24/02/2024

Minas em Maceió: os primeiros avisos de risco foram emitidos em 1980.

As regiões afetadas pelas minas foram tomadas por rachaduras - (crédito: Reprodução/Universidade Federal de Alagoas (Ufal))

Dois docentes da Universidade Federal de Alagoas foram os primeiros a advertir sobre o perigo da mina. Outras pesquisas também abordaram possíveis afundamentos.

O alerta sobre o risco de afundamento de bairros em Maceió, causado pela atividade das minas de extração de sal-gema da empresa Braskem, foi feito pela primeira vez em 1980. Dois professores aposentados da Universidade Federal de Alagoas (Unifal), Abel Galindo do curso de Engenharia Civil e José Geraldo Marques, emitiram comunicados destacando como a mineração na região poderia impactar bairros inteiros.

Embora os primeiros alertas tenham sido dados na década de 1980, o primeiro estudo formal sobre o tema foi publicado por pesquisadores da Ufal em 2010, na revista científica Geophysical Journal International. O estudo evidenciou que a exploração do sal-gema pela Braskem estava ocasionando um aumento no nível do lençol freático na área, o que poderia resultar no afundamento do solo.

Um ano depois, outro estudo, publicado na revista científica Engineering Geology, chegou à mesma conclusão, indicando que o afundamento poderia atingir até 1,5 metros em algumas áreas da cidade.

O problema tornou-se visível em 2018, quando surgiram rachaduras em residências e vias. Isso levou a Braskem a interromper a mineração e evacuar os moradores das áreas afetadas, após a confirmação dos pesquisadores de que a empresa era diretamente responsável.

Em 2020, a Justiça de Alagoas determinou que a Braskem pagasse indenizações às famílias afetadas pelo afundamento e reparasse os danos ambientais causados.

Após a responsabilização, algumas minas iniciaram o processo de fechamento. No entanto, esse processo foi interrompido devido a novos tremores registrados no local. A Defesa Civil de Maceió recentemente identificou um aumento nas atividades sísmicas no bairro Mutange, onde está localizada a mina 18 da Braskem. As autoridades constataram um risco de colapso na mina, o que poderia resultar no afundamento da região acima dela.

O bairro já foi evacuado, e a Defesa Civil recomenda que pessoas e embarcações evitem a área. Escolas públicas em Maceió foram preparadas para abrigar os deslocados, incluindo seus animais de estimação. A Braskem, em comunicado, afirmou que está monitorando a situação e trabalhando na realocação emergencial, com 99,3% dos imóveis desocupados.

Tribuna Livre, com informações da Defesa Civil do Estado de Alagoas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
No Brasil, G20 inicia debates sobre aliança global contra a fome
No Brasil, G20 inicia debates sobre aliança global contra a fome
Senado aprova fim da “saidinha” de presos
Senado aprova fim da “saidinha” de presos
Dezessete presos fogem de penitenciária no Piauí
Dezessete presos fogem de penitenciária no Piauí
Caçada aos fugitivos em "terreno complexo"
Caçada aos fugitivos em "terreno complexo"
Fugitivo de Mossoró já havia escapado e justificado fuga em carta; confira
Fugitivo de Mossoró já havia escapado e justificado fuga em carta; confira
Ministro israelense declara que Lula é persona non grata em Israel
Ministro israelense declara que Lula é persona non grata em Israel.
"Oportunidade aproveitada": agentes rechaçam corrupção em fuga de Mossoró
"Oportunidade aproveitada": agentes rechaçam corrupção em fuga de Mossoró
Novas informações sobre a fuga no Rio Grande do Norte são descobertas; confira
Novas informações sobre a fuga no Rio Grande do Norte são descobertas; confira.
Porto da Pedra é rebaixada do Grupo Especial no carnaval do Rio
Porto da Pedra é rebaixada do Grupo Especial no carnaval do Rio
Valdemar Costa Neto sai da sede da Polícia Federal após ser detido
Valdemar Costa Neto sai da sede da Polícia Federal após ser detido.
O Brasil está caminhando para possivelmente alcançar um recorde alarmante, com a previsão de registrar até 4,2 milhões de casos de dengue ao longo de 2024
O Brasil está caminhando para possivelmente alcançar um recorde alarmante, com a previsão de registrar até 4,2 milhões de casos de dengue ao longo de 2024.
Mourão convoca as Forças Armadas a responderem aos 'abusos' do STF
Mourão convoca as Forças Armadas a responderem aos 'abusos' do STF.

Tendas de hidratação contam com apoio do programa Jovem Candango

Adolescentes são responsáveis pela coleta de dados da população para preenchimento de formulários; ao todo, serão remanejados 600 colaboradores, conforme a demanda dos espaços Desde quinta-feira (22), as tendas de hidratação de pacientes com dengue espalhadas pelo Distrito Federal contam com a atuação dos participantes do Jovem Candango. Os adolescentes

Leia mais...

Portaria estabelece procedimentos para regularização fundiária em APMs

Publicação estabelece procedimentos no DF sobre Áreas de Proteção de Mananciais e é um importante instrumento para a preservação das águas e da biodiversidade do Cerrado Nesta sexta-feira (23), foi publicada no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) a Portaria Conjunta nº 2/2024, que estabelece procedimentos de análise técnica para regularização fundiária

Leia mais...

Varjão recebe Dia D de combate à dengue neste sábado (24)

Entre os serviços ofertados estão testes rápidos de infecções sexualmente transmissíveis, atendimentos em casos de dengue e vacinação Neste sábado (24) é a vez do Varjão receber o Dia D de combate à dengue. A 7ª edição começa às 9h, na Quadra 2, Conjunto E, Lote 2 da região administrativa.

Leia mais...

Ações de combate à dengue intensificadas no Plano Piloto

Trabalho está sendo realizado diariamente na região com limpeza, retirada de entulhos e capina, além da aplicação de inseticida. Cerca de 50 toneladas de inservíveis são retiradas por dia na região O Governo do Distrital Federal (GDF), por meio da Administração do Plano Piloto, têm intensificado as ações de combate

Leia mais...

Campanha aponta sinais de alerta que antecedem o feminicídio

Material divulgado pela Secretaria da Mulher destaca a importância de estar atenta aos sinais que antecedem crimes violentos cometidos por parceiros, que podem ir desde manipulação até agressões verbais e físicas A cada 24 horas, três mulheres são vítimas de feminicídio no Brasil. O dado alarmante consta da plataforma Violência

Leia mais...

DF terá mais R$ 4 bilhões disponíveis para investimentos

Cenário positivo foi apresentado pelo governador Ibaneis Rocha ao Grupo de Líderes Empresariais (Lide). Valor pode chegar a R$ 6 bilhões com financiamentos e mudança da nota de crédito da capital da letra C para A O bom cenário econômico do Distrito Federal foi apresentado ao Grupo de Líderes Empresariais

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.