23/06/2024

Mais 70 famílias realizam o sonho da casa própria no Sol Nascente

Ibaneis Rocha: “Temos projeto para instalar todos os equipamentos públicos aqui, já temos rodoviária e restaurante comunitário. Teremos uma UPA tipo III, que vai ser grande e atender muitas famílias” | Foto: Renato Alves/ Agência Brasília

Durante entrega de moradias no Residencial Horizonte, o governador Ibaneis Rocha ainda anunciou a construção de UPA e de uma unidade do Instituto Federal na cidade

O Governo do Distrito Federal (GDF) tem tratado a questão da moradia no Sol Nascente como prioridade, mas vai bem além disso. Na manhã desta sexta-feira (5), o governador Ibaneis Rocha anunciou a construção de uma unidade de pronto atendimento (UPA) e de uma unidade do Instituto Federal de Brasília (IFB) durante a entrega de 70 apartamentos no Residencial Horizonte, localizado na Quadra 105 do Trecho 2 da cidade.

Com a liberação das chaves, cerca de 280 pessoas concretizam o sonho da casa própria. O Residencial Horizonte é composto por 420 unidades habitacionais distribuídas em seis conjuntos – F1, F2, P1, P2, Q1 e Q2 – e conta com um investimento superior a R$ 71 milhões. Até o momento, 210 moradias foram entregues, abrangendo os conjuntos F2, Q2 e P2. Os contemplados desta vez foram os residentes no conjunto F1.

O governador Ibaneis Rocha detalhou a construção de Unidade de Pronto Atendimento (UPA) na cidade ainda este ano, com recursos do GDF e de emenda parlamentar do deputado federal Gilvan Máximo. “Um evento de entrega de imóveis é muito importante; e, sendo no Sol Nascente, é mais importante ainda. Temos projeto para instalar todos os equipamentos públicos aqui, já temos rodoviária e restaurante comunitário. Teremos uma UPA tipo III, que vai ser grande e atender muitas famílias. A obra deve começar neste semestre para atendermos a comunidade no próximo ano”, anunciou.

O chefe do Executivo também falou sobre a entrega na educação: “Esses dias eu liguei, soube que ia ter a distribuição de vários institutos federais. Liguei para o ministro Camilo [Santana], um amigo muito dileto, um amigo de quem eu gosto muito, nosso ministro da Educação, e fiz questão de pedir um instituto federal aqui para o Sol Nascente. E essa obra vai ser realizada e entregue ainda no nosso mandato”.

Emoção

Um dos mais ansiosos com a entrega era o vigilante Washington Ramalho, 50 anos. Ele é o novo morador do apartamento 57 e trabalhou durante três meses nas obras do empreendimento. Cerca de um ano depois, foi contemplado pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab-DF) com uma unidade no residencial.

“Estou muito feliz, é um sonho que começa a ser realizado. É uma conquista com muita luta. Estava inscrito na Codhab havia 15 anos e agora fui contemplado. Quero ser o primeiro a mudar”, disse, emocionado. “Estou muito satisfeito com esse empreendimento que o governo está proporcionando para minha família. Além disso, estamos em uma das áreas mais desenvolvidas do Sol Nascente, perto da rodoviária e do Restaurante Comunitário.”

A empregada doméstica Jaqueline Ferreira, 41, também não escondeu a emoção ao receber as chaves do apartamento. Ela aguardou a oportunidade na Codhab por 20 anos. “Conseguir um apartamento, uma casa aqui em Brasília, sendo doméstica, é um sonho. Posso dizer: é meu, eu consegui. Lutei, trabalhei e agora tenho o meu apartamento”, comemorou.

Destinado a atender as demandas habitacionais da região, os apartamentos têm 56,69 m² com dois quartos, sala, cozinha, banheiro, área de serviço independente e varanda, além de uma estrutura para atender os moradores na área comum, com bicicletário, parque infantil e um salão de festas.

Para o engenheiro responsável pela obra, Rafael Sales, o empreendimento foi projetado para levar todo o conforto e atender as necessidades dos residentes. “São dois blocos, um com 40 e outro com 30 apartamentos. A estrutura foi pensada para acomodar as famílias da melhor maneira possível, com materiais de qualidade. Temos revestimentos cerâmicos em todo o piso, nas paredes da cozinha e no banheiro também, e pintura de qualidade. Acredito que as pessoas estão bem-assistidas”, detalha. Ao longo da obra, aproximadamente 600 empregos diretos e indiretos foram gerados.

Infraestrutura na cidade

As famílias que em breve se mudarão para o Residencial Horizonte serão bem-atendidas. A região em expansão conta com diversos equipamentos públicos que facilitam a vida dos moradores. Recentemente, nas quadras adjacentes ao empreendimento, o GDF implantou um restaurante comunitário e uma rodoviária.

“O governo está transformando o Sol Nascente com habitações de qualidade. Esse empreendimento faz com que a cidade cada vez mais deixe de ser uma favela e seja uma cidade”, acrescentou o presidente da Codhab, Marcelo Fagundes. Durante a sua fala, o presidente anunciou que o Pôr do Sol vai ganhar 800 unidades habitacionais.

Além disso, a pouco mais de dois quilômetros dali, está sendo construída uma nova unidade da Casa da Mulher Brasileira (CMB) para fortalecer o apoio a elas. O investimento é de R$ 1,6 milhão, verba proveniente de emendas federais e recursos do próprio GDF.

Todos esses investimentos foram destacados pelo aposentado José Adir Oliveira, morador da cidade há cinco anos. “Temos asfalto, terminal de ônibus e restaurante comunitário. Quando cheguei aqui, era só mato e, nos últimos anos. As coisas estão chegando, está bom demais, até a segurança e o comércio melhoraram, e acredito que muitas coisas ainda estão por vir”, aposta.

Direito à habitação

O direito à moradia digna é uma das principais políticas do GDF. Em 2024, cerca de 25 mil unidades habitacionais devem ser lançadas ou entregues. O governo ainda planeja criar, por meio da Codhab-DF, três ou quatro empreendimentos com seis a sete mil moradias, semelhantes ao projeto do Itapoã Parque, o maior do DF, com mais de 12 mil unidades habitacionais.

Desde 2019, o GDF liberou 7.225 unidades habitacionais, proporcionando moradia para cerca de 28,9 mil pessoas. Desse total, 2.143 chaves foram entregues ao longo de 2023 em empreendimentos como o Itapoã Parque e o Residencial Horizonte, no Sol Nascente; Residencial Maria Clara e Residencial Gercina Leopoldina, no Riacho Fundo II; Residencial IBVS, em Samambaia, e Remas 117/118, no Recanto das Emas.

Tribuna Livre, com informações do Governo do distrito Federal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Brasília sediará Congresso Internacional Cidades Lixo Zero
Brasília sediará Congresso Internacional Cidades Lixo Zero
Novo equipamento de segurança garante integridade do Sistema de Abastecimento de Água Norte
Novo equipamento de segurança garante integridade do Sistema de Abastecimento de Água Norte
Mais de 1,5 milhão de pessoas atendidas pelos programas sociais do GDF
Mais de 1,5 milhão de pessoas atendidas pelos programas sociais do GDF
Prazo para declaração de vacinação e atualização cadastral de propriedades pecuárias é prorrogado
Prazo para declaração de vacinação e atualização cadastral de propriedades pecuárias é prorrogado
Nova unidade de recebimento de entulhos terá área de 60 hectares
Nova unidade de recebimento de entulhos terá área de 60 hectares
Operação Verde Vivo intensifica prevenção e combate aos incêndios florestais
Operação Verde Vivo intensifica prevenção e combate aos incêndios florestais
Rede pública do DF alerta para problemas na coluna causados pelo uso incorreto do celular
Rede pública do DF alerta para problemas na coluna causados pelo uso incorreto do celular
Túnel Rei Pelé será interditado na próxima semana para manutenção
Túnel Rei Pelé será interditado na próxima semana para manutenção
Frota do BRT Sul é renovada com dez novos ônibus articulados
Frota do BRT Sul é renovada com dez novos ônibus articulados
Governador visita trecho da obra da Epig onde terá novo viaduto e estação do BRT
Governador visita trecho da obra da Epig onde terá novo viaduto e estação do BRT
GDF convoca mais 100 enfermeiros para a rede pública de saúde
GDF convoca mais 100 enfermeiros para a rede pública de saúde
Ação contra o Frio: GDF inaugura abrigo no Gama para pessoas em situação de rua
Ação contra o Frio: GDF inaugura abrigo no Gama para pessoas em situação de rua

Brasília sediará Congresso Internacional Cidades Lixo Zero

O Serviço de Limpeza Urbana (SLU) se une a especialistas globais para promover práticas sustentáveis e políticas de lixo zero Entre 25 e 27 de junho, Brasília será o palco da terceira edição do Congresso Internacional Cidades Lixo Zero. O evento, que será realizado no Museu Nacional da República, conta

Leia mais...

Mais de 1,5 milhão de pessoas atendidas pelos programas sociais do GDF

Do Cartão Prato Cheio ao Cartão Gás, passando pela Política de Assistência Estudantil, benefícios geraram, desde 2019, investimento de R$ 1,9 bilhão, beneficiando famílias em situação de vulnerabilidade social e impulsionando a economia Investir em pessoas e no desenvolvimento delas é uma ação perene do Governo do Distrito Federal (GDF).

Leia mais...

STF retoma julgamento sobre atendimento de pessoas trans no SUS

Sessão virtual começou hoje e vai até 28 de junho. O Supremo Tribunal Federal (STF) (foto) retomou nesta sexta-feira (21), em Brasília, a discussão sobre o atendimento de pessoas transexuais no Sistema Único de Saúde (SUS).  A Corte julga em plenário virtual a liminar proferida em 2021 pelo ministro Gilmar

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.