13/04/2024

Unidades de acolhimento do DF oferecem suporte psicológico e oportunidades

Júlia Camily morou em repúblicas até 2022, ano que passou na Universidade de Brasília. Atualmente residindo na Casa do Estudante, cursa assistência social, inspirada pelo trabalho que deu um novo rumo a sua vida | Foto: Tony Oliveira/Agência Brasília

Além de abrigos, os serviços da Secretaria de Desenvolvimento Social trazem assistência psicossocial e ajuda para mudanças nas vidas de quem precisa

Visando o cuidado das pessoas com vínculos familiares rompidos ou fragilizados, os Serviços de Acolhimento Institucional estão disponíveis no Distrito Federal por meio do Sistema Único de Assistência Social (Suas). As unidades públicas de assistência social oferecem acesso a benefícios e serviços socioassistenciais que podem mudar diversas trajetórias de vida.

“É muito gratificante acompanhar histórias como a da Júlia. As unidades de acolhimento institucional têm esse objetivo de oferecer um suporte e ser um local de apoio, para que os acolhidos tenham segurança para conquistar autonomia e reconstruir a vida”

Ana Paula Marra, secretária de Desenvolvimento Social

Histórias como a da estudante Júlia Camily Teles da Cruz, de 19 anos, que foi uma das acolhidas nas unidades da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes-DF). Ela foi para um abrigo aos 16 anos porque não havia mais condições de conviver com a mãe em casa.

“Nunca foi uma escolha estar em um serviço de acolhimento, mas, já que eu estava, tinha que abraçar as oportunidades que vieram. É um serviço muito importante na sociedade porque dá novas possibilidades a jovens e crianças de famílias desestruturadas”, relatou.

A jovem passou por três abrigos até chegar ao Lar São José, onde ficou um ano e seis meses. Ao completar a maioridade, ela passou a morar em repúblicas até 2022, ano que passou na Universidade de Brasília. Atualmente residindo na Casa do Estudante, Júlia cursa assistência social, inspirada pelo trabalho que deu um novo rumo a sua vida.

“Grande parte da minha vida eu fui atendida pela assistência social. As pessoas mais importantes e que me ajudaram na minha trajetória foram assistentes sociais”, ressalta Júlia, recordando da técnica de referência que a acolheu no Lar São José. “Eu tenho uma admiração muito grande por ela e pensei: um dia quero ser igual”, acrescentou.

Assistência psicológica

Durante os acolhimentos nos abrigos, é disponibilizado um serviço de acompanhamento psicológico, com profissionais voluntários que cobrem áreas de psiquiatria e psicologia. Para Júlia, essa parte foi de extrema importância, especialmente após ela ter descoberto, nos abrigos, que pertence ao espectro autista e também tem transtorno do déficit de atenção com hiperatividade (TDH).

“Quando eu morava com minha mãe, a minha saúde mental era muito negligenciada. E, a partir do momento que eu fui morar num serviço de acolhimento, eu vi um acompanhamento de saúde mental mais eficaz”, observou.

Ela destaca que, após o diagnóstico, o que ninguém entendia começou a fazer sentido e a jovem começou a se entender melhor. “O que era muito difícil começou a se tornar mais leve, porque eu não entendia o porquê de eu ser daquele jeito, diferente das pessoas. Foi muito importante pra mim e comecei a fazer o treino de habilidades sociais, que ajuda a me enquadrar na sociedade.”

Unidades de atendimento

Os Serviços de Acolhimento Institucional são para todos: adultos, famílias, mulheres, idosos, crianças e adolescentes. “É muito gratificante acompanhar histórias como a da Julia. As unidades de acolhimento institucional têm esse objetivo de oferecer um suporte e ser um local de apoio, para que os acolhidos tenham segurança para conquistar autonomia e reconstruir a vida”, frisou a secretária de Desenvolvimento Social, Ana Paula Marra.

Para acessar os Serviços de Acolhimento Institucional, é necessário entrar em contato com a Central de Vagas de Acolhimento pelo telefone 3223-2656. Orienta-se que o usuário se dirija a uma das unidades de Centro de Referência de Assistência Social (Cras), Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) ou Centro Pop mais próximo de onde se encontre no momento, para que a unidade efetive o encaminhamento.

Tribuna Livre, com informações do Governo do Distrito Federal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Dia D de Vacinação é ampliado no DF com mais de 90 locais de atendimento neste sábado (13)
Dia D de Vacinação é ampliado no DF com mais de 90 locais de atendimento neste sábado (13)
Programas de segurança alimentar do GDF serão apresentados na 9ª Feira da Goiaba
Programas de segurança alimentar do GDF serão apresentados na 9ª Feira da Goiaba
Hospital de fauna silvestre atende 142 animais em dois meses
Hospital de fauna silvestre atende 142 animais em dois meses
Dengue: Tenda de acolhimento 24 horas é inaugurada no Gama
Dengue: Tenda de acolhimento 24 horas é inaugurada no Gama
Mutirão de combate à dengue em Arniqueira reúne 300 agentes
Mutirão de combate à dengue em Arniqueira reúne 300 agentes
Aberta consulta para estudo que prevê oferta de áreas habitacionais de interesse social
Aberta consulta para estudo que prevê oferta de áreas habitacionais de interesse social
Quarto e último lote do Cartão Material Escolar começa a ser pago nesta sexta (12)
Quarto e último lote do Cartão Material Escolar começa a ser pago nesta sexta (12)
Conferência Distrital das Cidades vai debater a política urbana do Distrito Federal
Conferência Distrital das Cidades vai debater a política urbana do Distrito Federal
Noivas do Casamento Comunitário participam da prova de vestido
Noivas do Casamento Comunitário participam da prova de vestido
Cerca de 250 famílias do DF beneficiadas em etapa do Minha Casa, Minha Vida
Cerca de 250 famílias do DF beneficiadas em etapa do Minha Casa, Minha Vida
Divulgado novo prazo para manifestar interesse no Residencial Horizonte
Divulgado novo prazo para manifestar interesse no Residencial Horizonte
Projeto Castra-DF vai oferecer 1
Projeto Castra-DF vai oferecer 1.500 vagas para cirurgias gratuitas em cães e gatos no Sol Nascente

Hospital de fauna silvestre atende 142 animais em dois meses

Hfaus é o primeiro hospital público com esse foco e oferece atendimento apenas aos órgãos públicos que trabalham na fiscalização e na captura de animais silvestres O Instituto Brasília Ambiental divulgou, nesta sexta-feira (12), o balanço dos 60 dias de atendimento do Hospital e Centro de Reabilitação da Fauna Silvestre

Leia mais...

Dengue: Tenda de acolhimento 24 horas é inaugurada no Gama

Espaço segue modelo de hospital de campanha. Neste sábado (13), outra unidade será inaugurada no Paranoá; ao todo, 11 estruturas semelhantes funcionam no Distrito Federal Mais uma tenda de acolhimento 24 horas para pacientes com suspeita de dengue foi inaugurada nesta sexta-feira (12), no Gama. A segunda estrutura para essa

Leia mais...

Ameaça de retaliação do Irã deixa Israel em alerta máximo

Estado judeu reforça defesa antiaérea e suspende descanso de soldados que combatem na Faixa de Gaza. Aiatolá Ali Khamenei promete punição por ataque ao consulado iraniano em Damasco. Ocidente pressiona Teerã a desistir de retaliar Israel estava em alerta máximo, na noite desta quinta-feira, após o Irã ameaçar uma retaliação

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.