22/07/2024

Plano de segurança federal é ‘desconectado da realidade’, diz Caiado

O governador relatou ainda não ter tido acesso ao texto, produzido pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, mas demonstrou preocupação com o que já foi revelado pelo governo até o momento - (crédito: Ed Alves/CB/DA.Press)

O governador de Goiás criticou o plano do governo federal para unificar as políticas de segurança no estado e aumentar a competência da Polícia Federal

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (União), declarou nesta quarta-feira (3/7) que o projeto de segurança pública preparado pelo governo federal está “descolado da realidade”. Para Caiado, a União não deve interferir na autonomia dos estados para gerir suas próprias políticas de segurança.

Ele relatou ainda não ter tido acesso ao texto, produzido pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, mas demonstrou preocupação com o que já foi revelado pelo governo até o momento.

“Me desculpe, mas está desconectado da realidade hoje, a se pensar na segurança pública. O governo federal tem ali a iniciativa de coibir crimes que são da alçada do governo federal. Quais são, lavagem de dinheiro, narcotráfico, comércio de armas, tudo isso”, comentou Caiado a jornalistas ao chegar no Palácio do Planalto, onde participa do lançamento do Plano Safra 2024/2025 Agricultura Familiar.

Para o governador, a iniciativa do governo federal deveria investir em inteligência, cooperação internacional com os países fronteiriços, tecnologia, como drones e satélites, e  cooperação com as forças estaduais. Segundo o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o governo quer ampliar a responsabilidade sobre a segurança pública, unificando as políticas que os estados devem seguir, e ampliando as competências da Polícia Federal.

“Entrar no dia-a-dia da polícia em cada realidade… Brasília precisa entender que não tem como ditar regras. Ela não conhece a realidade do Amapá, Goiás, Maranhão, Rio Grande do Sul. Cada um tem a sua realidade. Acho que realmente deixou a desejar, já que eu posso dizer, porque hoje eu tenho o estado mais seguro do país. Lá você vai fer uma ligação direta da Polícia Federal, da Polícia Rodoviária Federal, e as nossas forças de segurança. Ali está o modelo que tem que ser copiado”, disse ainda Caiado.

Ontem (2), em entrevista à Rádio Sociedade, em Salvador, Lula afirmou que deve se reunir com Lewandowski daqui a 15 dias. Ele espera ainda que haja resistência de alguns governadores. “Para que a gente possa fazer uma proposta de segurança pública sabendo que a gente vai enfrentar a recusa de muitos governadores. A gente vai enfrentar a recusa de muitos governadores, porque muitos reclamam da segurança pública, mas não querem abrir mão do controle das polícias civil e militar. Quem foi governador sabe, é muito difícil cuidar da segurança pública”, argumentou.

Tribuna Livre, com informações do Governo do Estado de Goiás

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
União Brasil não define candidato para SP, mas fica perto de acordo com Nunes
União Brasil não define candidato para SP, mas fica perto de acordo com Nunes
Pesquisa aponta Nunes e Boulos à frente da disputa pela Prefeitura de SP
Pesquisa aponta Nunes e Boulos à frente da disputa pela Prefeitura de SP
Chico Alencar critica apatia do Conselho de Ética em análise sobre Brazão
Chico Alencar critica apatia do Conselho de Ética em análise sobre Brazão
Bolsonaro diz que Ramagem "está pagando preço alto" pela coragem
Bolsonaro diz que Ramagem "está pagando preço alto" pela coragem 
Senado cria GT para debater regulamentação da reforma tributária
Senado cria GT para debater regulamentação da reforma tributária
Bolsonaro diz que Witzel pediu vaga no STF para blindar Flávio em investigação
Bolsonaro diz que Witzel pediu vaga no STF para blindar Flávio em investigação
Taxad e Zé do Taxão
Taxad e Zé do Taxão. Ministro da Fazenda vira meme nas redes sociais
Câmara aprova definição do marco legal do hidrogênio verde
Câmara aprova definição do marco legal do hidrogênio verde
Atentado a Trump é bofetão nos “salvadores da democracia”.Acima, Donald Trump durante comício na Pensilvânia em 3 momentos: ele discursando, ele levando a mão à orelha direita depois de disparos e ele sendo levado para fora do palco com sangue no rosto
Atentado a Trump é bofetão nos “salvadores da democracia”.
Reforma tributária vai tramitar sem urgência no Senado
Reforma tributária vai tramitar sem urgência no Senado
Mendonça dá 30 dias para conclusão de acordos de leniência da Lava-Jato
Mendonça dá 30 dias para conclusão de acordos de leniência da Lava-Jato
Reforma tributária: herança na mira de mais taxação
Reforma tributária: herança na mira de mais taxação

Apagão global cibernético afeta bancos e aeroportos em todo mundo

Um apagão cibernético está causando atrasos em voos, impactando os serviços bancários e de comunicação globalmente nessa sexta-feira Na manhã desta sexta-feira (19/7) diversos países registraram problemas técnicos que afetaram operações de companhias aéreas internacionais, empresas ferroviárias e do setor de telecomunicações, entre outros. Segundo a Administração Federal de Aviação

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.