20/06/2024

Ginecologista preso em Goiânia dizia que excitação era necessária para fazer exames

“Ele usava essa justificativa para tocar nelas de forma inapropriada”, diz delegada

O médico ginecologista Fábio Guilherme da Silveira Campos, de 73 anos, que foi preso preventivamente na manhã desta sexta-feira (21) por suposto estupro cometido em Goiânia, dizia às pacientes que, para fazer determinados exames, elas precisavam ficar excitadas.

As informações são da Polícia Civil (PC), que não divulgou a idade das vítimas e como os abusos aconteciam. Fábio foi denunciado pelo crime de “violação sexual mediante fraude”.

Crimes descobertos após agressão

No final do mês passado, o ginecologista tornou-se o alvo de uma investigação após ser agredido por um homem no Centro Integrado de Atenção Médico Sanitária (Ciams) do Setor Novo Horizonte, em Goiânia. O agressor, marido de uma gestante que havia sido atendida por Fábio, afirmou que o médico havia molestado sua esposa durante a consulta. Esse incidente foi registrado em vídeo, resultando na prisão do agressor na época.

No entanto, após a divulgação do caso, três mulheres procuraram a Delegacia Estadual de Atendimento Especializado à Mulher (Deam) para denunciar Fábio Guilherme por crimes sexuais ocorridos durante suas consultas médicas. Duas delas relataram terem sido molestadas em 1994, quando ainda eram menores de idade, enquanto outra paciente revelou que o abuso ocorreu há nove anos.

Mesmo denunciado no Conselho Regional de Medicina (CRM) em 1994, na época o médico sequer foi indiciado e o CRM o considerou inocente.

“Afirmava que elas deveriam estar excitadas”, diz delegada sobre ginecologista preso em Goiânia

Nesta sexta-feira (21), a delegada Amanda Menucci, da Deam, lamentou o fato de que as vítimas frequentemente têm dificuldades em perceber que foram alvos de abuso, pois os agressores costumam usar argumentos técnicos para justificar seus atos criminosos. Ela diz que, nos quatro casos que chegaram ao conhecimento da delegacia, as vítimas relataram que Fábio Guilherme afirmava que elas deveriam estar excitadas para a realização dos exames

“Ele usava essa justificativa para tocar nelas de forma inapropriada. Agora, ele está sendo indiciado pelos crimes denunciados pelas mulheres”, diz Menucci.

No final do mês passado, o ginecologista tornou-se o alvo de uma investigação após ser agredido por um homem no Centro Integrado de Atenção Médico Sanitária (Ciams) do Setor Novo Horizonte, em Goiânia Presidente

(Foto: divulgação/PC)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Dupla de estelionatários é presa com mais de 100 cheques falsos na Vila Brasília, em Aparecida 
Dupla de estelionatários é presa com mais de 100 cheques falsos na Vila Brasília, em Aparecida 
Equatorial nega falta de energia em reservatório que deixou bairros sem água em Goiânia e Aparecida
Equatorial nega falta de energia em reservatório que deixou bairros sem água em Goiânia e Aparecida
Empresa de Goiânia é condenada após funcionária denunciar que era assediada e recebia tapas na bunda
Empresa de Goiânia é condenada após funcionária denunciar que era assediada e recebia tapas na bunda
Goiânia: homem é preso após ser flagrado com 80 porções de cocaína em veículo
Goiânia: homem é preso após ser flagrado com 80 porções de cocaína em veículo
G1
Motorista de carreta morre em acidente de trânsito na BR-050, em Catalão
GOE3
Detran multou mais de 1 milhão de motoristas em Goiânia durante 2023
GOE2
Confronto deixa 2 PMs baleados e 3 suspeitos de homicídio mortos em Corumbaíba
GOE1
Preços do hortifruti variam até 759% em Goiânia, aponta Procon
GO1
Paciente internado à força morre a caminho de clínica de reabilitação, em Caldas Novas
GO 3
TSE decide a favor do PRTB e vereadores Bruno Diniz e Santana Gomes devem voltar à Câmara de Goiânia
GO 2
Polícia prende cuidadora que maltratava idosa e filha com necessidades especiais
GO 1
Vilmar Rocha estimula candidatura de Ademir Menezes pelo PSD em Aparecida: “Nome natural”

Leilão de arroz: presidente da Comissão de Agricultura fala em fraude

Ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, prestou esclarecimentos à Comissão na Câmara sobre leilão para compra de arroz feito pelo governo O presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, deputado Evair Vieira de Melo (PP-ES), chamou o leilão de arroz realizado pelo governo federal de “esquema fraudulento”. O

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.