24/04/2024

Ação na Justiça pode proibir Domingos Brazão de receber R$ 581 mil por férias durante afastamento do TCE

Domingos Brazão, conselheiro do TCE-RJ. Foto: Reprodução.

Pedido do deputado Tarcísio Motta (PSOL-RJ) chegou à Justiça do Rio de Janeiro

O deputado federal Tarcísio Motta (PSOL-RJ) acionou a Justiça do Rio de Janeiro em caráter de urgência para impedir que o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado Domingos Brazão receba 581 mil reais pelos mais de 400 dias de férias acumuladas por um período em que ele não trabalhou.

A demanda foi apresentada à 2ª Vara de Fazenda Pública da capital, nesta quinta-feira 28. O conselheiro está preso por suspeita de envolvimento no assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes.

Em 2017, Brazão foi afastado judicialmente das funções na Corte após ser preso na Operação Quinto do Ouro, um desdobramento da Lava Jato do Rio que investigava um suposto esquema de desvio de dinheiro público em contratos firmados com órgãos estaduais

Mesmo afastado entre 2017 e 2022, ele continuou a receber salário e benefícios, mas não pôde desfrutar das férias – pelas regras do tribunal, cada conselheiro tem direito a 60 dias de férias por ano.

Por isso, em janeiro, Brazão recebeu aval do TCE para escolher entre tirar um ano e dois meses de férias ou receber pouco mais de 581 mil reais — e optou pela segunda alternativa, conforme uma portaria publicada no Diário Oficial.

Na ação enviada à Justiça fluminense, Tarcísio Motta sustenta que a conversão das férias em dinheiro configura “desvio de finalidade”, já que Brazão decidiu receber os valores “quando observou o cerco jurídico e policial novamente se fechando em desfavor de sua pessoa como mandante da covarde execução da vereadora Marielle Franco”.

“Ora, foi o próprio Domingos Brazão que deu causa ao seu afastamento, ao se utilizar do seu cargo na Corte de Contas para cometer fraudes e angariar propinas”, argumenta o deputado. “Desse modo, não pode agora querer reclamar o pagamento de férias ‘acumuladas’ como ‘indenização’, sob pena de se violar o princípio de que ninguém pode se beneficiar da própria torpeza.”

Motta pede urgência na análise do caso porque, segundo ele, o conselheiro já começou a receber valores referentes às férias, “como atesta contracheque referente ao presente mês (03/2024) com a rubrica ‘DEV FÉRIAS TCE’ no valor de R$ 25.059,94 sem desconto de IR [Imposto de Renda]”.

Tribuna Livre, com informações da Agência Câmara

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Lula sobre possível derrubada de veto lei das saidinhas: ‘vou ter que acatar’
Lula sobre possível derrubada de veto lei das saidinhas: ‘vou ter que acatar’
Haddad diz que sistema invadido está preservado e nega ataque hacker
Haddad diz que sistema invadido está preservado e nega ataque hacker
Lira pretende criar grupo de trabalho para limitar ações do STF
Lira pretende criar grupo de trabalho para limitar ações do STF.
Comissão dos EUA diz que Moraes “censura” oposição ao governo Lula
Comissão dos EUA diz que Moraes “censura” oposição ao governo Lula.
Senado aprova em primeiro turno PEC que criminaliza porte e posse de drogas
Senado aprova em primeiro turno PEC que criminaliza porte e posse de drogas
Em reação ao governo, Lira avalia abrir CPIs e pautar PL anti-MST
Em reação ao governo, Lira avalia abrir CPIs e pautar PL anti-MST
Governo bate cabeça para fechar acordo sobre veto de Lula a emendas
Governo bate cabeça para fechar acordo sobre veto de Lula a emendas.
Rodrigo Pacheco, seus acertos, omissões e intromissões
Rodrigo Pacheco, seus acertos, omissões e intromissões.
Divergências na relação com o Planalto: Lira e Pacheco seguem caminhos distintos na disputa pela sucessão no Senado e na Câmara
Divergências na relação com o Planalto: Lira e Pacheco seguem caminhos distintos na disputa pela sucessão no Senado e na Câmara
Câmara deve revogar futuras prisões de deputados expedidas pelo STF
Câmara deve revogar futuras prisões de deputados expedidas pelo STF.
"Nós vamos chegar lá", diz Beto Simonetti ao ouvir "fora, Xandão"
"Nós vamos chegar lá", diz Beto Simonetti ao ouvir "fora, Xandão"
"Incompetente": Lira ataca Padilha e abre nova crise com governo
"Incompetente": Lira ataca Padilha e abre nova crise com governo

Israel e Hamas, 200 dias de guerra sem sinais de trégua

Nas últimas 24 horas, os bombardeios israelenses mataram 32 palestinos, segundo o Ministério da Saúde da Faixa de Gaza A guerra entre Israel e Hamas em Gaza completou 200 dias nesta terça-feira (23), sem sinais de que uma trégua estaria próxima, nem de que o movimento islamista estaria disposto a

Leia mais...

Atividade de extensão debaterá saúde mental e políticas públicas

Iniciativa da Universidade do Distrito Federal é aberta para a comunidade acadêmica, bem como para o público externo; inscrições podem ser feitas até o dia 7 de maio “Diálogos sobre saúde mental, políticas públicas e universidade” é o tema da extensão universitária proposta pela docente Kíssila Mendes, da Universidade do

Leia mais...

Equatorial alerta para nova onda de calor em Goiás

Massa de ar quente eleva temperaturas acima da média e deve provocar aumento no consumo de energia nos próximos dias. Goiânia, 23 de abril de 2024 – Os termômetros devem registrar altas temperaturas nesta semana em todo estado. Uma massa de ar quente e seco está influenciando no aumento das

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.