24/04/2024

Maternidades de Goiânia retomam atendimentos eletivos após repasse da prefeitura

Administração municipal realizou repasse de R$ 12 milhões que estava em atraso

As maternidades Dona Iris, Nascer Cidadão e Célia Câmara voltaram a atender normalmente em Goiânia, na última segunda-feira (25). As unidades haviam suspendido cirurgias e atendimentos por falta de repasse da Prefeitura de Goiânia.

De acordo com a Fundação de Apoio ao Hospital das Clínicas (Fundahc), a administração municipal realizou o repasse de R$ 12 milhões que estava em atraso na última quinta-feira (21). Em seguida, as unidades retomaram os atendimentos.

Em nota, a Fundach disse que as atividades foram retomadas e que os procedimentos suspensos de 18 a 22 de setembro serão reagendados pelas próprias unidades de saúde o mais breve possível. Leia a nota completa na íntegra.

Os repasses em atraso dificultaram o pagamento do vale alimentação dos colaboradores e de profissionais e fornecedores contratados como pessoa jurídica, além dos insumos usados no momento dos atendimentos.

Atraso

Segundo a Fundach, a suspensão de atendimento nas maternidades ocorreu devido aos atrasos nos repasses financeiros por parte da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Goiânia. No total, a dívida era de mais de R$ 43 milhões nos últimos três meses.

No dia 13 de setembro, a SMS pagou de forma emergencial R$ 5 milhões para que a folha de pagamento fosse quitada. Ainda existem valores em atrasos que estão em negociação entre a Fundahc e a Prefeitura de Goiânia.

Nota completa da Fundação de Apoio ao Hospital das Clínicas (Fundahc)

Informamos que a Prefeitura de Goiânia se propôs a validar os valores em aberto com a Fundahc. Diante disso, foi realizado pagamento inicial no valor de R$ 12.068.180,90 na última quinta-feira, 21/9, para retomada dos atendimentos eletivos já nesta segunda-feira, 25.

Ainda neste sentido de resolutividade e manutenção dos serviços, foi apresentada pela fundação a necessidade de um cronograma periódico de repasses até que seja concluído o pagamento de todos os valores em aberto, o que será validado pela Prefeitura de Goiânia.

Os procedimentos eletivos suspensos de 18 a 22 de setembro serão reagendados pelas próprias unidades de saúde o mais breve possível.

Tribuna Livre Brasil com informações da Maternidade Dona Iris, em Goiânia (Foto: Divulgação/Secretaria de Comunicação)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Equatorial alerta para nova onda de calor em Goiás
Equatorial alerta para nova onda de calor em Goiás
Confirmação de corpo que pode ser de pedagoga deve ser feito por meio de exame de DNA; marido dela segue foragido
Confirmação de corpo que pode ser de pedagoga deve ser feito por meio de exame de DNA; marido dela segue foragido
Após admitir paralisação de até 70% dos terceirizados, Hugo diz que quadro de funcionários voltou ao normal nesta terça
Após admitir paralisação de até 70% dos terceirizados, Hugo diz que quadro de funcionários voltou ao normal nesta terça
Consórcio assume coleta de lixo e varrição mecanizada em Goiânia
Consórcio assume coleta de lixo e varrição mecanizada em Goiânia
Hugo fala em readequação e admite paralisação de até 70% em alas do hospital
Hugo fala em readequação e admite paralisação de até 70% em alas do hospital
Luziânia: pai que produzia e vendia material pornográfico da própria filha é preso
Luziânia: pai que produzia e vendia material pornográfico da própria filha é preso
Prazo para solicitar queima controlada em Goiás vai até 30 de junho
Prazo para solicitar queima controlada em Goiás vai até 30 de junho
Conselho recomenda uso de tornozeleira para agressores em caso de violência contra mulher
Conselho recomenda uso de tornozeleira para agressores em caso de violência contra mulher
Agronegócio em Goiás gera mais de um milhão de empregos em 2023
Agronegócio em Goiás gera mais de um milhão de empregos em 2023
Número de barragens cadastradas em Goiás chega a 38,6 mil no fim do prazo para regularização
Número de barragens cadastradas em Goiás chega a 38,6 mil no fim do prazo para regularização
Preso suspeito de usar dados de comerciantes da Feira Hippie, em Goiânia, para fraudes fiscais
Preso suspeito de usar dados de comerciantes da Feira Hippie, em Goiânia, para fraudes fiscais
Caso Valério Luiz: ministra reforma própria decisão e nega habeas corpus a Maurício Sampaio
Caso Valério Luiz: ministra reforma própria decisão e nega habeas corpus a Maurício Sampaio

Israel e Hamas, 200 dias de guerra sem sinais de trégua

Nas últimas 24 horas, os bombardeios israelenses mataram 32 palestinos, segundo o Ministério da Saúde da Faixa de Gaza A guerra entre Israel e Hamas em Gaza completou 200 dias nesta terça-feira (23), sem sinais de que uma trégua estaria próxima, nem de que o movimento islamista estaria disposto a

Leia mais...

Atividade de extensão debaterá saúde mental e políticas públicas

Iniciativa da Universidade do Distrito Federal é aberta para a comunidade acadêmica, bem como para o público externo; inscrições podem ser feitas até o dia 7 de maio “Diálogos sobre saúde mental, políticas públicas e universidade” é o tema da extensão universitária proposta pela docente Kíssila Mendes, da Universidade do

Leia mais...

Equatorial alerta para nova onda de calor em Goiás

Massa de ar quente eleva temperaturas acima da média e deve provocar aumento no consumo de energia nos próximos dias. Goiânia, 23 de abril de 2024 – Os termômetros devem registrar altas temperaturas nesta semana em todo estado. Uma massa de ar quente e seco está influenciando no aumento das

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.