24/07/2024

Essequibo: Maduro afirma que bases militares dos EUA foram instaladas em área disputada com a Guiana

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, durante cerimônia no Parlamento em 3 de abril de 2024 — Foto: Presidência da Venezuela

Presidente venezuelano disse que norte-americanos preparam uma escalada contra o país. Maduro promulgou lei que cria província da Venezuela em território da Guiana.

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, afirmou nesta quarta-feira (3) que “bases militares secretas” dos Estados Unidos foram instaladas em Essequibo, uma região rica em petróleo que Caracas disputa com a Guiana.

“Temos informação comprovada de que, no território de Guiana Essequiba, administrado temporariamente pela Guiana, instalaram bases militares secretas do Comando Sul, núcleos do Comando Sul e núcleos da CIA”, disse o presidente venezuelano.

Segundo Maduro, as bases foram concebidas “para preparar agressões às populações do sul e do oriente da Venezuela, e para se preparar em uma escalada contra a Venezuela”.

Venezuela x Guiana: Entenda em 5 pontos disputa por Essequibo

Maduro promulgou, nesta quarta, a Lei Orgânica para a Defesa da Guiana Essequiba. O texto foi redigido depois de um referendo, realizado em dezembro de 2023, para ratificar a soberania sobre o território reclamado pela Venezuela há mais de um século.

A lei contemplava a criação do estado de Guiana Essequiba, que deve ser governado da cidade de Tumeremo. O município fica no estado venezuelano de Bolívar, a cerca de 100 quilômetros de Essequibo.

“O presidente Irfaan [Ali] não governa a Guiana. A Guiana é governada pelo Comando Sul, a CIA e a ExxonMobil, e não estou exagerando. Controlam o Congresso, dois partidos que fazem maioria, governo e oposição, controlam totalmente as forças de defesa guianesas, as forças policiais”, disse Maduro.

Após a aprovação da lei, em 21 de março, a Guiana expressou “grave preocupação” ao considerar que incorre em uma “violação flagrante de sua soberania”.

A disputa centenária pelo Essequibo recrudesceu em 2015, após a descoberta de reservas petrolíferas pela companhia americana ExxonMobil.

As tensões, que suscitaram preocupação regional por uma eventual escalada, se acentuaram após o referendo.

Duas semanas depois da consulta, os presidentes Ali e Maduro se reuniram em um primeiro tête-à-tête, no qual ambos os governos concordaram em não realizar ameaças, nem utilizar a força para resolver a disputa.

Em março deste ano, Maduro e Ali participaram de um encontro da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac) em São Vicente e Granadinas, onde o venezuelano insistiu em uma “solução pacífica”.

Tribuna Livre, com informações da Agence France Presse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Beyoncé autoriza uso de música pela campanha de Kamala
Beyoncé autoriza uso de música pela campanha de Kamala
Por que chefe do Serviço Secreto se demitiu após falhas em atentado contra Trump
Por que chefe do Serviço Secreto se demitiu após falhas em atentado contra Trump
Por que Obama ainda não endossou Kamala Harris
Por que Obama ainda não endossou Kamala Harris
Quem substituirá Biden como candidato do Partido Democrata?
Quem substituirá Biden como candidato do Partido Democrata?
Desistência de Biden: os momentos críticos que fizeram campanha à reeleição 'derreter'
Desistência de Biden: os momentos críticos que fizeram campanha à reeleição 'derreter'
Após escapar da morte, Trump retoma campanha: "Tomei tiro pela democracia"
Após escapar da morte, Trump retoma campanha: "Tomei tiro pela democracia"
Apagão global cibernético afeta bancos e aeroportos em todo mundo
Apagão global cibernético afeta bancos e aeroportos em todo mundo
Incêndio no sudeste da França deixa sete mortos
Incêndio no sudeste da França deixa sete mortos
Milei demite subsecretário que cobrou desculpas de atletas por ato racista
Milei demite subsecretário que cobrou desculpas de atletas por ato racista
Elon Musk se compromete com US$ 45 milhões por mês para apoiar Trump
Elon Musk se compromete com US$ 45 milhões por mês para apoiar Trump
Morte em massa de peixes causa fechamento de lago nos EUA; entenda
Morte em massa de peixes causa fechamento de lago nos EUA; entenda
Fuzil usado em atentado contra Trump foi comprado pelo pai do atirador
Fuzil usado em atentado contra Trump foi comprado pelo pai do atirador

Hospital de Base fará teste com robôs na dispensação de medicamentos

Novas tecnologias transformarão a farmácia hospitalar, reduzindo desperdícios e garantindo segurança medicamentosa A superintendência do Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF) recebeu a apresentação de um novo sistema robotizado de entrega de medicamentos. A superintendente de Administração e Logística do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal

Leia mais...

Operação apreende R$ 770 mil em mercadorias irregulares

Ações da Receita do Distrito Federal foram realizadas no Setor de Indústrias Bernardo Sayão, na BR-060, na DF-001 e em transportadoras Uma equipe de auditores da Receita da Secretaria de Economia do Distrito Federal (Seec) apreendeu aproximadamente R$ 770 mil em mercadorias. As ações aconteceram entre sábado (20) e segunda-feira

Leia mais...

Por que Obama ainda não endossou Kamala Harris

Ausência de apoio do ex-presidente foi notada, mas especialista afirma que Obama tem um perfil mais cauteloso e deve se pronunciar quando a cancidatura de Kamala for formalizada. Entre os vários nomes importantes do Partido Democrata que desde domingo (21/7) têm manifestado publicamente apoio à vice-presidente americana, Kamala Harris, para

Leia mais...

Fraudes e descuido ainda são desafio na gestão da merenda escolar

A alimentação estudantil na rede ensino é essencialmente um problema de gestão, agravado pela desigualdade social. Enquanto o governo Lula aumentou a verba para escolas, CGU identificou 1.652 irregularidades em gestões anteriores A gestão da merenda escolar nas escolas públicas passa por diversos problemas, como desvio de recursos, controle ineficiente

Leia mais...

Região norte, Cruzeiro e Plano Piloto ganham 40 novos ônibus

Coletivos zero-quilômetro renovam e aumentam a frota do DF Quarenta ônibus zero-quilômetro serão entregues para a população nesta terça-feira (23) e vão operar nas linhas do Plano Piloto, do Cruzeiro, do Lago Norte, do Varjão, de Sobradinho e de Planaltina. Os coletivos serão expostos em frente ao Palácio do Buriti,

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.