22/02/2024

A iniciativa de busca ativa visa expandir a abrangência do auxílio destinado a órfãos de feminicídio.

Para iniciar o processo, as famílias podem entrar em contato pelos telefones (61) 3330-3118 e (61) 3330-3105 | Foto: Divulgação/SMDF

No período inaugural, o programa Acolher Eles e Elas ofereceu suporte a 40 órfãos. Todos os dependentes de vítimas a partir de 2015 têm acesso ao benefício. Informe-se sobre como buscar assistência.

A Secretaria da Mulher do Distrito Federal (SMDF), por meio do programa Acolher Eles e Elas, está conduzindo uma busca ativa para identificar famílias que têm direito a solicitar um salário mínimo para cada órfão de mães vítimas de feminicídio. Essa iniciativa faz parte do compromisso do Governo do Distrito Federal (GDF) em apoiar crianças e jovens que enfrentam os impactos psicológicos decorrentes dessa trágica situação. No primeiro mês de funcionamento, o programa acolheu 40 órfãos, e a documentação está atualmente em análise para a concessão do benefício.

Ivani Lima, avó de uma criança de 2 anos que perdeu a mãe há 6 meses devido ao feminicídio, foi prontamente contatada pela equipe do programa e agendou o acolhimento. Ela elogiou a iniciativa, afirmando que o auxílio ajudará a cobrir despesas essenciais como alimentação, fraldas e leite. “Ficar no lugar de mãe é uma missão muito difícil, e ter esse apoio nos dará a oportunidade de focar no crescimento da criança”, disse.

As famílias interessadas em iniciar o processo podem entrar em contato pelos telefones (61) 3330-3118 e (61) 3330-3105. Durante a ligação, a equipe da SMDF fornecerá informações sobre os documentos necessários e agendará atendimento individual na sede da secretaria, localizada no anexo do Palácio do Buriti. Após a aprovação do benefício, os órfãos receberão um cartão-benefício do Banco de Brasília (BRB) em até 30 dias, na residência indicada.

Maíra Castro, subsecretária de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher da SMDF, explicou que para acessar o auxílio, é necessário apresentar documentação específica, incluindo boletim de ocorrência, comprovante de residência, uma declaração atestando o vínculo com o órfão, documentos pessoais do órfão e do responsável, além de uma declaração de vulnerabilidade.

“Temos 363 órfãos registrados desde que a lei do feminicídio entrou em vigor. A intenção é que todos aqueles que precisam possam ser contemplados. Para aquelas famílias que já recebem algum crédito, ele não será cortado por conta do novo benefício, e todos os órfãos têm direito. Se a mãe foi vítima de feminicídio a partir de 2015, terão acesso”, destacou Maíra.

Documentos a serem apresentados:

•             Boletim de ocorrência;

•             Comprovante de residência;

•             Comprovante do vínculo com o órfão;

•             Documentos pessoais do órfão e do responsável;

•             Formulário de vulnerabilidade entregue pela Secretaria da Mulher.

Tribuna Livre, com informações da Secretaria da Mulher do Distrito Federal (SMDF)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Saúde pública do DF terá o reforço de mais 741 profissionais
Saúde pública do DF terá o reforço de mais 741 profissionais
Volta às aulas conturbada no CEM 404 Santa Maria
Volta às aulas conturbada no CEM 404 Santa Maria
Agentes de Vigilância Ambiental recém-empossados participam de treinamento
Agentes de Vigilância Ambiental recém-empossados participam de treinamento 
Hospital de Base capacita profissionais das UTIs para redução de infecções
Hospital de Base capacita profissionais das UTIs para redução de infecções
Inscritos no programa de voluntariado da Codhab são convocados
Inscritos no programa de voluntariado da Codhab são convocados
Em um mês, as tendas de atendimento no Distrito Federal prestaram assistência a mais de 37 mil pessoas com dengue
Em um mês, as tendas de atendimento no Distrito Federal prestaram assistência a mais de 37 mil pessoas com dengue.
Estão abertas as inscrições para o curso de estratégias educacionais sobre a dengue
Estão abertas as inscrições para o curso de estratégias educacionais sobre a dengue.
O primeiro sorteio do Nota Legal de 2024 está marcado para o dia 23 de maio
O primeiro sorteio do Nota Legal de 2024 está marcado para o dia 23 de maio.
A Previdência do DF recebe o reforço de 40 novos servidores
A Previdência do DF recebe o reforço de 40 novos servidores.
Entrega oficial do Cras Porto Rico, a 31ª unidade do DF, é marcada por evento
Entrega oficial do Cras Porto Rico, a 31ª unidade do DF, é marcada por evento.
Quatro mil novas famílias serão beneficiadas com DF Social
Quatro mil novas famílias serão beneficiadas com DF Social
Obra de drenagem pluvial do Lago Sul terá investimento de R$ 19 milhões
Obra de drenagem pluvial do Lago Sul terá investimento de R$ 19 milhões

No Brasil, G20 inicia debates sobre aliança global contra a fome

O ministro do Desenvolvimento Social participou da abertura dos três dias de reuniões que discutirão o termo de adesão dos países ao projeto internacional O ministro Wellington Dias, do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, participou nesta quarta-feira (21/2) da primeira reunião da Força Tarefa do G20

Leia mais...

Saúde pública do DF terá o reforço de mais 741 profissionais

Contratação de 200 médicos temporários, 156 enfermeiros e demais profissionais foi anunciada pelo governador Ibaneis Rocha durante evento de combate à dengue no Sol Nascente/Pôr do Sol O Distrito Federal vai ganhar 741 profissionais da saúde para reforçar o quadro de atendimento à população. O anúncio foi feito pelo governador

Leia mais...

Volta às aulas conturbada no CEM 404 Santa Maria

Aluno armado com faca fere o sargento Daniel Matos Na manhã da terça-feira (20), por volta das 11 horas, os policiais do Batalhão Escolar, 1º Sgt Daniel Matos e o 2º Sgt Euzimar, foram solicitados pela diretora do CEM 404 Santa Maria para prestarem apoio, pois havia um aluno na

Leia mais...

Inscritos no programa de voluntariado da Codhab são convocados

Duzentas pessoas passarão por entrevista e análise curricular nos dias 28 e 29 de fevereiro A Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab-DF) convocou, nesta quarta-feira (20), os inscritos no programa de voluntariado. Ao todo, 200 pessoas foram alistadas no processo seletivo. O Edital nº 77/2024 foi publicado no

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.