24/02/2024

Lei que proibia visita íntima em presídios de Goiás é suspensa, ordena Justiça

 Liminar
foi expedida após pedido da Seção Goiás da Ordem dos Advogados do Brasil.
Tribunal defende que proibição promovia ‘violações massivas’ de direitos
fundamentais e humanos.


Entrada do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia,
Goiás — Foto: Bruno Mendes/TV Anhanguera

O Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO) ordenou,
nesta quarta-feira (22), a suspensão da lei que proibia visitas íntimas em
presídios de Goiás. A liminar foi proferida pelo desembargador Carlos França,
após pedido da Seção Goiás da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), e cabe
recurso.

A lei que proibia as visitas íntimas entrou em vigor no
último dia 18 de janeiro de 2023 e determinava a proibição de visitas
“realizadas fora do alcance de monitoramento e vigilância dos servidores da
unidade prisional”. Ao g1, a Diretoria-Geral de Administração Penitenciária
(DGAP) informou que, por se tratar de uma decisão liminar, “aguarda o julgamento
do mérito da ação para definir o posicionamento sobre a lei que proíbe visitas
íntimas nos presídios de Goiás”. Além disso, disse que que cumprirá as
medidas judiciais.

Já a OAB considerou a decisão como “prudente” e
reforçou que “a dignidade humana é um direito inalienável, inafastável e
que não há possibilidade de o legislador estadual limitar essa dignidade”.
O presidente da Seção Goiás do órgão, Rafael Lara, pontuou que, além de ferir
princípios como o da dignidade humana, afirmou que a lei dificultava a
manutenção dos vínculos familiares, algo que considera essencial para a
ressocialização dos presos.

“O preso está lá para cumprir a pena e depois
precisa ressocializar. A possibilidade de ele manter os vínculos familiares é
essencial para essa ressocialização. Presos que saem sem rede de apoio têm mais
chance de voltar a ter contato com o crime”, disse.

Ao suspender a lei, o desembargador justificou que ela
promovia “violações massivas” de 
direitos fundamentais e humanos. O órgão ainda considerou que a lei
poderia criar um cenário de “instabilidade” nos presídios goianos, além de
prejuízos nas relações falimiares.

Lei que proibia visitas em presídios

O projeto de lei que foi sancionado pelo governo em
janeiro foi aprovado na Assembleia Legislativa de Goiás no dia 13 de dezembro.
A medida, foi proposta pelo ex-deputado estadual Henrique Arantes (MDB), que
defendeu que esse tipo de visita não está expressamente prevista na legislação
e que serviria para que houvesse troca de informações entre o crime organizado.

A legislação que regulamenta o sistema prisional cita,
entre os direitos, “visita do cônjuge, da companheira, de parentes e amigos em
dias determinados”. Ao propor o projeto, ainda em 2019, o então deputado alegou
que a proibição não fere nenhum direito dos detentos, pois mantém a visitação
de familiares, restringindo apenas os encontros íntimos.

“Em nenhum trecho da mencionada legislação é possível se
depreender que há legitimação, ou garantia, a visita na modalidade íntima aos
presos”, apontou Henrique Arantes.

Quando a lei foi sancionada, entidades criticaram e
avaliaram que ela era inconstitucional, inclusive a própria OAB. Pouco depois,
o órgão entrou com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI), que
acarretou na liminar que suspendeu os efeitos da lei.

As visitas íntimas estavam proibidas no sistema
penitenciário goiano desde a pandemia. Em abril de 2022, a Diretoria-Geral de
Administração Penitenciária (DGAP) publicou uma portaria vetando
permanentemente esse modelo.

Atualmente, as visitas são feitas por meio de parlatório,
que é a conversa por telefone, separado por um vidro, convivência familiar, que
permite abraço e aberto de mão em espaço apropriado na unidade, ou espaço
lúdico, espaço adaptado para que os presos e presas possam conviver com os
filhos menores de idade. As visitas têm duração máxima de 30 minutos e
acontecem, no máximo, duas vezes por mês.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Dupla de estelionatários é presa com mais de 100 cheques falsos na Vila Brasília, em Aparecida 
Dupla de estelionatários é presa com mais de 100 cheques falsos na Vila Brasília, em Aparecida 
Equatorial nega falta de energia em reservatório que deixou bairros sem água em Goiânia e Aparecida
Equatorial nega falta de energia em reservatório que deixou bairros sem água em Goiânia e Aparecida
Empresa de Goiânia é condenada após funcionária denunciar que era assediada e recebia tapas na bunda
Empresa de Goiânia é condenada após funcionária denunciar que era assediada e recebia tapas na bunda
Goiânia: homem é preso após ser flagrado com 80 porções de cocaína em veículo
Goiânia: homem é preso após ser flagrado com 80 porções de cocaína em veículo
G1
Motorista de carreta morre em acidente de trânsito na BR-050, em Catalão
GOE3
Detran multou mais de 1 milhão de motoristas em Goiânia durante 2023
GOE2
Confronto deixa 2 PMs baleados e 3 suspeitos de homicídio mortos em Corumbaíba
GOE1
Preços do hortifruti variam até 759% em Goiânia, aponta Procon
GO1
Paciente internado à força morre a caminho de clínica de reabilitação, em Caldas Novas
GO 3
TSE decide a favor do PRTB e vereadores Bruno Diniz e Santana Gomes devem voltar à Câmara de Goiânia
GO 2
Polícia prende cuidadora que maltratava idosa e filha com necessidades especiais
GO 1
Vilmar Rocha estimula candidatura de Ademir Menezes pelo PSD em Aparecida: “Nome natural”

Tendas de hidratação contam com apoio do programa Jovem Candango

Adolescentes são responsáveis pela coleta de dados da população para preenchimento de formulários; ao todo, serão remanejados 600 colaboradores, conforme a demanda dos espaços Desde quinta-feira (22), as tendas de hidratação de pacientes com dengue espalhadas pelo Distrito Federal contam com a atuação dos participantes do Jovem Candango. Os adolescentes

Leia mais...

Portaria estabelece procedimentos para regularização fundiária em APMs

Publicação estabelece procedimentos no DF sobre Áreas de Proteção de Mananciais e é um importante instrumento para a preservação das águas e da biodiversidade do Cerrado Nesta sexta-feira (23), foi publicada no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) a Portaria Conjunta nº 2/2024, que estabelece procedimentos de análise técnica para regularização fundiária

Leia mais...

Varjão recebe Dia D de combate à dengue neste sábado (24)

Entre os serviços ofertados estão testes rápidos de infecções sexualmente transmissíveis, atendimentos em casos de dengue e vacinação Neste sábado (24) é a vez do Varjão receber o Dia D de combate à dengue. A 7ª edição começa às 9h, na Quadra 2, Conjunto E, Lote 2 da região administrativa.

Leia mais...

Ações de combate à dengue intensificadas no Plano Piloto

Trabalho está sendo realizado diariamente na região com limpeza, retirada de entulhos e capina, além da aplicação de inseticida. Cerca de 50 toneladas de inservíveis são retiradas por dia na região O Governo do Distrital Federal (GDF), por meio da Administração do Plano Piloto, têm intensificado as ações de combate

Leia mais...

Campanha aponta sinais de alerta que antecedem o feminicídio

Material divulgado pela Secretaria da Mulher destaca a importância de estar atenta aos sinais que antecedem crimes violentos cometidos por parceiros, que podem ir desde manipulação até agressões verbais e físicas A cada 24 horas, três mulheres são vítimas de feminicídio no Brasil. O dado alarmante consta da plataforma Violência

Leia mais...

DF terá mais R$ 4 bilhões disponíveis para investimentos

Cenário positivo foi apresentado pelo governador Ibaneis Rocha ao Grupo de Líderes Empresariais (Lide). Valor pode chegar a R$ 6 bilhões com financiamentos e mudança da nota de crédito da capital da letra C para A O bom cenário econômico do Distrito Federal foi apresentado ao Grupo de Líderes Empresariais

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.