20/06/2024

Em um período de cinco anos, foram restaurados mais de 6.200 quilômetros de estradas rurais.

Somente em setembro deste ano, a Seagri utilizou cerca de 350 caminhões de RCC para conservar as estradas rurais que são de sua jurisdição. Já o DER aplica em torno de 400 mil toneladas de material, anualmente, para realizar a manutenção de rodovias não pavimentadas de sua responsabilidade | Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

O trabalho de manutenção das vias beneficia aproximadamente 90 mil residentes da área rural em 16 cidades do Distrito Federal.

O objetivo principal do trabalho diário realizado pelas equipes do governo é melhorar as condições de vida dos moradores das áreas rurais, bem como beneficiar os alunos de escolas públicas vinculadas ao programa Caminho das Escolas, ao mesmo tempo que reduzem as preocupações decorrentes das chuvas. Entre 2019 e setembro deste ano, foram recuperados 6.294 quilômetros de estradas rurais, com a aplicação de cascalho e resíduos da construção civil (RCC), dos quais 1.076 quilômetros foram recuperados apenas em 2023.

Esse esforço conjunto, coordenado por três pastas do GDF – Secretaria de Governo (Segov), Secretaria da Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (Seagri) e Departamento de Estradas de Rodagem (DER-DF) – não só visa prevenir problemas causados pelas chuvas, mas também facilitar o escoamento da safra agrícola e contribuir para o desenvolvimento econômico e social.

José Humberto Pires de Araújo, secretário de Governo, destaca a importância de garantir boas condições de trafegabilidade nas vias não pavimentadas, que concentram a produção agrícola. Ele ressalta que o foco é atender às necessidades da comunidade rural, especialmente durante o período de chuvas.

Essas estradas são essenciais para o transporte da produção agrícola do Distrito Federal, que atingiu R$ 1,5 bilhão em 2022, conforme dados da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-DF). O consumidor final, incluindo os residentes do Entorno, se beneficia desses produtos frescos cultivados na área rural do DF.

Alonso Pereira, morador de Zumbi dos Palmares, em São Sebastião, expressa sua satisfação com o trabalho do GDF, destacando a transformação positiva na qualidade de vida desde que o programa foi implementado na região.

A ação estratégica das equipes de trabalho, que envolve diversas entidades como a Novacap, administrações regionais, GDF Presente, DER e Seagri, visa garantir um acúmulo eficiente de cascalho e RCC para uso nas vias não pavimentadas, evitando deslocamentos longos e tornando as operações mais ágeis. O material é, em grande parte, doado pelo Serviço de Limpeza Urbana (SLU).

A sustentabilidade é um foco importante, com a coleta estratégica de cascalho e RCC que podem ser utilizados em pontos críticos afetados pelas chuvas. O objetivo é acumular um volume suficiente em locais estratégicos do DF, como Gama, São Sebastião, Planaltina, Itapoã, Ceilândia e Brazlândia.

O coordenador do Polo Rural, Luciano Mendes, enfatiza a expectativa de uma resposta rápida e eficaz às necessidades das vias não pavimentadas, mantendo um estoque adequado de materiais nas administrações regionais. Em setembro deste ano, aproximadamente 350 caminhões de RCC foram utilizados pela Seagri para a conservação das estradas rurais sob sua responsabilidade, enquanto o DER aplica cerca de 400 mil toneladas anualmente para a manutenção das rodovias não pavimentadas de sua jurisdição, com um investimento anual de aproximadamente R$ 3 milhões.

Em São Sebastião, a atuação conjunta das pastas assegura a constante realização de serviços de terraplanagem, colocação de brita e RCC, contribuindo para reduzir a poeira e melhorar a acessibilidade nas vias não asfaltadas. Mais de 50 mil moradores das regiões beneficiadas, como Morro da Cruz, Capão Comprido, Zumbi dos Palmares, Residencial Vitória, Bora Manso e Vila do Boa, experimentam os benefícios desses serviços de manutenção, proporcionando um acesso mais seguro e confortável.

Tribuna Livre, com informações do DER

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Brasília é a segunda capital mais segura do país, aponta Atlas da Violência 2024
Brasília é a segunda capital mais segura do país, aponta Atlas da Violência 2024
Núcleo da Unidade de Internação de Santa Maria disputa prêmio de Melhor Escola do Mundo
Núcleo da Unidade de Internação de Santa Maria disputa prêmio de Melhor Escola do Mundo
UPAs atenderam quase meio milhão de pessoas nos cinco primeiros meses de 2024
UPAs atenderam quase meio milhão de pessoas nos cinco primeiros meses de 2024
Abrigo no Plano Piloto protege 80 pessoas em situação de rua do frio
Abrigo no Plano Piloto protege 80 pessoas em situação de rua do frio
QualificaDF Móvel abre inscrições para capacitação profissional em 4 cidades
QualificaDF Móvel abre inscrições para capacitação profissional em 4 cidades
Inscrições para quase 6 mil vagas em cursos técnicos abrem nesta quinta-feira (20)
Inscrições para quase 6 mil vagas em cursos técnicos abrem nesta quinta-feira (20)
Caesb investe R$ 3,7 milhões em energia limpa e reduz custos operacionais
Caesb investe R$ 3,7 milhões em energia limpa e reduz custos operacionais
Mais de 150 produtores rurais apresentam cartões de vacina de rebanhos contra raiva
Mais de 150 produtores rurais apresentam cartões de vacina de rebanhos contra raiva
GDF destina R$ 110 milhões para famílias darem de entrada na casa própria
GDF destina R$ 110 milhões para famílias darem de entrada na casa própria
Portaria conjunta institui programa e aplicativo de proteção aos conselheiros tutelares do DF
Portaria conjunta institui programa e aplicativo de proteção aos conselheiros tutelares do DF
Fiscalização contra estacionamento irregular no DF é intensificada
Fiscalização contra estacionamento irregular no DF é intensificada
Regulamentados os serviços de capelania nas unidades de saúde
Regulamentados os serviços de capelania nas unidades de saúde

Leilão de arroz: presidente da Comissão de Agricultura fala em fraude

Ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, prestou esclarecimentos à Comissão na Câmara sobre leilão para compra de arroz feito pelo governo O presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, deputado Evair Vieira de Melo (PP-ES), chamou o leilão de arroz realizado pelo governo federal de “esquema fraudulento”. O

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.