20/07/2024

Hamas confirma a morte de um alto líder militar em bombardeio israelense

Ghandour era membro do Conselho Militar do Hamas e era considerado um “terrorista” pelas autoridades americanas desde 2017

O braço armado do Hamas confirmou, neste domingo (26), a morte do comandante da sua brigada do norte de Gaza, Ahmed Al-Ghandour, e de três outros altos funcionários durante a ofensiva israelense contra o movimento islamista palestino. Ghandour era membro do Conselho Militar do Hamas e era considerado um “terrorista” pelas autoridades americanas desde 2017, especialmente pelo seu papel no ataque contra o Exército israelense em 2006 no posto fronteiriço de Kerem Shalom, entre Israel e a Faixa de Gaza, no extremo sul do enclave palestino.

O responsável, na mira do Exército israelense, já havia perdido dois dos seus filhos nos bombardeios da atual ofensiva. Entre os três altos funcionários mencionados no comunicado das brigadas Ezzedine al-Qassam está Ayman Siyyam, apresentado como chefe das unidades de lançamento de foguetes. “Juramos diante de Deus que seguiremos o seu caminho e que o seu sangue constituirá uma luz para os mujahideen e fogo para os ocupantes”, acrescentaram as brigadas.

O Hamas comunica muito pouco sobre as suas vítimas. Em meados de outubro, o movimento anunciou a morte de Ayman Nofal, comandante das brigadas, em um ataque israelense ao campo de refugiados de Bureij, no centro da Faixa. Na semana passada, um oficial militar israelense relatou a morte de “mais de 50” comandantes do Hamas desde o início da operação terrestre em Gaza.

A AFP não conseguiu verificar este número de forma independente. O exército “eliminou centenas de terroristas e a maioria dos comandantes de batalhão”, acrescentou. O responsável israelense também se recusou a fornecer uma estimativa precisa do número de combatentes mortos. “Não são 10.000, não são 1.000, é algo entre os dois”, disse ele. Israel bombardeia a Faixa de Gaza desde 7 de outubro, em resposta ao ataque promovido pelo Hamas contra o seu território, no qual milicianos islamistas mataram 1.200 pessoas, na sua maioria civis, e sequestraram cerca de 240 pessoas, segundo as autoridades israelenses.

Paralelamente aos bombardeios, Israel, que prometeu “aniquilar” o Hamas, realiza operações terrestres no enclave desde 27 de outubro. O Hamas, que governa o território desde 2007, afirma que os bombardeios já deixaram quase 15 mil mortos na Faixa.

Tribuna Livre, com informações da AFP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Incêndio no sudeste da França deixa sete mortos
Incêndio no sudeste da França deixa sete mortos
Milei demite subsecretário que cobrou desculpas de atletas por ato racista
Milei demite subsecretário que cobrou desculpas de atletas por ato racista
Elon Musk se compromete com US$ 45 milhões por mês para apoiar Trump
Elon Musk se compromete com US$ 45 milhões por mês para apoiar Trump
Morte em massa de peixes causa fechamento de lago nos EUA; entenda
Morte em massa de peixes causa fechamento de lago nos EUA; entenda
Fuzil usado em atentado contra Trump foi comprado pelo pai do atirador
Fuzil usado em atentado contra Trump foi comprado pelo pai do atirador
FBI afirma que atirador agiu sozinho em atentado contra Trump
FBI afirma que atirador agiu sozinho em atentado contra Trump
Trump sofre ataque a tiros, mas está bem; atirador e apoiador morrem Bala pegou de raspão na orelha direita do ex-presidente dos EUA; atentado ocorreu durante comício na Pensilvânia
Trump sofre ataque a tiros, mas está bem; atirador e apoiador morrem Bala pegou de raspão na orelha direita do ex-presidente dos EUA; atentado ocorreu durante comício na Pensilvânia.
Incêndio atinge torre de catedral gótica na França
Incêndio atinge torre de catedral gótica na França.
Homem mata três mulheres com arco e flecha e é "caçado" pela polícia
Homem mata três mulheres com arco e flecha e é "caçado" pela polícia
O terremoto político no Irã que permitiu eleição de presidente reformista
O terremoto político no Irã que permitiu eleição de presidente reformista
Brasileiro morre atropelado em Londres e motorista foge do local
Brasileiro morre atropelado em Londres e motorista foge do local
Obama pode ser candidato no lugar de Biden? Entenda regra nos EUA
Obama pode ser candidato no lugar de Biden? Entenda regra nos EUA

Incêndio no sudeste da França deixa sete mortos

Entre as vítimas estão três crianças. A Polícia abriu investigação para apurar como as chamas começaram Sete pessoas morreram durante a noite em um incêndio, aparentemente de origem criminosa, em um edifício de Nice, anunciou o promotor da cidade do sudeste da França, Damien Martinelli. “Com base nos primeiros indícios,

Leia mais...

Bolsonaro diz que Ramagem “está pagando preço alto” pela coragem 

Ex-presidente subiu em trio para apoiar pré-candidatura de Ramagem à Prefeitura do Rio de Janeiro. Eles são alvo de investigação sobre espionagem ilegal na Abin durante o governo bolsonarista  O ex-presidente Jair Bolsonaro exaltou o deputado federal Alexandre Ramagem (PL-RJ), ex-diretor da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), nesta quinta-feira (18/7),

Leia mais...

Comitiva do governo federal vai até regiões de conflitos indígenas no MS

Indígenas relataram que foram cercados por caminhonetes e atacados com disparos de armas de fogo Integrantes da comitiva enviada pelo governo federal na terça-feira (17/7), acompanhados por representantes do governo do Mato Grosso do Sul, visitaram duas localidades para mediar conflitos fundiários nesta quinta-feira. Indígenas visitados disseram que foram atacados

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.