19/05/2024

GDF elabora política de integração da rede de buscas por pessoas desaparecidas

A iniciativa foi lançada durante reunião nesta terça-feira (7), na sede do Departamento de Trânsito do DF (Detran-DF) | Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

Órgãos do governo e membros da sociedade civil participaram de reunião nesta terça-feira (7), para elaborar norma distrital focada em investigação e acolhimento das famílias

Quando uma pessoa desaparece, toda a comunidade fica enfraquecida. Com foco em agilizar a ação das forças de segurança e garantir acompanhamento aos familiares, o Governo do Distrito Federal (GDF) prepara uma política distrital para atenção humanizada ao desaparecimento de pessoas, com atuação em rede.

O objetivo é traçar ações conjuntas para aprimorar os métodos de investigação das forças de segurança, a partir de redes de enfrentamento com órgãos públicos e a sociedade, visando facilitar a circulação de informações que possam auxiliar na localização dos desaparecidos.

A iniciativa foi lançada durante reunião nesta terça-feira (7), na sede do Departamento de Trânsito do DF (Detran-DF). O encontro foi organizado pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-DF), e contou com a participação de diversos órgãos do GDF.

Participaram da cerimônia o titular da pasta, Sandro Avelar; a primeira-dama do DF, Mayara Noronha Rocha, líder da Chefia-Executiva de Políticas Sociais do GDF; bem como o delegado-geral da Polícia Civil do DF (PCDF), José Werick de Carvalho; e representantes do Corpo de Bombeiros Militar do DF (CBMDF), da Polícia Militar do DF, do Poder Judiciário, de empresas públicas e da sociedade civil.

“Essa política é um aperfeiçoamento da nossa atuação na localização de pessoas desaparecidas, com envolvimento de tecnologia e da sociedade civil. É um conceito que a gente tem trabalhado muito, da integralidade dos esforços. Para que a gente possa, cada vez mais rapidamente, dar uma resposta a essas pessoas que sofrem com o desaparecimento de entes queridos, e contam com ajuda do Estado”, destaca o secretário de Segurança Pública, Sandro Avelar.

Enfrentamento conjunto

Além da investigação e da ação das forças policiais, os procedimentos de busca por desaparecidos incluem protocolos de acolhimento para as famílias que estão sem notícias dos entes queridos. Segundo a primeira-dama, Mayara Noronha da Rocha, a sociedade deve ser uma aliada do Estado na construção de soluções para os desafios.

A nova política distrital será desenvolvida a partir de três eixos: prevenção, enfrentamento ao desaparecimento de pessoas, e assistência às vítimas e familiares das pessoas desaparecidas no âmbito do Distrito Federal

“Eu me coloco como porta-voz da população, para que a gente consiga sensibilizar todas as pessoas dessa cidade a se sentirem pertencentes na solução dos nossos problemas sociais. Porque o problema social não é só daquela família que tem um ente desaparecido, é de todos nós”, destaca a primeira-dama.

A nova política distrital será desenvolvida a partir de três eixos: prevenção, enfrentamento ao desaparecimento de pessoas, e assistência às vítimas e familiares das pessoas desaparecidas no âmbito do Distrito Federal.

Para isso, serão implementadas diversas iniciativas visando facilitar a identificação das pessoas, capacitar agentes públicos e sociedade, facilitar o registro de ocorrências e promover ferramentas de acolhimento à sociedade.

A Polícia Civil do DF também é referência nacional no tema, por conta do protocolo padronizado (Procedimento Operacional Padrão – POP) adotado em todas as delegacias. “Tão logo chega a notificação de um parente de uma pessoa desaparecida, trazendo esse fato, a gente imediatamente inicia as diligências oficiais. Ou seja, acabamos com esse mito de que é preciso aguardar 24 horas. A partir do momento que algum familiar procurar qualquer delegacia de polícia no DF, ele vai receber pronto atendimento”, explica o delegado Laércio Rosseto.

O subsecretário de integração em políticas públicas da SSP-DF, Jasiel Tavares Fernandes, coordenador do projeto, explica que o envolvimento do poder público e da sociedade civil é fundamental.

“Quanto maior a quantidade de pessoas envolvidas nessa rede, maior a possibilidade de nós conseguirmos localizar essas pessoas em um prazo menor. É estatisticamente comprovado que, nas primeiras 24 horas, essas informações, sendo divulgadas, podem fazer com que as pessoas sejam localizadas mais rapidamente”, destaca.

Tribuna Livre, com informações do Governo do Distrito Federal (GDF)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
GDF Mais Perto do Cidadão leva serviços essenciais a Samambaia
GDF Mais Perto do Cidadão leva serviços essenciais a Samambaia
Milhares de fieis prestigiam Festa do Divino, em Planaltina
Milhares de fieis prestigiam Festa do Divino, em Planaltina
Investimento de R$ 18 milhões leva infraestrutura ao Setor Habitacional Bernardo Sayão
Investimento de R$ 18 milhões leva infraestrutura ao Setor Habitacional Bernardo Sayão
Wi-Fi Social ultrapassa os 150 milhões de acessos e chega a mais feiras e áreas rurais
Wi-Fi Social ultrapassa os 150 milhões de acessos e chega a mais feiras e áreas rurais
Escola Técnica de Santa Maria forma 169 alunos da primeira turma
Escola Técnica de Santa Maria forma 169 alunos da primeira turma.
Inscrições para concurso da Novacap podem ser feitas até segunda (20)
Inscrições para concurso da Novacap podem ser feitas até segunda (20)
Vacinação no fim de semana: gripe, meningite, covid-19, dengue e outras
Vacinação no fim de semana: gripe, meningite, covid-19, dengue e outras
Nova delegacia de polícia de Sobradinho II é inaugurada
Nova delegacia de polícia de Sobradinho II é inaugurada
Centro 18 de Maio garante atendimento especializado vítimas de abuso sexual infantojuvenil
Centro 18 de Maio garante atendimento especializado vítimas de abuso sexual infantojuvenil
Orçamento do DF para 2025 está previsto em R$ 63,6 bilhões
Orçamento do DF para 2025 está previsto em R$ 63,6 bilhões
Prazo para credenciamento de papelarias no Cartão Material Escolar termina domingo (19)
Prazo para credenciamento de papelarias no Cartão Material Escolar termina domingo (19)
É hora de tomar a segunda dose da vacina contra dengue
É hora de tomar a segunda dose da vacina contra dengue

Milhares de fieis prestigiam Festa do Divino, em Planaltina

Segunda maior celebração religiosa da região recebeu mais de R$ 1,2 milhão de investimento do GDF; festejos continuam neste domingo (19) Símbolo da fé brasiliense, a Festa do Divino Espírito Santo, em Planaltina, reuniu milhares de devotos neste sábado (18). O festejo começou logo cedo com a tradicional cavalgada –

Leia mais...

Escola Técnica de Santa Maria forma 169 alunos da primeira turma.

A deputada distrital Jaqueline Silva, emocionada, manifestou grande satisfação por mais essa conquista para a cidade. A deputada Jaqueline Silva declarou com emoção: “Não há palavras para expressar a minha satisfação em ver essa grande conquista beneficiando tantas pessoas.” Ela se referia à formatura de 169 alunos das primeiras turmas

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.