19/06/2024

MPF investiga obra não concluída em Ananindeua

A Prefeitura Municipal de Ananindeua recebeu R$ 140 mil do Ministério da Saúde, mas o recurso não foi utilizado pelo prefeito Daniel Santos | ( Reprodução )

A Prefeitura Municipal de Ananindeua recebeu R$ 140 mil do Ministério da Saúde e não concluiu o Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas, no Distrito Industrial.

O relatório técnico sobre a vistoria realizada na obra de reconstrução do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (Caps), localizado no Distrito Industrial de Ananindeua foi concluído e está sendo analisado pela Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão do Ministério Público Federal (MPF) no Pará.

A Prefeitura Municipal de Ananindeua recebeu R$ 140 mil do Ministério da Saúde, mas o recurso não foi utilizado pelo prefeito Daniel Santos, que foi obrigado a devolver aos cofres da União R$ 200 mil, valor ajustado com juros e correção pela não aplicação do dinheiro no objeto do contrato.

O processo de reforma não apresenta avanços no cronograma. Anunciado com solenidade comandada pelo prefeito Daniel Santos, quando o prefeito assinou a ordem de serviço, mas não cumpriu os prazos, o que levou o Ministério Público Federal (MPF) a acompanhar o caso.

No início de março deste ano, o procurador regional dos Direitos do Cidadão, Sadi Flores Machado, determinou a realização da vistoria no local onde está sendo feita a obra de reconstrução do Caps-AD. Ao assinar a ordem de serviço, em julho do ano passado, o prefeito Daniel Santos prometeu que o centro de atendimento seria entregue em janeiro deste ano, o que não aconteceu.

Como havia o risco de o recurso autorizado pelo governo federal ser devolvido para a União, o Ministério Público Federal solicitou à Prefeitura informações sobre o cronograma do projeto e previsão de início de funcionamento do serviço, mas não recebeu nenhum retorno por parte da gestão municipal. Dois ofícios assinados pelo procurador Sadi Flores Machado foram ignorados pela Prefeitura Municipal de Ananindeua.

A inspeção foi realizada no dia 7 de março e o relatório sobre o andamento da reforma/ampliação do imóvel foi confeccionado e encaminhado para o procurador Sadi Machado.

Quer saber mais notícias do Pará? Acesse nosso canal no Whatsapp

Fotos realizadas na obra, incluídas no relatório de vistoria, mostram que há muito o que se fazer no local. A equipe de peritos do MPF preparou o relatório descritivo-fotográfico da obra e solicitou ao responsável técnico o último boletim de medição expedido. Não há informação se desta vez houve retorno por parte da Prefeitura Municipal de Ananindeua.

“O Centro de Atendimento não está pronto. Verificamos que o local continua sem piso, sem instalação dos banheiros entre outros problemas apontados. Estimaram nova previsão de entrega para julho, mas, mediante o quadro atual, fica difícil acreditar que esse prazo será cumprido”, disse o procurador.

Sadi Machado reforçou que, além do prejuízo para os cofres públicos, há prejuízos à população que aguarda há mais de sete anos a criação de um Centro de Atenção Psicossocial para atendimento aos dependentes de álcool, tabaco e outras drogas em Ananindeua.

Os Caps são serviços de saúde de caráter aberto e comunitário, voltados aos atendimentos de pessoas com sofrimento psíquico ou transtorno mental, incluindo aquelas com necessidades decorrentes do uso de álcool, crack e outras substâncias, que se encontram em situação de crise ou em processo de reabilitação psicossocial.

O Caps-AD oferece atendimento diário a pacientes usuários que apresentem uso abusivo e dependência de álcool e outras drogas. No centro, atuam equipes multiprofissionais, que empregam diferentes intervenções e estratégias de acolhimento, como psicoterapia, psiquiatria, terapia ocupacional, reabilitação neuropsicológica, oficinas terapêuticas, medicação assistida, atendimentos familiares e domiciliares, entre outros.

Números

o             – O Relatório Mundial sobre Drogas 2023, organizado pelo Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC), mostra que o número de pessoas que consumiram algum tipo de drogas nos últimos 10 anos subiu 23% em relação ao período anterior.

o             – Os dados mostram que a quantidade de pessoas que sofreram transtorno por causa de algum tipo de droga subiu para 39,5 milhões, um aumento de 45% em 10 anos. O relatório afirma que a disseminação de substâncias ilícitas, que persiste em atingir patamares sem precedentes, juntamente com as redes de tráfico que se tornam cada vez mais ágeis, está intensificando as convergentes crises globais e colocando à prova os sistemas de saúde e os esforços de aplicação da lei.

Tribuna Livre, com informações da Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão do Ministério Público Federal (MPF) no Pará.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Homem é preso novamente por tentar violentar enteada com quem já tem um filho após estupro, na PB
Homem é preso novamente por tentar violentar enteada com quem já tem um filho após estupro, na PB
Chuvas em Pernambuco: inundação de rios, desabrigados e transtornos são registrados
Chuvas em Pernambuco: inundação de rios, desabrigados e transtornos são registrados
Dino envia indiciamento de Juscelino Filho por corrupção à PGR
Dino envia indiciamento de Juscelino Filho por corrupção à PGR
Caso Moraes: TCU vai apurar promoção de delegado da PF
Caso Moraes: TCU vai apurar promoção de delegado da PF
Nova ponte sobre o Rio Tocantins será inaugurada nesta sexta-feira (14)
Nova ponte sobre o Rio Tocantins será inaugurada nesta sexta-feira (14)
Naval, considerado “homem de guerra”, assume maior milícia do Rio
Naval, considerado “homem de guerra”, assume maior milícia do Rio
País corre e tenta atingir meta de vacinação contra a poliomielite
País corre e tenta atingir meta de vacinação contra a poliomielite
Existem duas habilidades que Deus dá aos obreiros: uma é realizar a obra de Deus através dos cargos ministeriais e a outra é a de realizar obras para Deus
Existem duas habilidades que Deus dá aos obreiros: uma é realizar a obra de Deus através dos cargos ministeriais e a outra é a de realizar obras para Deus.
Deputada manda 100% das emendas para cidade chefiada pelo marido
Deputada manda 100% das emendas para cidade chefiada pelo marido
MP-SP abre guerra contra a Bíblia
MP-SP abre guerra contra a Bíblia
STF rejeita recurso que tratava do uso de banheiros por transexuais
STF rejeita recurso que tratava do uso de banheiros por transexuais
Com confusão, Conselho de Ética arquiva processo contra Janones
Com confusão, Conselho de Ética arquiva processo contra Janones

Defesa Civil do RS divulga balanço após chuvas recentes

No total, entre sexta-feira e hoje (18/6), 22 municípios gaúchos reportaram danos em razão de alagamentos no estado Entre sexta-feira passada e hoje (18/6), 22 municípios gaúchos enfrentaram alagamentos, inundações e deslizamentos de terra, conforme relatório da Defesa Civil estadual. São Luiz Gonzaga foi uma das cidades mais afetadas, com

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.