13/04/2024

DF está livre de febre aftosa sem vacinação e abre caminho para exportação

Produtores e governo trabalharam em conjunto ao longo dos anos para levar o DF ao status de livre da febre aftosa sem vacinação | Foto: Arquivo/Agência Brasil

Com rebanho de aproximadamente 40 mil bovinos, capital do país une-se a outras 16 unidades da Federação que têm esse status zoossanitário

O Distrito Federal foi reconhecido pelo Ministério da Agricultura e Pecuária como uma unidade da Federação livre da febre aftosa sem vacinação. Em linhas práticas, isso significa que a produção de bovinos e bubalinos deve ser valorizada e representar um crescimento econômico, inclusive com a possibilidade de exportação da proteína animal. Ao todo, o DF conta com um rebanho de aproximadamente 40 mil bovinos. Além do consumo interno, a capital se caracteriza pela produção de leite e aperfeiçoamento genético.

Para atingir esse selo de qualidade, produtores e o governo trabalharam em conjunto ao longo dos anos. O GDF acompanhou de perto os rebanhos e fez o controle da vacinação para que a capital não se tornasse um foco de disseminação e nem de ocorrência da febre aftosa. Já os produtores zelaram pela saúde dos animais e foram determinantes para essa condicionante que o DF atingiu ao lado de outras unidades da Federação com a publicação da Portaria nº 665 pelo Ministério da Agricultura e Pecuária, em 25 de março.

“Isso representa um grande avanço, fruto de um trabalho bem-feito pela Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (Seagri-DF), principalmente da Defesa Agropecuária, que durante anos conseguiu, por meio da vacinação de bovinos e bubalinos, evitar a ocorrência de febre aftosa no DF. A portaria assinada pelo Ministério é um passo para que a gente possa trabalhar a exportação da carne bovina para outros países”, explica o secretário-executivo de Agricultura, Rafael Bueno. A normativa comemorada pelo secretário passa a valer a partir de 2 de maio.

Vale lembrar que o DF já era uma região livre da febre aftosa com vacinação e agora progrediu nesse status. Sendo assim, os produtores não precisam mais vacinar os rebanhos de agora em diante. Ainda assim, permanece o rígido controle da Seagri no controle de qualidade dos animais. “Com o status poderemos agregar mais preço aos animais comercializados para abate. É um grande avanço e esforço na parte zoossanitária”, acrescenta Bueno.

Além do reconhecimento, o DF está proibido de armazenar, comercializar e utilizar vacina contra a febre aftosa. Também fica restrita a movimentação de animais e de produtos desses locais para estados que ainda praticam a vacinação no país.

Próximos passos

Ao entrar para a lista das unidades da Federação livre de febre aftosa sem vacinação, o DF cumpre o previsto no Plano Estratégico do Plano Nacional de Vigilância para a Febre Aftosa (PE-PNEFA). A meta é que o país se torne totalmente livre de febre aftosa sem vacinação até 2026.

Após ter atingido os requisitos estabelecidos pela Organização Mundial de Saúde Animal (OMSA) em âmbito nacional, o DF precisa cumprir outros para alcançar o reconhecimento internacional. A OMSA exige, por exemplo, a suspensão da vacinação contra a febre aftosa e a proibição de ingresso de animais vacinados nos estados e regiões propostas por, pelo menos, 12 meses.

Esse reconhecimento ainda é restrito no Brasil. Somente os estados de Santa Catarina, Paraná, Rio Grande do Sul, Acre, Rondônia e partes do Amazonas e do Mato Grosso têm esse status internacional.

Tribuna Livre, com informações da Agência Brasília

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Dia D de Vacinação é ampliado no DF com mais de 90 locais de atendimento neste sábado (13)
Dia D de Vacinação é ampliado no DF com mais de 90 locais de atendimento neste sábado (13)
Programas de segurança alimentar do GDF serão apresentados na 9ª Feira da Goiaba
Programas de segurança alimentar do GDF serão apresentados na 9ª Feira da Goiaba
Hospital de fauna silvestre atende 142 animais em dois meses
Hospital de fauna silvestre atende 142 animais em dois meses
Dengue: Tenda de acolhimento 24 horas é inaugurada no Gama
Dengue: Tenda de acolhimento 24 horas é inaugurada no Gama
Mutirão de combate à dengue em Arniqueira reúne 300 agentes
Mutirão de combate à dengue em Arniqueira reúne 300 agentes
Aberta consulta para estudo que prevê oferta de áreas habitacionais de interesse social
Aberta consulta para estudo que prevê oferta de áreas habitacionais de interesse social
Quarto e último lote do Cartão Material Escolar começa a ser pago nesta sexta (12)
Quarto e último lote do Cartão Material Escolar começa a ser pago nesta sexta (12)
Conferência Distrital das Cidades vai debater a política urbana do Distrito Federal
Conferência Distrital das Cidades vai debater a política urbana do Distrito Federal
Noivas do Casamento Comunitário participam da prova de vestido
Noivas do Casamento Comunitário participam da prova de vestido
Cerca de 250 famílias do DF beneficiadas em etapa do Minha Casa, Minha Vida
Cerca de 250 famílias do DF beneficiadas em etapa do Minha Casa, Minha Vida
Divulgado novo prazo para manifestar interesse no Residencial Horizonte
Divulgado novo prazo para manifestar interesse no Residencial Horizonte
Projeto Castra-DF vai oferecer 1
Projeto Castra-DF vai oferecer 1.500 vagas para cirurgias gratuitas em cães e gatos no Sol Nascente

Hospital de fauna silvestre atende 142 animais em dois meses

Hfaus é o primeiro hospital público com esse foco e oferece atendimento apenas aos órgãos públicos que trabalham na fiscalização e na captura de animais silvestres O Instituto Brasília Ambiental divulgou, nesta sexta-feira (12), o balanço dos 60 dias de atendimento do Hospital e Centro de Reabilitação da Fauna Silvestre

Leia mais...

Dengue: Tenda de acolhimento 24 horas é inaugurada no Gama

Espaço segue modelo de hospital de campanha. Neste sábado (13), outra unidade será inaugurada no Paranoá; ao todo, 11 estruturas semelhantes funcionam no Distrito Federal Mais uma tenda de acolhimento 24 horas para pacientes com suspeita de dengue foi inaugurada nesta sexta-feira (12), no Gama. A segunda estrutura para essa

Leia mais...

Ameaça de retaliação do Irã deixa Israel em alerta máximo

Estado judeu reforça defesa antiaérea e suspende descanso de soldados que combatem na Faixa de Gaza. Aiatolá Ali Khamenei promete punição por ataque ao consulado iraniano em Damasco. Ocidente pressiona Teerã a desistir de retaliar Israel estava em alerta máximo, na noite desta quinta-feira, após o Irã ameaçar uma retaliação

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.