20/07/2024

A Câmara Municipal de Iporá acata a recomendação do Ministério Público e está prevista a posse do vice de Naçoitan Leite.

Prefeito de Iporá quando se entregou a Polícia (Foto: Reprodução)

Persiste otimismo na base aliada, uma vez que a justiça analisará o habeas corpus do prefeito de Iporá nesta quinta-feira.

A Câmara Municipal de Iporá optou por acatar a recomendação do Ministério Público de Goiás (MP-GO) e realizar a posse da vice-prefeita, Maysa Coutinho. O presidente da casa, Adriano Sena Silva, conhecido como Didi Coutinho (MDB), agendou sessões extraordinárias para a próxima semana. Coutinho limitou-se a informar que ainda não recebeu formalmente a recomendação e aguarda uma manifestação oficial da Câmara Municipal.

A situação administrativa em Iporá, município no norte goiano, encontra-se no mínimo tumultuada após a prisão do prefeito Naçoitan Leite (sem partido) por invadir a residência de sua ex-mulher e efetuar 15 disparos contra a porta do quarto em que ela estava com o namorado. O prefeito se entregou à polícia após permanecer cinco dias foragido.

Na tarde desta quinta-feira (30), a justiça deve deliberar sobre o habeas corpus do prefeito, o que mantém as esperanças da base aliada do prefeito de Iporá na Câmara Municipal. Na semana passada, os aliados conseguiram barrar o afastamento de Naçoitan.

A situação torna-se ainda mais peculiar quando, mesmo detido, Naçoitan Leite continua emitindo atos normativos do Poder Municipal. O último despacho, divulgado na terça-feira (28/11), mas assinado na segunda-feira anterior (27), resultou na redução da jornada de trabalho na Prefeitura e órgãos públicos do município. Essa mudança foi implementada durante o período em que o prefeito esteve internado para tratar de um mal-estar contraído após sua chegada à prisão.

Na terça-feira (28), o presidente da Câmara havia decidido não atender à primeira recomendação do Ministério Público para a posse temporária da vice-prefeita, Maysa Coutinho (PP), alegando que a Lei Orgânica não exigia justificativa para a ausência do prefeito por até 15 dias. No entanto, após uma nova manifestação do Ministério Público, Didi Coutinho reconsiderou e decidiu acatar integralmente a recomendação. Sessões foram agendadas para os dias 4, 5 e 6 de dezembro para a posse temporária. A reportagem buscou contato com o vereador, mas não obteve resposta.

Tribuna Livre, com informações da Câmara Municipal de Iporá

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Conheça os pré-candidatos que tentam viabilizar seus projetos a Prefeitura de Aparecida de Goiânia
Conheça os pré-candidatos que tentam viabilizar seus projetos a Prefeitura de Aparecida de Goiânia
Aluguel Social: famílias de Aparecida são convocadas para a entrega de documentos
Aluguel Social: famílias de Aparecida são convocadas para a entrega de documentos
Deem-me as mãos, a oportunidade; e mostrarei a que vim
Deem-me as mãos, a oportunidade; e mostrarei a que vim.
Equatorial Goiás desliga indústria de materiais recicláveis que furtava energia há 6 anos em Águas Lindas
Equatorial Goiás desliga indústria de materiais recicláveis que furtava energia há 6 anos em Águas Lindas 
‘Cela de castigo’: clínica de reabilitação clandestina em Goiás tinha sala com grades para punir internos, diz delegada
‘Cela de castigo’: clínica de reabilitação clandestina em Goiás tinha sala com grades para punir internos, diz delegada
Justiça condena bombeiro por participar de esquema de aprovação de projetos em Goiânia e Caldas
Justiça condena bombeiro por participar de esquema de aprovação de projetos em Goiânia e Caldas
Presos suspeitos de tortura, cárcere privado e outros crimes em clínica de reabilitação clandestina em Pontalina
Presos suspeitos de tortura, cárcere privado e outros crimes em clínica de reabilitação clandestina em Pontalina
Golpista aciona assistidas da Defensoria em Inhumas para cobrar supostas taxas judiciais
Golpista aciona assistidas da Defensoria em Inhumas para cobrar supostas taxas judiciais
Cliente é velado no bar ao som de pagode em Montes Claros de Goiás
Cliente é velado no bar ao som de pagode em Montes Claros de Goiás
PCGO prende suspeito de chefiar grupo que furtou R$ 1 milhão em mercadorias de estabelecimentos
PCGO prende suspeito de chefiar grupo que furtou R$ 1 milhão em mercadorias de estabelecimentos
Uruaçu: PM agrediu irmão antes de ser morto, mostra vídeo
Uruaçu: PM agrediu irmão antes de ser morto, mostra vídeo
Suspeito de tráfico é preso com arma de fogo e munições em Trindade
Suspeito de tráfico é preso com arma de fogo e munições em Trindade

Incêndio no sudeste da França deixa sete mortos

Entre as vítimas estão três crianças. A Polícia abriu investigação para apurar como as chamas começaram Sete pessoas morreram durante a noite em um incêndio, aparentemente de origem criminosa, em um edifício de Nice, anunciou o promotor da cidade do sudeste da França, Damien Martinelli. “Com base nos primeiros indícios,

Leia mais...

Bolsonaro diz que Ramagem “está pagando preço alto” pela coragem 

Ex-presidente subiu em trio para apoiar pré-candidatura de Ramagem à Prefeitura do Rio de Janeiro. Eles são alvo de investigação sobre espionagem ilegal na Abin durante o governo bolsonarista  O ex-presidente Jair Bolsonaro exaltou o deputado federal Alexandre Ramagem (PL-RJ), ex-diretor da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), nesta quinta-feira (18/7),

Leia mais...

Comitiva do governo federal vai até regiões de conflitos indígenas no MS

Indígenas relataram que foram cercados por caminhonetes e atacados com disparos de armas de fogo Integrantes da comitiva enviada pelo governo federal na terça-feira (17/7), acompanhados por representantes do governo do Mato Grosso do Sul, visitaram duas localidades para mediar conflitos fundiários nesta quinta-feira. Indígenas visitados disseram que foram atacados

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.