivo capacitar agentes de unidades de conservação do DF, mas o público externo também pode participar O Instituto Brasília Ambiental, por meio do projeto Reconexão Cerrado, vai promover, neste segundo semestre, uma oficina gratuita sobre uso tradicional de plantas medicinais, viabilizada

Leia mais...

Novo oficializa candidatura de Marina Helena à Prefeitura de SP

O coronel da Polícia Militar, Reynaldo Priell Neto, ex-secretário-adjunto de Segurança Pública de São Paulo, será o vice na chapa Com a promessa de “passar um pente-fino em todos os contratos” da administração municipal, a economista Marina Helena oficializou neste domingo, 20, sua candidatura à Prefeitura de São Paulo pelo

Leia mais...

Governo prepara mudanças na segurança pública

Está em construção uma PEC para reestruturar corporações e dar mais poder ao Executivo Está sendo desenhada no governo federal uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que pretende reformular de maneira relevante a estrutura e organização da segurança pública no país. Na prática, de acordo com fontes ouvidas pela

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.