21/06/2024

Uma mulher foi agredida com uma barra de ferro e sofreu abuso sexual por chegar tarde do trabalho, em Posse.

Homem preso por tentativa de feminicídio em Posse (Foto: Polícia Civil)
Mulher empregada em restaurante noturno e regressou a casa um pouco mais tarde do que o habitual.

No último sábado (7), a Polícia Civil prendeu um homem de 22 anos suspeito de ter cometido estupro, agressão física e mantido sua esposa em cárcere privado, alegadamente devido ao fato dela ter chegado tarde do trabalho, na cidade de Posse. O episódio de violência persistiu por aproximadamente dez horas.

Segundo informações, o indivíduo teria usado socos e golpes com uma barra de ferro durante o ataque. A vítima trabalha em um restaurante noturno e teria voltado para casa um pouco mais tarde do que o usual. O suspeito a insultou, chamando-a de ‘vagabunda’, alegando que não desejava que sua esposa trabalhasse até aquele horário. O suspeito negou todas as acusações à polícia.

O espancamento teve início por volta das 7 horas da manhã e se estendeu ao longo do dia. O agressor tentou forçar a vítima a enviar uma mensagem de demissão para o seu chefe, alegando que ela não compareceria ao trabalho naquele dia, que começaria às 18 horas. Entretanto, a vítima conseguiu convencê-lo a levá-la para o trabalho e, posteriormente, pediu ajuda às colegas.

A mulher relatou às autoridades que era tratada de forma degradante e frequentemente ouvia palavras que feriam sua autoestima. Há três dias, o agressor teria quebrado a mão da vítima. Além disso, a filha de quatro anos teria presenciado os episódios de violência. A mulher prestou depoimento à polícia e foi encaminhada ao hospital para tratar das lesões.

O suspeito já possui antecedentes criminais por tentativa de feminicídio, tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e violência doméstica (contra outras vítimas) quando era menor de idade. Agora, ele será acusado de lesão corporal, cárcere privado, estupro, violência psicológica, ameaça e injúria.

Tribuna Livre, com informações da PMGO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Equatorial Goiás alerta importância do registro de falta de energia
Equatorial Goiás alerta importância do registro de falta de energia
Governo prepara estratégia para proteger Araguaia da pesca ilegal e do lixo
Governo prepara estratégia para proteger Araguaia da pesca ilegal e do lixo
Preço de produtos típicos de festa junina varia até 213% entre lojas de Goiânia
Preço de produtos típicos de festa junina varia até 213% entre lojas de Goiânia
PF deflagra nova fase de operação contra ‘rota caipira’ do tráfico, que passa por Goiás
PF deflagra nova fase de operação contra ‘rota caipira’ do tráfico, que passa por Goiás
Homem pega carro após briga familiar, fura dois bloqueios da PRF em Goiás e é preso
Homem pega carro após briga familiar, fura dois bloqueios da PRF em Goiás e é preso
Caiado inaugura Hospital de Águas Lindas de Goiás e população já recebe atendimento
Caiado inaugura Hospital de Águas Lindas de Goiás e população já recebe atendimento
Carimbos encontrados com homem preso em Goiânia eram de psiquiatras e neurologistas
Carimbos encontrados com homem preso em Goiânia eram de psiquiatras e neurologistas
TJ-GO anula processo contra médico condenado por racismo após publicar vídeo de homem negro acorrentado
TJ-GO anula processo contra médico condenado por racismo após publicar vídeo de homem negro acorrentado
Justiça expede mandado de prisão contra Maurício Sampaio
Justiça expede mandado de prisão contra Maurício Sampaio
Falso sequestro no setor Jaó: polícia prende um dos envolvidos
Falso sequestro no setor Jaó: polícia prende um dos envolvidos
Grupo Equatorial Energia prorroga campanha em parceria com a CUFA para arrecadar R$ 1 milhão para o RS
Grupo Equatorial Energia prorroga campanha em parceria com a CUFA para arrecadar R$ 1 milhão para o RS
Após 29 anos de espera começa a construção de hospital em Novo Gama
Após 29 anos de espera começa a construção de hospital em Novo Gama

Leilão de arroz: presidente da Comissão de Agricultura fala em fraude

Ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, prestou esclarecimentos à Comissão na Câmara sobre leilão para compra de arroz feito pelo governo O presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, deputado Evair Vieira de Melo (PP-ES), chamou o leilão de arroz realizado pelo governo federal de “esquema fraudulento”. O

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.