28/02/2024

Todas as escolas públicas em Ceilândia serão submetidas a inspeções para combater a dengue.

Durante as inspeções, agentes procuram focos do mosquito da dengue, aplicam larvicida e distribuem orientações | Fotos: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

A medida abrangerá 98 unidades na área administrativa de Ceilândia, que registra o maior índice de casos de dengue no Distrito Federal. As inspeções foram iniciadas na segunda-feira (5) e continuarão até o início das aulas, em 19 de fevereiro.

O combate ao mosquito da dengue está recebendo atenção especial na rede pública de ensino de Ceilândia. Desde segunda-feira (5), agentes de vigilância ambiental têm inspecionado as escolas da região em busca de possíveis criadouros do Aedes aegypti. Em dois dias de trabalho, 12 instituições já foram visitadas, e até o início das aulas, agendado para o próximo dia 19, todas as 98 unidades da área administrativa serão vistoriadas.

“Contamos com sete equipes atuando nas ruas, cada uma composta por dois agentes”, relata Queila Cristina Mendes, chefe do Núcleo da Vigilância Ambiental de Ceilândia. “Durante as visitas às escolas, buscamos eliminar possíveis focos do mosquito, aplicamos larvicida em áreas de acúmulo de água e fornecemos todas as orientações necessárias para manter o ambiente escolar livre da dengue.”

Móveis escolares desativados acumulados em áreas desprotegidas e canaletas entupidas representam os principais pontos críticos identificados em algumas escolas. Esses locais são propícios para o acúmulo de água parada, que é um ambiente favorável para a reprodução do Aedes aegypti. “Felizmente, os diretores têm demonstrado preocupação e estão empenhados em seguir rigorosamente as orientações que fornecemos”, observa Queila.

O diretor do Centro Educacional (CED) 6 do P Sul, Jefferson Lobato, elogia a iniciativa do Governo do Distrito Federal (GDF). “A partir do dia 19, teremos cerca de 2 mil alunos circulando aqui – é praticamente uma cidade”, compara. “Portanto, a presença da vigilância ambiental é crucial. Os agentes têm um olhar treinado e encontram possíveis criadouros onde nem imaginávamos que poderia haver acúmulo de água.”

Jefferson destaca que, além das visitas dos agentes, as ações de combate à dengue no CED 6 são constantes: “Todos nós nos tornamos fiscais aqui dentro – os funcionários da limpeza, da secretaria, da direção… Todos estão mais atentos a um copo esquecido no estacionamento, a um balde deixado na área verde. E queremos que os próprios alunos também se tornem fiscais.”

Para a diretora da Escola Classe 46 de Ceilândia, Maria José Soares, a inspeção realizada pelo GDF chegou em momento oportuno. “As crianças estão retornando, e é essencial garantir um ambiente escolar seguro”, destaca. “Embora mantenhamos a escola limpa e organizada, os agentes descobrem pequenos locais escondidos que podem se tornar criadouros do mosquito. Precisamos ficar ainda mais vigilantes.”

Tribuna Livre, com informações do Governo do Distrito Federal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Nomeados mais 83 agentes de Vigilância Ambiental
Nomeados mais 83 agentes de Vigilância Ambiental
Crédito de R$ 132 mi viabiliza reestruturação da carreira da Polícia Penal
Crédito de R$ 132 mi viabiliza reestruturação da carreira da Polícia Penal
Portaria reforça regras para uso correto do Cartão Mobilidade no DF
Portaria reforça regras para uso correto do Cartão Mobilidade no DF
Após ampliação, Cepi de Planaltina inicia aulas com mais vagas infantis
Após ampliação, Cepi de Planaltina inicia aulas com mais vagas infantis
Projeto leva conscientização contra a dengue às escolas do DF
Projeto leva conscientização contra a dengue às escolas do DF
Hospital da Cidade do Sol amplia leitos em menos de 24 horas
Hospital da Cidade do Sol amplia leitos em menos de 24 horas
Combate à dengue é tema de quatro cursos online para servidores
Combate à dengue é tema de quatro cursos online para servidores
DF ultrapassa um milhão de cadastros atualizados no SUS
DF ultrapassa um milhão de cadastros atualizados no SUS
Compras do Programa de Aquisição de Alimentos beneficiam 968 agricultores
Compras do Programa de Aquisição de Alimentos beneficiam 968 agricultores
Caesb disponibiliza serviço gratuito de autoleitura de hidrômetros
Caesb disponibiliza serviço gratuito de autoleitura de hidrômetros
No Varjão, sábado foi marcado pelo Dia D de combate à dengue e por uma série de serviços oferecidos à população
No Varjão, sábado foi marcado pelo Dia D de combate à dengue e por uma série de serviços oferecidos à população.
O Programa de Arborização planeja o plantio de 100 mil mudas nativas no Distrito Federal em 2024
O Programa de Arborização planeja o plantio de 100 mil mudas nativas no Distrito Federal em 2024.

Nomeados mais 83 agentes de Vigilância Ambiental

Convocação dos novos servidores aprovados foi publicada no DODF desta terça-feira (27) Na edição desta terça (27) do Diário Oficial do Distrito Federal (DODF), o GDF publicou 83 novas nomeações para o cargo de agente de Vigilância Ambiental em Saúde. A convocação é destinada a preencher os 150 cargos previstos

Leia mais...

Portaria reforça regras para uso correto do Cartão Mobilidade no DF

Orientações da Secretaria de Transportes e Mobilidade estão publicadas na edição desta terça-feira (27) do DODF O uso do Cartão Mobilidade pelos passageiros do Sistema de Transporte Público Coletivo está regulamentado pela Secretaria de Transporte e Mobilidade (Semob) em portaria publicada na edição desta terça-feira (27) do Diário Oficial do

Leia mais...

Faço da prioridade da população a minha prioridade.

Bem articulado com todos os Poderes de Novo Gama, dentre eles o Executivo,  com DF e demais município do Entorno, Renato Caldas mostra a que veio. Renato Caldas é reconhecido como um dos vereadores mais atuantes de Novo Gama. Sua dedicação e comprometimento com a comunidade são admiráveis, sempre buscando

Leia mais...

Combate à dengue é tema de quatro cursos online para servidores

Formações são indicadas para profissionais da educação e da saúde. As aulas são gratuitas e online, podendo ser assistidas a qualquer momento pelos participantes A Escola Superior de Ciências da Saúde (Escs) oferece quatro cursos relacionados ao combate à dengue para servidores da saúde e da educação. As capacitações são

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.