20/06/2024

Goiânia: mulher é investigada por vender e aplicar hormônios sem receita para dieta

Suspeita vendia produtos pelas redes sociais, segundo a polícia

A Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Consumidor (Decon) cumpriu dois mandados de busca e apreensão, nesta terça (18), na capital.

Segundo a polícia, a investigada vendia HCG – Gonadotrofina Coriônica Humana pelas redes sociais. Nas buscas, que tiveram o apoio da Vigilância Sanitária, os agentes apreenderam insumos, recipientes plásticos e etiquetas.

Delegada responsável pelo caso, Débora Melo afirma que a mulher comprava os medicamentos para si, mas dividia a medicação na casa dela sem observar regras sanitárias. Além disso, destaca que as etiquetas de validade dos produtos eram genéricas, sem comprovação de que os medicamentos eram, de fato, os anunciados.

O Conselho Regional de Medicina do Estado de Goiás (Cremego) informou à Polícia Civil que a suspeita não tem habilitação para prescrever ou ministrar a substância. Trata-se de atribuição exclusiva da classe médica.

De acordo com a corporação, a investigada foi autuada pelos crimes de exercício ilegal da medicina e execução proibida de serviço de alto grau de periculosidade. Ambos têm previsão de pena de seis meses a dois anos.

O nome da mulher não foi divulgado pela Polícia. Desta forma, não foi possível localizar a defesa da mesma.

A Polícia Civil investiga uma mulher suspeita de vender e aplicar hormônios sem prescrição médica que seriam parte de uma dieta para emagrecimento.

(Foto: Polícia Civil)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Dupla de estelionatários é presa com mais de 100 cheques falsos na Vila Brasília, em Aparecida 
Dupla de estelionatários é presa com mais de 100 cheques falsos na Vila Brasília, em Aparecida 
Equatorial nega falta de energia em reservatório que deixou bairros sem água em Goiânia e Aparecida
Equatorial nega falta de energia em reservatório que deixou bairros sem água em Goiânia e Aparecida
Empresa de Goiânia é condenada após funcionária denunciar que era assediada e recebia tapas na bunda
Empresa de Goiânia é condenada após funcionária denunciar que era assediada e recebia tapas na bunda
Goiânia: homem é preso após ser flagrado com 80 porções de cocaína em veículo
Goiânia: homem é preso após ser flagrado com 80 porções de cocaína em veículo
G1
Motorista de carreta morre em acidente de trânsito na BR-050, em Catalão
GOE3
Detran multou mais de 1 milhão de motoristas em Goiânia durante 2023
GOE2
Confronto deixa 2 PMs baleados e 3 suspeitos de homicídio mortos em Corumbaíba
GOE1
Preços do hortifruti variam até 759% em Goiânia, aponta Procon
GO1
Paciente internado à força morre a caminho de clínica de reabilitação, em Caldas Novas
GO 3
TSE decide a favor do PRTB e vereadores Bruno Diniz e Santana Gomes devem voltar à Câmara de Goiânia
GO 2
Polícia prende cuidadora que maltratava idosa e filha com necessidades especiais
GO 1
Vilmar Rocha estimula candidatura de Ademir Menezes pelo PSD em Aparecida: “Nome natural”

Leilão de arroz: presidente da Comissão de Agricultura fala em fraude

Ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, prestou esclarecimentos à Comissão na Câmara sobre leilão para compra de arroz feito pelo governo O presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, deputado Evair Vieira de Melo (PP-ES), chamou o leilão de arroz realizado pelo governo federal de “esquema fraudulento”. O

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.