22/04/2024

Durante a abordagem em Aparecida, o cantor Dan Lellis, vítima de sequestro, suspeitou dos indivíduos que se faziam passar por policiais

Após ser abordado em uma padaria e receber a informação de que a sua caminhonete estava clonada, o artista entrou no carro dos suspeitos.

O cantor sertanejo que foi vítima de um sequestro-relâmpago no mês passado em Aparecida de Goiânia é Danilo Oliveira Lellis, mais conhecido no meio artístico como Dan Lellis. Quatro homens foram presos nesta quarta-feira (27) sob suspeita de envolvimento no caso, após se apresentarem à vítima como policiais civis. O artista afirmou que teve suas suspeitas durante o ocorrido.

Nas redes sociais, o músico esclareceu o incidente. Ele disse: “Fiquem tranquilos, quem gosta de mim, está tudo bem comigo e com a minha família. Esse episódio tem mais de um mês e demoraram a sair as notícias por causa da investigação.”

A abordagem ao cantor ocorreu no dia 12 de agosto, durante o dia. Além de obrigarem Dan Lellis a entregar R$ 15 mil, os falsos policiais também roubaram sua camionete, avaliada em mais de R$ 250 mil. Posteriormente, o veículo foi recuperado.

Segundo o artista, a situação poderia ter acontecido com qualquer pessoa. Ele explicou que, cerca de quatro meses antes, havia comprado a caminhonete e não a havia transferido para seu nome inicialmente. Quando foi abordado pelos falsos policiais na porta de uma padaria, eles afirmaram que seu veículo era clonado. Ele ficou com medo e, como qualquer pessoa faria, entrou no carro dos supostos policiais para ir à delegacia, “para resolver qualquer problema”, como ele disse.

No entanto, Dan Lellis começou a suspeitar que os suspeitos não eram realmente policiais depois de entrar no veículo. Ele mencionou a extorsão como um dos indícios, já que eles tentaram tirar dinheiro dele, e também o fato de que eles não se identificaram. Ele decidiu pagar o que eles pediam para ser liberado e foi solto na T-7. Posteriormente, junto com seu advogado, ele iniciou uma busca por informações em todas as delegacias, pois acreditava que, se sua caminhonete estivesse irregular, seria possível descobrir facilmente.

Eventualmente, eles se aproximaram da Polícia Civil, que trabalhou com todos os detalhes do caso e conduziu uma investigação exemplar. Dan Lellis concluiu dizendo que não deseja mais falar sobre o assunto, pois já faz parte do passado.

Tribuna Livre, com informações

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Prazo para solicitar queima controlada em Goiás vai até 30 de junho
Prazo para solicitar queima controlada em Goiás vai até 30 de junho
Conselho recomenda uso de tornozeleira para agressores em caso de violência contra mulher
Conselho recomenda uso de tornozeleira para agressores em caso de violência contra mulher
Agronegócio em Goiás gera mais de um milhão de empregos em 2023
Agronegócio em Goiás gera mais de um milhão de empregos em 2023
Número de barragens cadastradas em Goiás chega a 38,6 mil no fim do prazo para regularização
Número de barragens cadastradas em Goiás chega a 38,6 mil no fim do prazo para regularização
Preso suspeito de usar dados de comerciantes da Feira Hippie, em Goiânia, para fraudes fiscais
Preso suspeito de usar dados de comerciantes da Feira Hippie, em Goiânia, para fraudes fiscais
Caso Valério Luiz: ministra reforma própria decisão e nega habeas corpus a Maurício Sampaio
Caso Valério Luiz: ministra reforma própria decisão e nega habeas corpus a Maurício Sampaio
Professores de pelo menos 18 universidades federais no Brasil entram em greve; UFG continua a funcionar
Professores de pelo menos 18 universidades federais no Brasil entram em greve; UFG continua a funcionar
PRF acredita que menino de 4 anos resgatado na BR-153 tinha acabado de fugir de casa
PRF acredita que menino de 4 anos resgatado na BR-153 tinha acabado de fugir de casa
Rodrigo Pacheco, seus acertos, omissões e intromissões
Rodrigo Pacheco, seus acertos, omissões e intromissões.
Tio da dupla Matheus e Kauan morre em acidente na GO-156; sertanejo lamenta
Tio da dupla Matheus e Kauan morre em acidente na GO-156; sertanejo lamenta
Moradores de cidades vizinhas reclamam das dificuldades para ir e vir do DF
Moradores de cidades vizinhas reclamam das dificuldades para ir e vir do DF
Goiás registra mais de 3 milhões de raios nos primeiros três meses do ano
Goiás registra mais de 3 milhões de raios nos primeiros três meses do ano 

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.