23/06/2024

UFG desenvolve produto à base de babosa que ajuda IML a identificar cadáveres

Aloe vera, babosa (Foto: Pexels - Divulgação)

Considerado barato e inovador, item foi criado em parceria com a Polícia Civil de Goiás. Após imersão no líquido, as impressões digitais se tornam mais visíveis.

Uma pesquisa conduzida pela Faculdade de Farmácia da Universidade Federal de Goiás (UFG) possibilitou um avanço na área de necropapiloscopia. A aplicação de um extrato de aloe vera (conhecida popularmente como babosa), desenvolvido pela equipe liderada pelo professor doutor e farmacêutico, Edemilson Cardoso Conceição, permitiu a identificação de um corpo carbonizado em difíceis condições de reconhecimento pela Unidade de Necropapiloscopia do Instituto Médico Legal (IML) de Goiânia.

A técnica, que utilizou o extrato de aloe vera entre outras substâncias, foi usada para recuperar a epiderme e a derme das falanges do cadáver. Assim, com imersão no líquido à base de babosa, as impressões digitais de corpos em condições difíceis de reconhecimento, como os carbonizados ou mumificados, se tornam mais visíveis e facilitam a identificação.

Esse desenvolvimento é fruto das pesquisas realizadas no Laboratório de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) de Bioprodutos da Faculdade de Farmácia da UFG. A substância agora está em uso nos IMLs de Goiânia e Aparecida de Goiânia.

Em entrevista à revista especializada Pharmácia Brasileira, o professor Edemilson Cardoso Conceição detalhou o processo que levou à criação do produto. Segundo ele, a ideia surgiu do uso improvisado da aloe vera na necropapiloscopia. “A partir do contato conosco, foi possível entender cientificamente sua ação, em quais situações utilizar, as quantidades adequadas e o tempo de exposição necessário”, explicou.

Segundo ele à revista, o extrato de aloe vera é aplicado em cadáveres com condições especiais, incluindo corpos carbonizados, queimados, mumificados, corificados e com a pele ressecada. Esse método tem demonstrado eficácia na recuperação das digitais, facilitando a identificação necropapiloscópica.

“O resultado do trabalho gera relevante impacto na sociedade, pois através da identificação necropapiloscópica, pode-se devolver aquele ente identificado aos seus familiares para que possam dar-lhe um fim digno e propiciar a garantia dos direitos e deveres civis decorrentes da morte”, afirmou.

Tribuna Livre, com informações da Universidade Federal de Goiás (UFG)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Leandro Vilela será o candidato a prefeito com apoio de Caiado em Aparecida
Leandro Vilela será o candidato a prefeito com apoio de Caiado em Aparecida
Homem com uma tonelada de defensivos agrícolas falsificados é preso em Aparecida
Homem com uma tonelada de defensivos agrícolas falsificados é preso em Aparecida
ESTRATÉGIA DOS PRÉ CANDIDATOS A PREFEITO A CADEIRA DO EXECUTIVO DE NOVO GAMA, NÃO IMPEDE REELEIÇÃO DE CARLINHOS DO MANGÃO
ESTRATÉGIA DOS PRÉ CANDIDATOS A CADEIRA DO EXECUTIVO DE NOVO GAMA, NÃO IMPEDE REELEIÇÃO DE CARLINHOS DO MANGÃO
Chrystian receberia transplante de rim da esposa no final do ano
Chrystian receberia transplante de rim da esposa no final do ano
Mulher mantida em cárcere foi obrigada pelo companheiro a comer vômito e sabão
Mulher mantida em cárcere foi obrigada pelo companheiro a comer vômito e sabão
Equatorial Goiás alerta importância do registro de falta de energia
Equatorial Goiás alerta importância do registro de falta de energia
Governo prepara estratégia para proteger Araguaia da pesca ilegal e do lixo
Governo prepara estratégia para proteger Araguaia da pesca ilegal e do lixo
Preço de produtos típicos de festa junina varia até 213% entre lojas de Goiânia
Preço de produtos típicos de festa junina varia até 213% entre lojas de Goiânia
PF deflagra nova fase de operação contra ‘rota caipira’ do tráfico, que passa por Goiás
PF deflagra nova fase de operação contra ‘rota caipira’ do tráfico, que passa por Goiás
Homem pega carro após briga familiar, fura dois bloqueios da PRF em Goiás e é preso
Homem pega carro após briga familiar, fura dois bloqueios da PRF em Goiás e é preso
Caiado inaugura Hospital de Águas Lindas de Goiás e população já recebe atendimento
Caiado inaugura Hospital de Águas Lindas de Goiás e população já recebe atendimento
Carimbos encontrados com homem preso em Goiânia eram de psiquiatras e neurologistas
Carimbos encontrados com homem preso em Goiânia eram de psiquiatras e neurologistas

Brasília sediará Congresso Internacional Cidades Lixo Zero

O Serviço de Limpeza Urbana (SLU) se une a especialistas globais para promover práticas sustentáveis e políticas de lixo zero Entre 25 e 27 de junho, Brasília será o palco da terceira edição do Congresso Internacional Cidades Lixo Zero. O evento, que será realizado no Museu Nacional da República, conta

Leia mais...

Mais de 1,5 milhão de pessoas atendidas pelos programas sociais do GDF

Do Cartão Prato Cheio ao Cartão Gás, passando pela Política de Assistência Estudantil, benefícios geraram, desde 2019, investimento de R$ 1,9 bilhão, beneficiando famílias em situação de vulnerabilidade social e impulsionando a economia Investir em pessoas e no desenvolvimento delas é uma ação perene do Governo do Distrito Federal (GDF).

Leia mais...

STF retoma julgamento sobre atendimento de pessoas trans no SUS

Sessão virtual começou hoje e vai até 28 de junho. O Supremo Tribunal Federal (STF) (foto) retomou nesta sexta-feira (21), em Brasília, a discussão sobre o atendimento de pessoas transexuais no Sistema Único de Saúde (SUS).  A Corte julga em plenário virtual a liminar proferida em 2021 pelo ministro Gilmar

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.