22/04/2024

IPTU: A Prefeitura de Goiânia poderá ser obrigada a reembolsar o tributo pago em 2022; compreenda a situação.

Foto: Divulgação

A manifestação do Ministério Público pode resultar em uma “reviravolta” no imposto.

A Prefeitura de Goiânia pode ser obrigada a reembolsar o IPTU cobrado em 2022 aos contribuintes, conforme manifestação favorável do Ministério Público do Estado de Goiás a um recurso do Sindicato do Comércio Atacadista no Estado de Goiás (SINAT). O mandado de segurança impetrado pelo SINAT alega que o tributo foi calculado com base no metro quadrado de construção (CUB/m²), inadequado para edificações construídas antes de 2021.

O procurador de Justiça do MPGO, Fernando Krebs, considerou válidas as justificativas do SINAT, destacando que o CUB/m² é apropriado para imóveis novos, não antigos. A manifestação do MPGO solicita ao Poder Judiciário que a Prefeitura se abstenha de exigir o IPTU de 2022, alegando inconstitucionalidade no artigo 175 do Código Tributário do Município de Goiânia. Além disso, propõe o pagamento do tributo com base na Lei 5.040/1975 e o direito à compensação administrativa, permitindo o reembolso dos valores cobrados em excesso.

Fernando Krebs acredita que a decisão pode provocar uma “reviravolta” na cobrança do IPTU em Goiânia. Se a ação for deferida, a Prefeitura terá que reembolsar os valores pagos indevidamente, podendo criar créditos para os contribuintes e abatê-los nos próximos IPTUs. A Prefeitura de Goiânia aguarda notificação judicial para se manifestar sobre o assunto.

Tribuna Livre, com informações do MPGO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Prazo para solicitar queima controlada em Goiás vai até 30 de junho
Prazo para solicitar queima controlada em Goiás vai até 30 de junho
Conselho recomenda uso de tornozeleira para agressores em caso de violência contra mulher
Conselho recomenda uso de tornozeleira para agressores em caso de violência contra mulher
Agronegócio em Goiás gera mais de um milhão de empregos em 2023
Agronegócio em Goiás gera mais de um milhão de empregos em 2023
Número de barragens cadastradas em Goiás chega a 38,6 mil no fim do prazo para regularização
Número de barragens cadastradas em Goiás chega a 38,6 mil no fim do prazo para regularização
Preso suspeito de usar dados de comerciantes da Feira Hippie, em Goiânia, para fraudes fiscais
Preso suspeito de usar dados de comerciantes da Feira Hippie, em Goiânia, para fraudes fiscais
Caso Valério Luiz: ministra reforma própria decisão e nega habeas corpus a Maurício Sampaio
Caso Valério Luiz: ministra reforma própria decisão e nega habeas corpus a Maurício Sampaio
Professores de pelo menos 18 universidades federais no Brasil entram em greve; UFG continua a funcionar
Professores de pelo menos 18 universidades federais no Brasil entram em greve; UFG continua a funcionar
PRF acredita que menino de 4 anos resgatado na BR-153 tinha acabado de fugir de casa
PRF acredita que menino de 4 anos resgatado na BR-153 tinha acabado de fugir de casa
Rodrigo Pacheco, seus acertos, omissões e intromissões
Rodrigo Pacheco, seus acertos, omissões e intromissões.
Tio da dupla Matheus e Kauan morre em acidente na GO-156; sertanejo lamenta
Tio da dupla Matheus e Kauan morre em acidente na GO-156; sertanejo lamenta
Moradores de cidades vizinhas reclamam das dificuldades para ir e vir do DF
Moradores de cidades vizinhas reclamam das dificuldades para ir e vir do DF
Goiás registra mais de 3 milhões de raios nos primeiros três meses do ano
Goiás registra mais de 3 milhões de raios nos primeiros três meses do ano 

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.