16/06/2024

Deputados estão compartilhando mensagens críticas ao Supremo Tribunal Federal através do WhatsApp.

O texto encoraja a interrupção dos processos de trabalho nas comissões da Câmara como uma forma de retaliação às decisões do Supremo Tribunal Federal, incluindo o veto ao marco temporal, por exemplo.

Uma mensagem contrária ao Supremo Tribunal Federal (STF) começou a circular entre grupos de deputados nesta quarta-feira (4/10). No texto, o STF é acusado de interferir nos trabalhos do Poder Legislativo e ultrapassar a competência dos congressistas. A disseminação da mensagem incentiva a obstrução dos trabalhos nas comissões da Câmara e promove ações contra o Judiciário.

A mensagem solicita que os deputados não registrem presença nas comissões, a fim de evitar que seja alcançado o quórum necessário para a realização das sessões. Esse movimento ocorre como retaliação ao STF, que recentemente abordou questões que encontram resistência entre políticos conservadores.

O texto menciona a “pressão dos eleitores” devido a decisões do STF sobre temas como “aborto, marco temporal, descriminalização das drogas, retorno do imposto sindical e legítima defesa”. De acordo com informações obtidas pelo Correio, junto ao Congresso, a mensagem circulou principalmente entre políticos bolsonaristas, embora tenha atingido seu objetivo.

“Praticamente todas as comissões da Casa tiveram suas sessões canceladas hoje. Na prática, é uma forma de protesto contra o STF, que bloqueou o marco temporal. As outras agendas são apenas para parecer que estão trabalhando e engajados”, afirma uma fonte que preferiu não se identificar.

Anteriormente, o ministro Luís Roberto Barroso, presidente do Supremo Tribunal Federal, declarou que “não é o momento de mexer no Supremo”. Ele enfatizou que o lugar adequado para debater questões nacionais é o Congresso e que o Supremo tem sido uma instituição fundamental para preservar a democracia no Brasil.

A seguir, a íntegra do texto que está circulando entre os parlamentares é apresentada sem edição, mantendo os erros de gramática e abreviações:

“Caros deputados e deputadas, como vocês sabem, estamos lutando para realizar uma obstrução responsável dos trabalhos da Casa, a fim de sermos ouvidos e resolvermos essa questão da usurpação de competência praticada pelo STF. No entanto, nossas tentativas têm falhado, uma vez que alguns colegas marcam presença e acabam proporcionando o quórum para as deliberações. Apenas desejamos ser ouvidos, não conseguimos suportar a pressão dos eleitores em relação a temas importantes, como o aborto, o marco temporal, a descriminalização das drogas, a volta do imposto sindical e a legítima defesa, que foram assuntos votados pelo Congresso e não podemos aceitar essa interferência no Legislativo. Portanto, apelo ao seu bom senso e peço que os integrantes da sua frente não registrem presença! Que Deus esteja com vocês.”

Tribuna Livre, com informações da Agência Câmara.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Dino envia indiciamento de Juscelino Filho por corrupção à PGR
Dino envia indiciamento de Juscelino Filho por corrupção à PGR
Caso Moraes: TCU vai apurar promoção de delegado da PF
Caso Moraes: TCU vai apurar promoção de delegado da PF
Nova ponte sobre o Rio Tocantins será inaugurada nesta sexta-feira (14)
Nova ponte sobre o Rio Tocantins será inaugurada nesta sexta-feira (14)
Naval, considerado “homem de guerra”, assume maior milícia do Rio
Naval, considerado “homem de guerra”, assume maior milícia do Rio
País corre e tenta atingir meta de vacinação contra a poliomielite
País corre e tenta atingir meta de vacinação contra a poliomielite
Existem duas habilidades que Deus dá aos obreiros: uma é realizar a obra de Deus através dos cargos ministeriais e a outra é a de realizar obras para Deus
Existem duas habilidades que Deus dá aos obreiros: uma é realizar a obra de Deus através dos cargos ministeriais e a outra é a de realizar obras para Deus.
Deputada manda 100% das emendas para cidade chefiada pelo marido
Deputada manda 100% das emendas para cidade chefiada pelo marido
MP-SP abre guerra contra a Bíblia
MP-SP abre guerra contra a Bíblia
STF rejeita recurso que tratava do uso de banheiros por transexuais
STF rejeita recurso que tratava do uso de banheiros por transexuais
Com confusão, Conselho de Ética arquiva processo contra Janones
Com confusão, Conselho de Ética arquiva processo contra Janones
Lula e Marina fazem balanço e anunciam medidas no Dia do Meio Ambiente
Lula e Marina fazem balanço e anunciam medidas no Dia do Meio Ambiente
Defensoria Pública pede indenização para carros deixados no aeroporto de Porto Alegre
Defensoria Pública pede indenização para carros deixados no aeroporto de Porto Alegre

Justiça expede mandado de prisão contra Maurício Sampaio

Defesa prepara um novo habeas corpus O Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO) expediu na tarde desta sexta-feira (14), os mandados de prisão de Maurício Sampaio e policial militar reformado Ademá Figueiredo, condenados pelo assassinato do radialista Valério Luiz de Oliveira em 2012. O despacho foi assinado pelo juiz Lourival

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.