22/04/2024

Anápolis: durante uma blitz, uma mulher é abordada e solicita realizar o teste do bafômetro, utilizando um aparelho adquirido por ela na Europa.

Teste do bafômetro (Foto: Picryl / Divulgação)

Após várias tentativas, a mulher concordou em realizar o teste no bafômetro da polícia, que revelou uma taxa de ingestão de álcool dobrando o limite permitido.

Uma condutora foi abordada em uma blitz e solicitou aos policiais que pudesse utilizar um bafômetro adquirido por ela na Europa. O episódio peculiar ocorreu no último sábado (23) em Anápolis, na região central de Goiás.

Vídeos compartilhados nas redes sociais mostram o delegado Manoel Vanderic explicando à mulher que é necessário que o aparelho possua registro do Inmetro. “Eu tenho o meu bafômetro da Europa”, argumenta a mulher. Os policiais explicam, com paciência, que o aparelho dela não é válido para a avaliação.

“Apenas tomei duas Brahmas de 600 ml”, afirma a mulher. O delegado então esclarece que ela precisa passar pelo teste para comprovar que está dentro da tolerância da legislação, ou seja, abaixo de 0,33 mg de álcool por litro de ar.

Após algumas tentativas, a mulher concorda em realizar o teste no bafômetro da polícia, que aponta uma ingestão do dobro do limite permitido.

O texto destaca que o limite legal para a infração de trânsito é de 0,33 mg de álcool por litro de ar. A partir desse limite, o condutor flagrado é considerado sob efeito de embriaguez ao volante, resultando em prisão em flagrante.

Conforme dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM), o número de mortes por lesões de trânsito tem apresentado queda desde 2012.

Tribuna Livre, com informações da PCGO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Prazo para solicitar queima controlada em Goiás vai até 30 de junho
Prazo para solicitar queima controlada em Goiás vai até 30 de junho
Conselho recomenda uso de tornozeleira para agressores em caso de violência contra mulher
Conselho recomenda uso de tornozeleira para agressores em caso de violência contra mulher
Agronegócio em Goiás gera mais de um milhão de empregos em 2023
Agronegócio em Goiás gera mais de um milhão de empregos em 2023
Número de barragens cadastradas em Goiás chega a 38,6 mil no fim do prazo para regularização
Número de barragens cadastradas em Goiás chega a 38,6 mil no fim do prazo para regularização
Preso suspeito de usar dados de comerciantes da Feira Hippie, em Goiânia, para fraudes fiscais
Preso suspeito de usar dados de comerciantes da Feira Hippie, em Goiânia, para fraudes fiscais
Caso Valério Luiz: ministra reforma própria decisão e nega habeas corpus a Maurício Sampaio
Caso Valério Luiz: ministra reforma própria decisão e nega habeas corpus a Maurício Sampaio
Professores de pelo menos 18 universidades federais no Brasil entram em greve; UFG continua a funcionar
Professores de pelo menos 18 universidades federais no Brasil entram em greve; UFG continua a funcionar
PRF acredita que menino de 4 anos resgatado na BR-153 tinha acabado de fugir de casa
PRF acredita que menino de 4 anos resgatado na BR-153 tinha acabado de fugir de casa
Rodrigo Pacheco, seus acertos, omissões e intromissões
Rodrigo Pacheco, seus acertos, omissões e intromissões.
Tio da dupla Matheus e Kauan morre em acidente na GO-156; sertanejo lamenta
Tio da dupla Matheus e Kauan morre em acidente na GO-156; sertanejo lamenta
Moradores de cidades vizinhas reclamam das dificuldades para ir e vir do DF
Moradores de cidades vizinhas reclamam das dificuldades para ir e vir do DF
Goiás registra mais de 3 milhões de raios nos primeiros três meses do ano
Goiás registra mais de 3 milhões de raios nos primeiros três meses do ano 

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.