24/04/2024

A significativa diminuição nos índices de homicídios consolida os esforços da Segurança Pública no Distrito Federal.

No comparativo com 2022, a redução de vítimas de homicídios foi de 6,5% | Fotos: Marcelo Klotz/SSP-DF

A análise realizada pela Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP-DF) sobre os dados dos últimos 47 anos revelou o menor índice de crimes letais desde 1977. Em comparação com 2022, houve uma redução de 6,5% no número de vítimas nesse segmento.

As estratégias implementadas pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-DF) por meio do programa DF Mais Seguro – Segurança Integral, ao longo do último ano, resultaram no estabelecimento de um novo recorde histórico para o Distrito Federal, superando as marcas de 2022. O levantamento conduzido pela pasta revela que, em 2023, a taxa de homicídios foi de 9,1 por grupo de 100 mil habitantes, alcançando o índice mais baixo desde 1977, que registrava 14/100 mil. A utilização dessa taxa é uma metodologia internacional para avaliar o nível de violência em determinada região, relacionando os índices criminais com a população local.

Ao analisar o número absoluto de vítimas de homicídios no ano passado, o Distrito Federal atingiu o menor patamar em 35 anos. Em 1989, último ano com redução inferior, foram registradas 260 vítimas, quando a população estimada era de aproximadamente 1,5 milhão de pessoas, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em contraste, em 2023, com quase o dobro de habitantes, totalizando 2,8 milhões, foram registrados 259 casos de homicídio. Em comparação com 2022, houve uma redução de 6,5% no número de vítimas (de 277 para 259). Dentre os autores identificados desses crimes em 2023, 70,4% tinham antecedentes criminais, enquanto, no caso das vítimas, o percentual era de 64%.

O secretário de Segurança Pública, Sandro Avelar, destaca que o uso da tecnologia, a implementação de políticas coordenadas com diferentes setores e o investimento em inteligência e capacitação têm desempenhado papel crucial na redução da criminalidade no Distrito Federal. O novo programa de segurança, oficializado em novembro, baseia-se em manchas criminais, estudos de inteligência e considera as demandas da população, visando aprimorar a segurança e a qualidade de vida.

Os crimes violentos letais intencionais (CVLIs), que englobam homicídios, feminicídios, lesões corporais seguidas de morte e latrocínios, também apresentaram, em 2023, o menor número dos últimos 24 anos, com 279 casos registrados, representando uma redução de 7,6% em relação a 2022, quando foram registradas 302 ocorrências.

No que diz respeito aos crimes contra o patrimônio (CCPs), monitorados de forma prioritária pela SSP-DF, houve uma redução sistemática de 19,4% em 2023. Roubos em transporte coletivo e a pedestre reduziram em 30,4% e 23,8%, respectivamente. Houve, ainda, redução nos roubos de veículo (16,6%), em comércio (16,8%), em residência (20,2%) e nos furtos em veículo. O registro de posse e porte ilegal de arma de fogo aumentou em 1,6%, indicando um esforço na retirada de armas ilegais das ruas do DF.

No tocante aos feminicídios, foram registrados 34 casos em 2023. O enfrentamento desse crime é priorizado pela SSP-DF por meio do programa Mulher Mais Segura, que engloba medidas preventivas e tecnológicas voltadas à proteção da mulher e ao combate à violência doméstica e familiar. Mais de mil pessoas, entre vítimas e agressores, foram monitoradas pelas tecnologias da SSP-DF em 2023, resultando na prisão de 33 homens por violação das medidas judiciais. O secretário de Segurança Pública reforça o compromisso contínuo na luta contra a violência de gênero, com a meta de alcançar “feminicídio zero”.

Tribuna Livre, com informações da Secretaria de Segurança Pública

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Inaugurada tenda de acolhimento para pacientes com dengue em Taguatinga
Inaugurada tenda de acolhimento para pacientes com dengue em Taguatinga
Atividade de extensão debaterá saúde mental e políticas públicas
Atividade de extensão debaterá saúde mental e políticas públicas
Residências terapêuticas vão possibilitar reabilitação e convívio social
Residências terapêuticas vão possibilitar reabilitação e convívio social
Hemocentro opera 42% abaixo do ideal e convoca população para doar sangue
Hemocentro opera 42% abaixo do ideal e convoca população para doar sangue
Atendimento online em Libras do GDF já atendeu mais de 4 mil pessoas
Atendimento online em Libras do GDF já atendeu mais de 4 mil pessoas
Núcleo de Testagem e Aconselhamento volta a funcionar na rodoviária
Núcleo de Testagem e Aconselhamento volta a funcionar na rodoviária
Publicado aviso para seleção de banca para concurso de oficiais da PMDF
Publicado aviso para seleção de banca para concurso de oficiais da PMDF
Programa Mulher nas Cidades leva serviços gratuitos ao Guará
Programa Mulher nas Cidades leva serviços gratuitos ao Guará
Casa da Mulher Brasileira de Ceilândia celebra três anos de acolhimento
Casa da Mulher Brasileira de Ceilândia celebra três anos de acolhimento
Cine Brasília é reaberto com sessão especial sobre JK
Cine Brasília é reaberto com sessão especial sobre JK
Restaurantes Comunitários terão cardápio especial de almoço na terça-feira (23)
Restaurantes Comunitários terão cardápio especial de almoço na terça-feira (23)
Mais de 50 profissionais da Saúde deram apoio à comemoração dos 64 anos de Brasília
Mais de 50 profissionais da Saúde deram apoio à comemoração dos 64 anos de Brasília

Israel e Hamas, 200 dias de guerra sem sinais de trégua

Nas últimas 24 horas, os bombardeios israelenses mataram 32 palestinos, segundo o Ministério da Saúde da Faixa de Gaza A guerra entre Israel e Hamas em Gaza completou 200 dias nesta terça-feira (23), sem sinais de que uma trégua estaria próxima, nem de que o movimento islamista estaria disposto a

Leia mais...

Atividade de extensão debaterá saúde mental e políticas públicas

Iniciativa da Universidade do Distrito Federal é aberta para a comunidade acadêmica, bem como para o público externo; inscrições podem ser feitas até o dia 7 de maio “Diálogos sobre saúde mental, políticas públicas e universidade” é o tema da extensão universitária proposta pela docente Kíssila Mendes, da Universidade do

Leia mais...

Equatorial alerta para nova onda de calor em Goiás

Massa de ar quente eleva temperaturas acima da média e deve provocar aumento no consumo de energia nos próximos dias. Goiânia, 23 de abril de 2024 – Os termômetros devem registrar altas temperaturas nesta semana em todo estado. Uma massa de ar quente e seco está influenciando no aumento das

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.