23/06/2024

A alimentação escolar de 43 mil estudantes do Distrito Federal incluirá produtos orgânicos.

O processo será em formato piloto para que seja analisada a experiência em relação à melhor forma de execução do contrato, a aceitabilidade dos gêneros pelos estudantes e a capacidade de produção dos agricultores
Em um projeto pioneiro no Brasil, um piloto será implantado em 53 escolas nas regiões do Guará e São Sebastião, visando incorporar produtos da agricultura familiar local nos cardápios escolares.

O governo do Distrito Federal está lançando um projeto-piloto pioneiro no Brasil, com o objetivo de proporcionar uma alimentação ainda mais saudável aos estudantes do ensino público. Este ano, 53 escolas públicas localizadas no Guará (28) e em São Sebastião (25) serão beneficiadas. Nos próximos meses, essas instituições incluirão em seus cardápios gêneros alimentícios orgânicos produzidos pela agricultura familiar local, beneficiando aproximadamente 43.249 alunos e envolvendo cerca de 80 produtores.

A iniciativa visa a oferecer refeições mais saudáveis e diversificadas aos estudantes, enquanto contribui para a sustentabilidade, uma vez que a produção orgânica não envolve defensivos agrícolas ou agrotóxicos. Essa ação pioneira atende à Lei distrital 7.075/2022, que torna obrigatória a inclusão de alimentos orgânicos ou de base agroecológica na alimentação escolar das escolas públicas do Distrito Federal, tornando o DF um líder nesse campo.

A primeira compra de alimentos orgânicos do Distrito Federal representará um investimento de aproximadamente R$ 3 milhões dos R$ 23,3 milhões destinados ao Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae). Juliene Santos, diretora de Alimentação Escolar da Secretaria de Educação (SEEDF) e responsável técnica pelo Pnae do DF, destaca os benefícios dessa iniciativa para os estudantes e o meio ambiente, além de apoiar a cadeia produtiva local.

O processo de aquisição foi realizado por meio de um chamamento público, contemplando três associações de produtores em assentamentos Chapadinha (Sobradinho), 15 de Agosto (São Sebastião) e Santa Maria, que ficarão responsáveis pela distribuição dos produtos nas escolas. O contrato dessas organizações com o Governo do Distrito Federal (GDF) está em processo de oficialização.

Dado que esta é a primeira compra oficial de produtos orgânicos para a alimentação escolar, o projeto-piloto permitirá avaliar a experiência, a aceitação dos alimentos pelos estudantes e a capacidade de produção dos agricultores. Para essa fase inicial, foram escolhidas duas regionais de ensino que já recebiam produtos orgânicos das associações com contratos regulares de agricultura familiar. A seleção foi feita em conjunto pela Secretaria de Educação, Secretaria de Agricultura (Seagri-DF) e Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal (Emater-DF).

A nova forma de contrato também inclui a aquisição de todos os 32 itens provenientes da agricultura familiar, como morango, maracujá, abóbora e hortaliças folhosas. Além disso, as escolas poderão contar com produtos como berinjela, batata-inglesa e alho, que anteriormente não faziam parte do cardápio escolar. A diretora de Alimentação Escolar da SEEDF destaca a intenção de expandir essa iniciativa para incentivar mais cooperativas a cultivar produtos orgânicos e, assim, apoiar ainda mais agricultores na rede pública de ensino.

Tribuna Livre, com informações da SEEDF.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Brasília sediará Congresso Internacional Cidades Lixo Zero
Brasília sediará Congresso Internacional Cidades Lixo Zero
Novo equipamento de segurança garante integridade do Sistema de Abastecimento de Água Norte
Novo equipamento de segurança garante integridade do Sistema de Abastecimento de Água Norte
Mais de 1,5 milhão de pessoas atendidas pelos programas sociais do GDF
Mais de 1,5 milhão de pessoas atendidas pelos programas sociais do GDF
Prazo para declaração de vacinação e atualização cadastral de propriedades pecuárias é prorrogado
Prazo para declaração de vacinação e atualização cadastral de propriedades pecuárias é prorrogado
Nova unidade de recebimento de entulhos terá área de 60 hectares
Nova unidade de recebimento de entulhos terá área de 60 hectares
Operação Verde Vivo intensifica prevenção e combate aos incêndios florestais
Operação Verde Vivo intensifica prevenção e combate aos incêndios florestais
Rede pública do DF alerta para problemas na coluna causados pelo uso incorreto do celular
Rede pública do DF alerta para problemas na coluna causados pelo uso incorreto do celular
Túnel Rei Pelé será interditado na próxima semana para manutenção
Túnel Rei Pelé será interditado na próxima semana para manutenção
Frota do BRT Sul é renovada com dez novos ônibus articulados
Frota do BRT Sul é renovada com dez novos ônibus articulados
Governador visita trecho da obra da Epig onde terá novo viaduto e estação do BRT
Governador visita trecho da obra da Epig onde terá novo viaduto e estação do BRT
GDF convoca mais 100 enfermeiros para a rede pública de saúde
GDF convoca mais 100 enfermeiros para a rede pública de saúde
Ação contra o Frio: GDF inaugura abrigo no Gama para pessoas em situação de rua
Ação contra o Frio: GDF inaugura abrigo no Gama para pessoas em situação de rua

Brasília sediará Congresso Internacional Cidades Lixo Zero

O Serviço de Limpeza Urbana (SLU) se une a especialistas globais para promover práticas sustentáveis e políticas de lixo zero Entre 25 e 27 de junho, Brasília será o palco da terceira edição do Congresso Internacional Cidades Lixo Zero. O evento, que será realizado no Museu Nacional da República, conta

Leia mais...

Mais de 1,5 milhão de pessoas atendidas pelos programas sociais do GDF

Do Cartão Prato Cheio ao Cartão Gás, passando pela Política de Assistência Estudantil, benefícios geraram, desde 2019, investimento de R$ 1,9 bilhão, beneficiando famílias em situação de vulnerabilidade social e impulsionando a economia Investir em pessoas e no desenvolvimento delas é uma ação perene do Governo do Distrito Federal (GDF).

Leia mais...

STF retoma julgamento sobre atendimento de pessoas trans no SUS

Sessão virtual começou hoje e vai até 28 de junho. O Supremo Tribunal Federal (STF) (foto) retomou nesta sexta-feira (21), em Brasília, a discussão sobre o atendimento de pessoas transexuais no Sistema Único de Saúde (SUS).  A Corte julga em plenário virtual a liminar proferida em 2021 pelo ministro Gilmar

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.