22/07/2024

Programa Cartão Material Escolar encerra 2024 com recorde de estudantes beneficiados

O Cartão Material Escolar auxilia financeiramente famílias de baixa renda na hora da compra dos materiais escolares | Foto: Felipe de Noronha/SEEDF

Análise da SEEDF revela que o número de estudantes atendidos saltou de 64.652, em 2019, para 175.613, neste ano

Com o encerramento do prazo para a utilização dos créditos do Cartão Material Escolar (CME) 2024 na última terça-feira (11), o programa finalizou o ano de 2024 com recorde do número de estudantes beneficiados. Uma análise comparativa feita pela Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal (SEEDF) revela um crescimento significativo no número de alunos beneficiados nos últimos cinco anos. O número saltou de 64.652 alunos atendidos, em 2019, para 175.613, neste ano.

Com o aumento no número de beneficiários, cresceu também o investimento no programa. Em 2019, o valor destinado ao CME foi de R$ 19.987.040. Já em 2024, esse investimento alcançou a marca de R$ 54.198.800, refletindo o compromisso da SEEDF e do Governo do Distrito Federal em promover uma educação de qualidade como ferramenta de transformação social.

“É gratificante ver esses números crescendo e tantas famílias sendo beneficiadas. Essa crescente não apenas evidencia a importância do programa, mas também destaca a necessidade contínua de políticas públicas voltadas para a educação e o desenvolvimento das futuras gerações”, destaca a secretária de Educação do DF, Hélvia Paranaguá. “Sabemos da importância das parcerias nesse processo. Nossa meta é trabalharmos juntos para que, em 2025, mais estudantes da rede sejam beneficiados pelo programa”, finaliza.

O Cartão Material Escolar é uma iniciativa para auxiliar financeiramente famílias de baixa renda que sejam beneficiárias do programa do governo federal, Bolsa Família, no custeio de materiais essenciais para a educação dos estudantes de 4 a 17 anos. Os dados a seguir mostram o crescimento exponencial de quantidades de estudantes atendidos e o total investido de 2019 a 2024. Confira:

Avanços na entrega e transparência

O CME passou por significativas melhorias nos últimos três anos. Uma das mudanças mais marcantes foi a forma de entrega dos cartões aos beneficiários. Até 2021, eles eram enviados às Coordenações Regionais de Ensino (CRE), que os encaminhavam às escolas para entrega aos familiares dos estudantes.

A medida funcionava, porém, o processo era lento, oferecia riscos à segurança e facilitava a prática de fraudes. Para trazer mais celeridade, a SEEDF junto ao Banco de Brasília (BRB) mudou a entrega dos cartões para dentro das agências do BRB. Para facilitar e organizar, é divulgado um cronograma previamente definido e também utilizado o aplicativo GDF Social para comunicação com os beneficiários.

Além disso, na busca por esclarecer dúvidas e orientar os beneficiários, foi elaborado o Manual do Programa Material Escolar – Cartão Material Escolar. A cartilha traz diretrizes e requisitos para a concessão do auxílio financeiro. Esse material foi amplamente divulgado no site da SEEDF e distribuído para as Coordenações Regionais de Ensino e unidades escolares.

A melhoria da comunicação refletiu na queda de registros de Ouvidorias sobre o tema. Em 2021, foram 13.126 registros abertos. Em 2022, o número caiu para 6.417, e no ano passado diminuiu ainda mais, chegando a 4.349. Já este ano, 3.957 registros foram feitos.

Outro avanço foi a antecipação do pagamento do primeiro lote, que contemplou cerca de 70% dos beneficiários do programa. Este ano, ele foi realizado 19 dias antes do início do ano letivo, o que proporcionou tempo e condições para que as famílias se organizassem na compra dos materiais.

As melhorias contínuas no Programa Cartão Material Escolar demonstram o compromisso do governo em garantir o acesso à educação de qualidade, promovendo transparência, eficiência e praticidade para os beneficiários.

Tribuna Livre, com informações da Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEEDF)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Esforço conjunto do GDF e de voluntários ajuda a transformar a Lagoa dos Patos, no Parque da Cidade
Esforço conjunto do GDF e de voluntários ajuda a transformar a Lagoa dos Patos, no Parque da Cidade
Brasília lidera ranking de cidade com maior produção de energia solar do país
Brasília lidera ranking de cidade com maior produção de energia solar do país
Rubéola: vacinação é medida principal para evitar retorno da doença
Rubéola: vacinação é medida principal para evitar retorno da doença
Projeto promoverá ações de apoio à maternidade atípica no Distrito Federal
Projeto promoverá ações de apoio à maternidade atípica no Distrito Federal
Abrigo e acesso a programas do governo: GDF acolhe população em situação de rua em Taguatinga
Abrigo e acesso a programas do governo: GDF acolhe população em situação de rua em Taguatinga
De Brasília a Paris: DF terá 16 representantes nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos
De Brasília a Paris: DF terá 16 representantes nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos
Novo acesso do Sudoeste ao Parque da Cidade começa a ser construído
Novo acesso do Sudoeste ao Parque da Cidade começa a ser construído
Novas câmeras inteligentes regulam abertura de semáforos em locais movimentados do DF
Novas câmeras inteligentes regulam abertura de semáforos em locais movimentados do DF
Equipes do GDF promovem acolhimento de pessoas em situação de rua em Taguatinga
Equipes do GDF promovem acolhimento de pessoas em situação de rua em Taguatinga
Ação de acolhimento da população em situação de rua continua nesta quinta (18) em Taguatinga
Ação de acolhimento da população em situação de rua continua nesta quinta (18) em Taguatinga
Investimento de R$ 2 milhões leva acessibilidade às calçadas da ADE de Samambaia
Investimento de R$ 2 milhões leva acessibilidade às calçadas da ADE de Samambaia
Inscrições para a 10ª edição do Casamento Comunitário vão até 23 de agosto
Inscrições para a 10ª edição do Casamento Comunitário vão até 23 de agosto

Apagão global cibernético afeta bancos e aeroportos em todo mundo

Um apagão cibernético está causando atrasos em voos, impactando os serviços bancários e de comunicação globalmente nessa sexta-feira Na manhã desta sexta-feira (19/7) diversos países registraram problemas técnicos que afetaram operações de companhias aéreas internacionais, empresas ferroviárias e do setor de telecomunicações, entre outros. Segundo a Administração Federal de Aviação

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.