21/06/2024

Recursos do Cartão Material Escolar devem ser utilizados até 11 de junho

O Cartão Material Escolar auxilia financeiramente famílias de baixa renda que sejam beneficiárias do programa Bolsa Família no custeio de materiais essenciais para a educação dos estudantes de 4 a 17 anos | Foto: Geovana Albuquerque/Agência Brasília

Até esta quinta-feira (6), mais de R$ 4 milhões destinados aos beneficiários constavam em 66.849 cartões; do total, 8.291 sequer tiveram movimentação dos titulares

Os beneficiários do Cartão Material Escolar (CME) de 2024 têm até a próxima terça-feira, 11 de junho, para utilizar o saldo do auxílio disponibilizado pelo Governo do Distrito Federal (GDF). Segundo dados do Banco de Brasília (BRB), que faz a gestão do benefício, até esta quinta-feira (6), o montante disponível em 66.849 cartões ainda com saldo é de R$ 4.471.176,76 . Após o fim do prazo estabelecido, os recursos que não forem usados serão revertidos aos cofres públicos.

Também entre os cartões com saldo há 8.291 que sequer tiveram qualquer movimentação dos titulares desde a concessão do auxílio. Quem tem direito ao benefício, mas ainda não retirou o cartão, deve buscar orientação no site GDF Social ou na Central de Atendimento 156, opção 2.

“Com o prazo de utilização se encerrando no dia 11, é essencial que todos fiquem atentos para garantir que aproveitem essa oportunidade”

Fernanda Mateus, subsecretária da Subsecretaria de Apoio às Políticas Educacionais da SEEDF

“Gostaríamos de lembrar a todos os beneficiários sobre a importância do uso do Cartão Material Escolar, destinado à aquisição de material escolar. Com o prazo de utilização se encerrando no dia 11, é essencial que todos fiquem atentos para garantir que aproveitem essa oportunidade. O CME é uma ferramenta valiosa para apoiar a educação de nossos estudantes”, destaca Fernanda Mateus, subsecretária de Apoio às Políticas Educacionais (Suape) da Secretaria de Educação (SEEDF).

A verificação do saldo disponível no Cartão Material Escolar deve ser feita pelo aplicativo do Banco de Brasília (BRB) ou pelo site GDF Social. Caso todo o valor do benefício tenha sido utilizado, não é necessário tomar nenhuma providência.

As compras devem ser feitas nos estabelecimentos credenciados pelo GDF, que podem ser consultados aqui. A utilização dos recursos dentro da data estabelecida garante o aproveitamento dos valores investidos pelo GDF na educação de crianças e jovens do Distrito Federal.

Benefício

O Cartão Material Escolar é uma iniciativa para auxiliar financeiramente famílias de baixa renda que sejam beneficiárias do programa do governo federal Bolsa Família no custeio de materiais essenciais para a educação dos estudantes de 4 a 17 anos.

São disponibilizados R$ 320, para cada estudante da educação infantil, do ensino fundamental e do ensino especial, e R$ 240, para os alunos do ensino médio. Cada família conta com apenas um cartão, independentemente da quantidade de filhos aptos para o benefício. No caso de famílias com mais de um estudante matriculado na rede pública, os recursos são assegurados no mesmo cartão.

Tribuna Livre, com informações do Governo do Distrito Federal (GDF).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Brasília é a segunda capital mais segura do país, aponta Atlas da Violência 2024
Brasília é a segunda capital mais segura do país, aponta Atlas da Violência 2024
Núcleo da Unidade de Internação de Santa Maria disputa prêmio de Melhor Escola do Mundo
Núcleo da Unidade de Internação de Santa Maria disputa prêmio de Melhor Escola do Mundo
UPAs atenderam quase meio milhão de pessoas nos cinco primeiros meses de 2024
UPAs atenderam quase meio milhão de pessoas nos cinco primeiros meses de 2024
Abrigo no Plano Piloto protege 80 pessoas em situação de rua do frio
Abrigo no Plano Piloto protege 80 pessoas em situação de rua do frio
QualificaDF Móvel abre inscrições para capacitação profissional em 4 cidades
QualificaDF Móvel abre inscrições para capacitação profissional em 4 cidades
Inscrições para quase 6 mil vagas em cursos técnicos abrem nesta quinta-feira (20)
Inscrições para quase 6 mil vagas em cursos técnicos abrem nesta quinta-feira (20)
Caesb investe R$ 3,7 milhões em energia limpa e reduz custos operacionais
Caesb investe R$ 3,7 milhões em energia limpa e reduz custos operacionais
Mais de 150 produtores rurais apresentam cartões de vacina de rebanhos contra raiva
Mais de 150 produtores rurais apresentam cartões de vacina de rebanhos contra raiva
GDF destina R$ 110 milhões para famílias darem de entrada na casa própria
GDF destina R$ 110 milhões para famílias darem de entrada na casa própria
Portaria conjunta institui programa e aplicativo de proteção aos conselheiros tutelares do DF
Portaria conjunta institui programa e aplicativo de proteção aos conselheiros tutelares do DF
Fiscalização contra estacionamento irregular no DF é intensificada
Fiscalização contra estacionamento irregular no DF é intensificada
Regulamentados os serviços de capelania nas unidades de saúde
Regulamentados os serviços de capelania nas unidades de saúde

Leilão de arroz: presidente da Comissão de Agricultura fala em fraude

Ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, prestou esclarecimentos à Comissão na Câmara sobre leilão para compra de arroz feito pelo governo O presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, deputado Evair Vieira de Melo (PP-ES), chamou o leilão de arroz realizado pelo governo federal de “esquema fraudulento”. O

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.