23/06/2024

Os estudantes devem estar atentos ao processo de recadastramento no passe livre.

Benefício do Passe Livre Estudantil dá a gratuidade da passagem de ônibus para os mais de 700 mil alunos da rede pública de ensino | Fotos: Lúcio Bernardo Jr./ Agência Brasília

Para assegurar o benefício a mais de 700 mil alunos do Distrito Federal, é necessário que as instituições de ensino atualizem o calendário escolar em cooperação com a Secretaria de Transporte e Mobilidade.

O início das aulas na rede pública de ensino do Distrito Federal está programado para o dia 19 de fevereiro. Para garantir o acesso ao benefício do Passe Livre Estudantil, que oferece gratuidade na passagem para os mais de 700 mil alunos cadastrados, as instituições de ensino e os estudantes devem manter-se atualizados quanto às informações cadastrais.

As instituições de ensino devem enviar, antes do início das aulas, o calendário acadêmico atualizado com a frequência dos alunos para o e-mail passelivre.estudantil@brb.com.br. O prazo para envio é até antes do início das aulas, e é essencial informar o início de cada semestre do período letivo, além de comprovar matrícula e presença mensalmente através de lista de frequência.

É crucial que os estudantes e seus responsáveis estejam atentos à atualização do cadastro e verifiquem se o cartão está em condições de uso. Em casos de mudança de instituição de ensino, endereço ou nome civil, é necessário registrar a alteração no site do BRB Mobilidade.

O subsecretário de Arrecadação, Gestão e Controle de Gratuidades da Secretaria de Transporte e Mobilidade (Semob), José dos Santos Bahia Neto, destaca a importância do passe livre para garantir o acesso de todos os alunos à educação, reforçando que é um direito constitucional e que o DF assegura 100% de subsídio ao estudante sem restrições.

Com o retorno das aulas, os cartões passam por atualizações para normalizar sua funcionalidade. A recomendação é que, inicialmente, o aluno passe o cartão no validador uma vez para confirmar as alterações e uma segunda vez para liberar a passagem. Em validadores mais modernos, a catraca é liberada automaticamente na primeira apresentação do passe. Caso isso não ocorra, é necessário passar o cartão uma segunda vez.

São concedidos até quatro acessos diários, limitados ao total de 54 no mês. Se o aluno precisar de mais acessos, pode solicitar por meio da página cadastral do Passe Livre Estudantil, usando o serviço “extensão de acesso”. A resposta à solicitação é enviada por e-mail, e é possível acompanhar o status na página.

O uso do cartão estudantil é exclusivo ao titular do benefício e é permitido apenas em dias letivos. O uso indevido resultará na abertura de um processo administrativo, podendo levar à suspensão do benefício por todo o semestre letivo.

Quanto ao cadastro, pode ser feito presencialmente nos postos BRB Mobilidade ou pela internet, anexando os documentos necessários durante o cadastro na página do cartão estudantil. Em casos de estágio obrigatório, é necessário apresentar a declaração correspondente.

O aluno deve estar matriculado em instituição de ensino reconhecida no Distrito Federal, residir ou trabalhar a mais de um quilômetro da instituição, e os cursos devem ser reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC) ou pela Secretaria de Educação do Distrito Federal.

Para solicitar a segunda via do cartão, é preciso acessar o serviço “2ª via” no sistema web do Passe Livre. Em caso de perda, extravio, roubo ou furto, o cartão deve ser bloqueado, e, ao solicitar a segunda via, é necessário anexar o comprovante de pagamento da taxa e o boletim de ocorrência. Se o cartão estiver danificado, é suficiente anexar o comprovante de pagamento da taxa, no valor de R$ 5,40. O prazo para emissão da segunda via é de até dez dias úteis. Tanto a aprovação quanto o agendamento serão informados por e-mail.

Tribuna Livre, com informações da Secretaria de Educação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Nova unidade de recebimento de entulhos terá área de 60 hectares
Nova unidade de recebimento de entulhos terá área de 60 hectares
Operação Verde Vivo intensifica prevenção e combate aos incêndios florestais
Operação Verde Vivo intensifica prevenção e combate aos incêndios florestais
Rede pública do DF alerta para problemas na coluna causados pelo uso incorreto do celular
Rede pública do DF alerta para problemas na coluna causados pelo uso incorreto do celular
Túnel Rei Pelé será interditado na próxima semana para manutenção
Túnel Rei Pelé será interditado na próxima semana para manutenção
Frota do BRT Sul é renovada com dez novos ônibus articulados
Frota do BRT Sul é renovada com dez novos ônibus articulados
Governador visita trecho da obra da Epig onde terá novo viaduto e estação do BRT
Governador visita trecho da obra da Epig onde terá novo viaduto e estação do BRT
GDF convoca mais 100 enfermeiros para a rede pública de saúde
GDF convoca mais 100 enfermeiros para a rede pública de saúde
Ação contra o Frio: GDF inaugura abrigo no Gama para pessoas em situação de rua
Ação contra o Frio: GDF inaugura abrigo no Gama para pessoas em situação de rua
Brasília é a segunda capital mais segura do país, aponta Atlas da Violência 2024
Brasília é a segunda capital mais segura do país, aponta Atlas da Violência 2024
Núcleo da Unidade de Internação de Santa Maria disputa prêmio de Melhor Escola do Mundo
Núcleo da Unidade de Internação de Santa Maria disputa prêmio de Melhor Escola do Mundo
UPAs atenderam quase meio milhão de pessoas nos cinco primeiros meses de 2024
UPAs atenderam quase meio milhão de pessoas nos cinco primeiros meses de 2024
Abrigo no Plano Piloto protege 80 pessoas em situação de rua do frio
Abrigo no Plano Piloto protege 80 pessoas em situação de rua do frio

STF retoma julgamento sobre atendimento de pessoas trans no SUS

Sessão virtual começou hoje e vai até 28 de junho. O Supremo Tribunal Federal (STF) (foto) retomou nesta sexta-feira (21), em Brasília, a discussão sobre o atendimento de pessoas transexuais no Sistema Único de Saúde (SUS).  A Corte julga em plenário virtual a liminar proferida em 2021 pelo ministro Gilmar

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.