23/06/2024

Pacheco auxilia candidatos do PT a prefeito em Minas e busca apoio para se tornar governador em 2026

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco(PSD-MG), tem se envolvido de forma direta nas articulações envolvendo o PT nas eleições municipais em Minas Gerais.

Presidente do Senado e ministro Alexandre Silveira atuam para que PSD e União Brasil abram mão de candidaturas em cidades do interior do estado e façam aliança com petistas

 O parlamentar atuou para que o seu partido abrisse mão de candidaturas em cidades do interior do estado para reforçar campanhas petistas. Aliado do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o chefe da Casa Legislativa tenta se cacifar como possível candidato a governador de Minas, tarefa que pode ser facilitada se a sigla aliada também resolver embarcar na candidatura.

O ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, que é presidente licenciado do PSD de Minas, também tem atuado por essas alianças com os petistas. Além do apoio nas disputas pelas prefeituras, o PSD considera natural que o PT tenha espaço na chapa majoritária, que deve ser encabeçada por Pacheco. A ideia é que a legenda de Lula indique o nome ao Senado ou a vice-governador.

Silveira também é citado como candidato em um desses postos, mas, a aliados, ele tem dito que pode não participar da eleição de 2026 e avalia continuar na pasta ou assumir um papel na campanha de Lula pela reeleição.

“Nosso projeto em Minas para 2026 é com a esquerda”, disse o deputado Luiz Fernando Faria (PSD-MG), coordenador da bancada mineira no Congresso, ao comentar sobre a tentativa de união com os petistas.

A ideia é que o PSD apoie as prefeitas de Contagem, Marília Campos (PT), de Juiz de Fora, Margarida Salomão (PT), ambas pré-candidatas à reeleição. Também estão na lista os deputados federais e candidatos petistas a prefeito Paulo Guedes (Montes Claros), Dandara (Uberlândia), Leonardo Monteiro (Governador Valadares), além de Tarcilei de Brito (Teófilo Otoni).

Apesar de amargar um resultado ruim na eleição de 2020, sem eleger nenhum prefeito de capital, o PT saiu das urnas naquele pleito como o terceiro maior partido em Minas em termos de população governada, atrás apenas do PSD e do DEM, que depois se fundiu com o PSL e formou o União Brasil.

As negociações vão além do PSD e, em alguns casos, passam também pelo apoio de outros partidos. Por influência de Pacheco e Silveira, o União avalia apoiar as prefeitas de Contagem e Juiz de Fora. Já em Belo Horizonte, a sigla deve estar ao lado do prefeito Fuad Noman (PSD), que tentará um novo mandato com uma aliança que também deve englobar o PT.

Em Juiz de Fora, a ação de Pacheco atrapalhou os planos do ex-deputado Júlio Delgado (MDB), que era seu assessor. Delgado, que era do PV, buscava se filiar ao União Brasil para disputar a prefeitura da cidade, mas devido à proximidade da sigla com a prefeita, optou por entrar no MDB.

Em algumas cidades, como Uberlândia e Governador Valadares, o diálogo ainda passa por convencer integrantes locais do PSD a desistir da candidatura, mas o comando estadual do partido está empenhado em dar o apoio ao PT nesses casos. O vice-prefeito de Uberlândia, Paulo Sérgio, é do PSD, e tenta ser candidato, mas Silveira já disse em conversa com interlocutores que o apoio do partido será para a deputada petista Dandara.

Reuniões no Senado

As alianças são vistas como importantes também diante do contexto de disputa entre o deputado federal Rogério Correia (PT) e o prefeito Fuad Noman na eleição em Belo Horizonte.

Integrantes do PSD ainda tentam convencer Correia a desistir da candidatura, mas caso não haja acordo, o entendimento é que isso não prejudique a relação entre as duas legendas e que haja uma união em um eventual segundo turno contra um candidato bolsonarista.

As duas prefeitas petistas de Contagem e Juiz de Fora estiveram no Senado nos últimos dias e participaram de reuniões com Pacheco. O prefeito de Teófilo Otoni, Daniel Sucupira (PT), presidente da frente mineira de prefeitos, tenta eleger seu sucessor e também faz constantes visitas ao presidente do Senado.

“A articulação de nossa candidatura majoritária passa, sim, pelo diálogo com o presidente Rodrigo Pacheco”, disse a prefeita Margarida Salomão.

Ela, no entanto, fala que um apoio a uma eventual candidatura de Pacheco a governador é “uma conversa para ser feita a seu tempo”.

Aliados do senador também consideram natural a aliança entre PT e PSD e dizem que ela existe desde 2022. Embora não descarte ser candidato, há uma preocupação de Pacheco de não sinalizar que usa o cargo de presidente do Senado apenas pensando em se projetar nas eleições de 2026.

“Tem uma discussão boa aqui em Minas de trabalhar juntos PT, PSD e outros partidos do campo democrático popular. Isso (candidatura a governador de Minas) a gente tem que ouvir dele (Pacheco), mas enquanto presidente do Senado estamos juntos com ele e ele também é uma liderança que está dialogando muito com o presidente Lula, ajudando a negociar a questão da dívida de Minas”, disse o deputado e pré-candidato em Governador Valadares pelo PT, Leonardo Monteiro.

Tribuna Livre, com informações da Agência Senado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Datafolha: Maioria dos católicos e evangélicos são contra o PL antiaborto
Datafolha: Maioria dos católicos e evangélicos são contra o PL antiaborto
Governo recusa proposta de Pacheco que reduziria dívida de MG em R$ 80 bi
Governo recusa proposta de Pacheco que reduziria dívida de MG em R$ 80 bi
Marcos do Val e Gilvan da Federal batem boca em aeroporto
Marcos do Val e Gilvan da Federal batem boca em aeroporto
Lula sobe tom sobre greve em universidades: “Espero compreensão”
Lula sobe tom sobre greve em universidades: “Espero compreensão”
Leilão de arroz: presidente da Comissão de Agricultura fala em fraude
Leilão de arroz: presidente da Comissão de Agricultura fala em fraude
País tem novo recorde da dengue com 6 milhões de casos e 4 mil mortes
País tem novo recorde da dengue com 6 milhões de casos e 4 mil mortes
Homem é preso novamente por tentar violentar enteada com quem já tem um filho após estupro, na PB
Homem é preso novamente por tentar violentar enteada com quem já tem um filho após estupro, na PB
Chuvas em Pernambuco: inundação de rios, desabrigados e transtornos são registrados
Chuvas em Pernambuco: inundação de rios, desabrigados e transtornos são registrados
Dino envia indiciamento de Juscelino Filho por corrupção à PGR
Dino envia indiciamento de Juscelino Filho por corrupção à PGR
Caso Moraes: TCU vai apurar promoção de delegado da PF
Caso Moraes: TCU vai apurar promoção de delegado da PF
Nova ponte sobre o Rio Tocantins será inaugurada nesta sexta-feira (14)
Nova ponte sobre o Rio Tocantins será inaugurada nesta sexta-feira (14)
Naval, considerado “homem de guerra”, assume maior milícia do Rio
Naval, considerado “homem de guerra”, assume maior milícia do Rio

Brasília sediará Congresso Internacional Cidades Lixo Zero

O Serviço de Limpeza Urbana (SLU) se une a especialistas globais para promover práticas sustentáveis e políticas de lixo zero Entre 25 e 27 de junho, Brasília será o palco da terceira edição do Congresso Internacional Cidades Lixo Zero. O evento, que será realizado no Museu Nacional da República, conta

Leia mais...

Mais de 1,5 milhão de pessoas atendidas pelos programas sociais do GDF

Do Cartão Prato Cheio ao Cartão Gás, passando pela Política de Assistência Estudantil, benefícios geraram, desde 2019, investimento de R$ 1,9 bilhão, beneficiando famílias em situação de vulnerabilidade social e impulsionando a economia Investir em pessoas e no desenvolvimento delas é uma ação perene do Governo do Distrito Federal (GDF).

Leia mais...

STF retoma julgamento sobre atendimento de pessoas trans no SUS

Sessão virtual começou hoje e vai até 28 de junho. O Supremo Tribunal Federal (STF) (foto) retomou nesta sexta-feira (21), em Brasília, a discussão sobre o atendimento de pessoas transexuais no Sistema Único de Saúde (SUS).  A Corte julga em plenário virtual a liminar proferida em 2021 pelo ministro Gilmar

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.