27/02/2024

Familiares alegam que os gêmeos foram separados em salas diferentes no Colégio Militar de Silvânia devido aos nomes semelhantes.

Família diz que gêmeos foram separados de sala de Colégio Militar de Silvânia por nomes parecidos (Foto: Reprodução - Rio Vermelho FM)

A Polícia Militar informa que a situação será resolvida até quarta-feira.

Os irmãos gêmeos Micaias e Miquéias Tavares, ambos com 15 anos de idade, foram divididos em salas de aula distintas no Colégio Militar de Silvânia devido à semelhança de seus nomes. Esta foi a justificativa apresentada pelo comandante da unidade à família, conforme relatado pelo advogado Claudio de Souza Almeida.

Segundo o jurista, na segunda-feira (5), os irmãos foram separados “sem uma justificativa convincente”. Quando a mãe, Lidiane Tavares, indagou sobre a situação, foi informada de que os professores estavam confundindo os gêmeos. Além disso, foi mencionado que os irmãos tendem a se defender mutuamente quando questionados pelos professores, ou seja, um deles assume uma postura defensiva quando o outro é abordado pelo professor.

Claudio relata que Micaias e Miquéias estudaram juntos por 11 anos. Este é o primeiro ano deles no Colégio Militar. Até então, a família nunca havia recebido qualquer queixa sobre o comportamento dos irmãos.

“A mãe explicou que um dos filhos, Miquéias, possui problemas de saúde, incluindo questões cardíacas, visão e episódios de desmaios, e recebe acompanhamento médico adequado. Por isso, ela argumentou que os dois deveriam permanecer juntos para que pudessem se monitorar mutuamente”, explica o advogado. No entanto, eles continuam separados.

Nesta terça-feira (6), um dos irmãos foi impedido de entrar na sala do outro, pois foi direcionado para outra sala. Quando perguntado se a família planeja entrar com uma ação judicial, Claudio afirma que, por enquanto, estão buscando uma solução por meio do diálogo. No entanto, se não houver resposta para o retorno dos irmãos à mesma sala, a família pretende apresentar um mandado de segurança para garantir o direito à educação de seus filhos.

A Polícia Militar informou que a situação será resolvida até quarta-feira (7). “A questão foi encaminhada ao Comando de Ensino, que informou ter ocorrido uma distribuição dos alunos e a subsequente separação dos irmãos. No entanto, o problema será solucionado a partir de amanhã”, esclarece o comunicado.

Tribuna Livre, com informações do Mais Goiás

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Pesquisadores encontram em Goiânia ovos de Aedes aegypti já infectados por zika e chikungunya
Pesquisadores encontram em Goiânia ovos de Aedes aegypti já infectados por zika e chikungunya
Empresário é preso por furtar energia elétrica em Formosa (GO)
Empresário é preso por furtar energia elétrica em Formosa (GO)
Um muro de contenção desabou na BR-153, em Hidrolândia, resultando no desvio do trânsito
Um muro de contenção desabou na BR-153, em Hidrolândia, resultando no desvio do trânsito.
O Procon interditou uma empresa em Rio Verde que aplicava o golpe do "falso financiamento"
O Procon interditou uma empresa em Rio Verde que aplicava o golpe do "falso financiamento".
A Polícia Civil está conduzindo uma operação para investigar 23 denúncias de crimes contra idosos em Anápolis
A Polícia Civil está conduzindo uma operação para investigar 23 denúncias de crimes contra idosos em Anápolis.
Proprietários de barragens em Goiás têm que cadastrar contenções até 30 de abril
Proprietários de barragens em Goiás têm que cadastrar contenções até 30 de abril
MP recomenda que Goiânia nomeie aprovados em concurso de 2020 para o cargo de professor
MP recomenda que Goiânia nomeie aprovados em concurso de 2020 para o cargo de professor
Índice CNN sobre disputa ao paço de Goiânia tem Vanderlan com 21% e Gayer com 20%
Índice CNN sobre disputa ao paço de Goiânia tem Vanderlan com 21% e Gayer com 20%
O presidente da Equatorial manifesta descontentamento com a "herança" recebida da Enel, alegando que a empresa anterior deixou de realizar manutenções
O presidente da Equatorial manifesta descontentamento com a "herança" recebida da Enel, alegando que a empresa anterior deixou de realizar manutenções.
Desde a noite de segunda-feira, a cidade de Rio Vermelho, em Goiás, enfrenta uma cheia devido às chuvas
Desde a noite de segunda-feira, a cidade de Rio Vermelho, em Goiás, enfrenta uma cheia devido às chuvas.
Homem preso em Goiás por posse de vídeos de pornografia infantil enviava amostras das gravações a clientes
Homem preso em Goiás por posse de vídeos de pornografia infantil enviava amostras das gravações a clientes.
Goiás tem 24 presídios em condições péssimas ou ruins, diz CNJ
Goiás tem 24 presídios em condições péssimas ou ruins, diz CNJ

Combate à dengue é tema de quatro cursos online para servidores

Formações são indicadas para profissionais da educação e da saúde. As aulas são gratuitas e online, podendo ser assistidas a qualquer momento pelos participantes A Escola Superior de Ciências da Saúde (Escs) oferece quatro cursos relacionados ao combate à dengue para servidores da saúde e da educação. As capacitações são

Leia mais...

DF ultrapassa um milhão de cadastros atualizados no SUS

Mais de 97% das atualizações do Recadastra SUS foram feitas presencialmente; com dados dos usuários mais confiáveis, a rede pública consegue otimizar a fila de espera por exames e consultas Sete meses após lançar a campanha Recadastra SUS, o Distrito Federal chegou a 1.054.928 cadastros atualizados no Sistema Único de

Leia mais...

Caesb disponibiliza serviço gratuito de autoleitura de hidrômetros

Todos os clientes da companhia podem aderir à iniciativa, especialmente aqueles que não conseguem receber leiturista em casa durante o dia Pensando no conforto e bem-estar dos brasilienses, a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) disponibiliza o serviço de autoleitura, no qual o próprio usuário fornece a leitura

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.