13/04/2024

Autorizada a construção de três novas casas da Mulher Brasileira

Governador Ibaneis Rocha assinou a ordem de serviço para as unidades de Sobradinho II, São Sebastião e Recanto das Emas, que receberão mais de R$ 8,8 milhões em investimentos

O Governo do Distrito Federal (GDF) autorizou, na manhã desta sexta-feira (23), a construção de mais três novas unidades da Casa da Mulher Brasileira (CMB). As sedes serão em Sobradinho II, São Sebastião e Recanto das Emas, e ganharam ordem de serviço assinada pelo governador Ibaneis Rocha. Uma quarta unidade está em fase final de licitação no Sol Nascente/Pôr do Sol. O investimento total é de R$ 8,8 milhões, proveniente de emendas federais e do próprio GDF.

 “Tenho certeza que esses resultados serão colhidos e que nós vamos melhorar todos os índices de atendimento e diminuir a violência contra as mulheres na nossa cidade”Governador Ibaneis Rocha

“É com muita alegria que estamos aqui no Recanto [das Emas] fazendo um lançamento coletivo das três obras”, afirmou o governador. “A Secretaria da Mulher tem prestado um grande serviço às mulheres e ao Distrito Federal. Levamos a Casa da Mulher para o centro de Ceilândia e colocamos como determinação espalhar por todas as regiões.”

O chefe do Executivo ressaltou que essa é mais uma ação do governo em defesa das mulheres. “Tenho certeza que esses resultados serão colhidos e que nós vamos melhorar todos os índices de atendimento e diminuir a violência contra as mulheres na nossa cidade”, definiu.

Cada uma com 270 m² de área construída, as três novas unidades estarão preparadas para atender mulheres em situação de vulnerabilidade e terão recepção, depósito, copa, banheiros e salas de coordenação técnica, de atendimento individual, multifuncional, atendimento em grupo e convivência, além de brinquedoteca e fraldário.

Direitos da mulher

“Nós estamos ampliando os espaços [de atendimento da mulher no DF]”, lembrou a secretária da Mulher, Giselle Ferreira. “Nós temos uma grande casa, que é a Casa da Mulher Brasileira, em Ceilândia, mas a gente precisava democratizar esses espaços.”

“Encaramos com muita responsabilidade e dedicação mais essa missão de entregar três obras para a população, sabendo que esses novos espaços levarão mais segurança e cidadania para as mulheres do DF”Fernando Leite, presidente da Novacap

Os equipamentos públicos serão coordenados pela equipe da Secretaria da Mulher (SMDF). Em maio deste ano, a pasta deu posse a 31 novos servidores das áreas de psicologia, pedagogia e assistência social para formar os quadros das novas unidades. A implantação ocorrerá por meio de um acordo de cooperação técnica com a Companhia Urbanizadora Nova Capital (Novacap).

“A realização das obras da Casa da Mulher Brasileira pela Novacap é de extrema importância para a promoção dos direitos e proteção das mulheres, então encaramos com muita responsabilidade e dedicação mais essa missão de entregar três obras para a população, sabendo que esses novos espaços levarão mais segurança e cidadania para as mulheres do DF”, declarou o presidente da Novacap, Fernando Leite.

Prioridades

A consultora de projetos Sarah Martins elogiou a iniciativa do governo: “Acho que é muito importante, porque a Casa da Mulher Brasileira não é só uma casa abrigo, ela é uma casa que também dá empreendedorismo. Ali a mulher faz cursos. É um leque de aprendizados, e muitas mulheres vivem violência doméstica porque não têm como se manter”.

A microempreendedora Ana Klecia ficou empolgada com a construção de uma unidade no Recanto das Emas, onde mora desde 1998. Ela acredita que o espaço vai auxiliar mais mulheres a se capacitarem profissionalmente, inclusive ela. “Sou mãe solo”, contou. “A Casa da Mulher Brasileira vai ser, sim, uma fonte de renda para aquelas mães que precisam e que têm necessidade de ter uma renda própria a partir do esforço do seu trabalho”.

A escolha pelas cidades que receberão as obras foi feita para atender o maior número de pessoas, explicou Giselle Ferreira: “Nós priorizamos as regiões norte e sul, porque quanto mais você aproximar essa casa da população, mais a mulher tem oportunidade de procurar um apoio”.

Em Sobradinho, o investimento é de R$ 2.184.835, na unidade a ser construída no Setor Oeste (AE 6 COER, Quadra 1). Já para a Casa da Mulher do Recanto das Emas, que ficará na Avenida Buritis (Quadra 203, Lote 14), a aplicação é de R$ 2.214.996. Em São Sebastião, serão destinados R$ 2.384.510 para a construção no Centro de Múltiplas Atividades (AE 11).

Apoio do Estado

O administrador regional de Sobradinho II, Diego Matos, lembrou que a cidade conta com mais mulheres entre o número de habitantes, o que reforça a importância da construção: “As mulheres sentem essa falta de apoio por parte do Estado. Essa Casa da Mulher Brasileira é esse apoio concretizado. É uma demanda latente e um ganho muito grande. A nossa cidade ganha muito”.

Por sua vez, o administrador de São Sebastião, Roberto Medeiros Santos, reforçou: “É uma vitória para as mulheres de São Sebastião. A Casa da Mulher Brasileira é muito importante para oferecer apoio e acolhimento para a mulher que está sob ameaça da violência doméstica”.

Quem também celebrou a construção foi o administrador do Recanto das Emas, Carlos Dalvan. “É um importante equipamento público, principalmente no que diz respeito à proteção das nossas mulheres”, afirmou. Dalvan lembrou ainda que a unidade atenderá não só a comunidade do Recanto das Emas, mas também de cidades próximas, como Riacho Fundo II, Samambaia, Gama e Água Quente.

Outras unidades

Uma quarta unidade da CMB também está prevista. Em fase final de licitação, o equipamento público será implantado no Sol Nascente/Pôr do Sol. O investimento previsto é de R$ 2,1 milhões.

“A construção dessas novas casas surgiu em uma reunião da bancada federal”, lembrou a vice-governadora Celina Leão. “Temos que dar exemplo no DF. Somos a unidade da Federação que mais vai receber casas [da Mulher Brasileira]. Além disso, quero agradecer o empenho do governador de executar essa obra.”

Aberta em abril de 2021 no centro de Ceilândia (CNM 1), a Casa da Mulher Brasileira funciona 24 horas oferecendo acolhimento, atendimento psicossocial, cursos de capacitação e suporte jurídico e policial para mulheres em vulnerabilidade e em situações de violência. Desde a criação até abril deste ano, foram prestados 11.188 atendimentos, entre acolhimentos e ações profissionalizantes.

Cada uma das três unidades da Casa da Mulher Brasileira terá 270 m² de área construída

| Fotos: Renato Alves/Agência Brasília

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
As urnas utilizadas na eleição para o Conselho Tutelar recebem dados e informações relacionadas aos candidatos.
As urnas utilizadas na eleição para o Conselho Tutelar recebem dados e informações relacionadas aos candidatos.
A Ouvidoria-Geral já registrou mais de 234 mil atendimentos em 2023.
A Ouvidoria-Geral já registrou mais de 234 mil atendimentos em 2023.
Policial penal é o primeiro do DF a liderar curso de ação tática especial
Policial penal é o primeiro do DF a liderar curso de ação tática especial
Escolas rurais encontram no asfalto um aliado para a educação
Escolas rurais encontram no asfalto um aliado para a educação
Semana começa com 227 vagas nas agências do trabalhador
Semana começa com 227 vagas nas agências do trabalhador
Campanha no metrô alerta para a violência contra a mulher
Campanha no metrô alerta para a violência contra a mulher
Projeto do GDF é premiado em fórum de nutricionistas da assistência social
Projeto do GDF é premiado em fórum de nutricionistas da assistência social
Recuperação da Avenida Sayonara irá beneficiar 8 mil motoristas no Gama
Recuperação da Avenida Sayonara irá beneficiar 8 mil motoristas no Gama
O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) anuncia um novo recorde anual de temperatura em todas as estações do Distrito Federal
O Inmet anuncia um novo recorde de temperatura em todas as estações do Distrito Federal
Vacinação para todas as idades no Parque da Cidade vai até domingo
Vacinação para todas as idades no Parque da Cidade vai até domingo
DF3
Programa de microcrédito do governo gerou quase mil empregos em 2023
Alunas do DF conquistam ouro em etapa da Olimpíada Brasileira de Geografia
Alunas do DF conquistam ouro em etapa da Olimpíada Brasileira de Geografia

Hospital de fauna silvestre atende 142 animais em dois meses

Hfaus é o primeiro hospital público com esse foco e oferece atendimento apenas aos órgãos públicos que trabalham na fiscalização e na captura de animais silvestres O Instituto Brasília Ambiental divulgou, nesta sexta-feira (12), o balanço dos 60 dias de atendimento do Hospital e Centro de Reabilitação da Fauna Silvestre

Leia mais...

Dengue: Tenda de acolhimento 24 horas é inaugurada no Gama

Espaço segue modelo de hospital de campanha. Neste sábado (13), outra unidade será inaugurada no Paranoá; ao todo, 11 estruturas semelhantes funcionam no Distrito Federal Mais uma tenda de acolhimento 24 horas para pacientes com suspeita de dengue foi inaugurada nesta sexta-feira (12), no Gama. A segunda estrutura para essa

Leia mais...

Ameaça de retaliação do Irã deixa Israel em alerta máximo

Estado judeu reforça defesa antiaérea e suspende descanso de soldados que combatem na Faixa de Gaza. Aiatolá Ali Khamenei promete punição por ataque ao consulado iraniano em Damasco. Ocidente pressiona Teerã a desistir de retaliar Israel estava em alerta máximo, na noite desta quinta-feira, após o Irã ameaçar uma retaliação

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.