23/06/2024

Conheça a equipe de Samambaia que conquistou um prêmio de R$ 1 milhão do Google desenvolvendo jogos.

Em Samambaia, Túlio Mendes, Igor Rachid e Otávio Soato se reúnem diariamente para criar jogos eletrônicos.

Três meses após o lançamento do jogo na plataforma do Google, o grupo de Samambaia já alcançou mais de 50 mil downloads do game.

A vida de três amigos programadores de um pequeno estúdio no Distrito Federal sofreu uma transformação radical quando o trio recebeu um investimento milionário de uma das maiores empresas de tecnologia do mundo. Pode parecer a trama de um filme ou um jogo moderno de videogame, mas é a pura realidade.

Em Samambaia, Túlio Mendes, Igor Rachid e Otávio Soato se reúnem diariamente para criar jogos eletrônicos. Eles são os responsáveis pela criação da envolvente história de um guerreiro em uma busca épica para salvar a filha de gigantes em um universo fantasioso. No entanto, o que não previam era que uma narrativa ainda maior os aguardava.

O desenvolvimento do jogo levou sete anos e foi lançado em 2022. No mesmo ano, o projeto foi um dos 10 escolhidos entre concorrentes de toda a América Latina para receber um investimento de US$ 200 mil do Google, equivalente a R$ 1 milhão. O financiamento tinha como objetivo adaptar o jogo de computador para dispositivos móveis, e a versão para celular foi lançada em setembro do mesmo ano. Em apenas três meses, o jogo alcançou mais de 50 mil downloads, enquanto na plataforma para computador, atingiu 20 mil downloads.

O enredo, intitulado “No Place for Bravery” (Sem Lugar para Bravura, em tradução livre), é inspirado em Dom Quixote, e a saga do herói revela-se um delírio do personagem que, em busca de vivenciar uma história épica, abandona a família. Túlio explica que o jogo desafia a expectativa do jogador, explorando a ideia de que a confiabilidade do personagem principal é questionável e que uma história não deve se basear apenas em um ponto de vista.

Com um estúdio independente, o jogo levou sete anos para se concretizar, mas saiu do Distrito Federal para conquistar reconhecimento internacional. Em 2022, o jogo brasiliense foi premiado como o melhor do país no Big Festival.

Os fundadores, inicialmente, enfrentaram desafios significativos para criar jogos no Brasil, com pouca informação disponível e apenas cerca de 150 empresas no país na época. A start-up buscava apoio em editais de cultura para financiar a produção, e o Google proporcionou visibilidade e recursos adicionais. Além do prêmio em dinheiro, a Glitch Factory, o estúdio dos amigos, recebe uma porcentagem a cada download do jogo.

Atualmente, o acesso por dispositivos móveis representa uma parcela significativa dos jogadores de “No Place for Bravery”, a principal criação do estúdio brasiliense. O sucesso do jogo foi reconhecido pela Google, que selecionou cinco estúdios brasileiros em 2022 e sete em 2023 para receber o prêmio Indie Games Fund.

A Glitch Factory está atualmente trabalhando em um novo jogo, ambientado no mesmo universo de “No Place for Bravery”, mas com uma narrativa independente. O próximo jogo abordará a história de um ex-guardião, explorando a temática da masculinidade tóxica por meio da militarização e de uma lavagem cerebral presente nesse contexto. O enfoque da empresa em enredos, arte e música continua a ser um destaque, e a equipe, composta por oito membros, é remunerada pelos projetos de desenvolvimento de jogos.

Tribuna Livre, com informações do Google

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Nova unidade de recebimento de entulhos terá área de 60 hectares
Nova unidade de recebimento de entulhos terá área de 60 hectares
Operação Verde Vivo intensifica prevenção e combate aos incêndios florestais
Operação Verde Vivo intensifica prevenção e combate aos incêndios florestais
Rede pública do DF alerta para problemas na coluna causados pelo uso incorreto do celular
Rede pública do DF alerta para problemas na coluna causados pelo uso incorreto do celular
Túnel Rei Pelé será interditado na próxima semana para manutenção
Túnel Rei Pelé será interditado na próxima semana para manutenção
Frota do BRT Sul é renovada com dez novos ônibus articulados
Frota do BRT Sul é renovada com dez novos ônibus articulados
Governador visita trecho da obra da Epig onde terá novo viaduto e estação do BRT
Governador visita trecho da obra da Epig onde terá novo viaduto e estação do BRT
GDF convoca mais 100 enfermeiros para a rede pública de saúde
GDF convoca mais 100 enfermeiros para a rede pública de saúde
Ação contra o Frio: GDF inaugura abrigo no Gama para pessoas em situação de rua
Ação contra o Frio: GDF inaugura abrigo no Gama para pessoas em situação de rua
Brasília é a segunda capital mais segura do país, aponta Atlas da Violência 2024
Brasília é a segunda capital mais segura do país, aponta Atlas da Violência 2024
Núcleo da Unidade de Internação de Santa Maria disputa prêmio de Melhor Escola do Mundo
Núcleo da Unidade de Internação de Santa Maria disputa prêmio de Melhor Escola do Mundo
UPAs atenderam quase meio milhão de pessoas nos cinco primeiros meses de 2024
UPAs atenderam quase meio milhão de pessoas nos cinco primeiros meses de 2024
Abrigo no Plano Piloto protege 80 pessoas em situação de rua do frio
Abrigo no Plano Piloto protege 80 pessoas em situação de rua do frio

STF retoma julgamento sobre atendimento de pessoas trans no SUS

Sessão virtual começou hoje e vai até 28 de junho. O Supremo Tribunal Federal (STF) (foto) retomou nesta sexta-feira (21), em Brasília, a discussão sobre o atendimento de pessoas transexuais no Sistema Único de Saúde (SUS).  A Corte julga em plenário virtual a liminar proferida em 2021 pelo ministro Gilmar

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.