20/07/2024

Líder da máfia italiana, Matteo Denaro morre aos 61 anos

Matteo Messina Denaro, o líder da famosa máfia italiana conhecida como Cosa Nostra, faleceu aos 61 anos no último domingo, dia 24 de setembro, devido a complicações causadas por câncer no cólon. A Cosa Nostra é uma das organizações criminosas que serviram de inspiração para o icônico filme “O Poderoso Chefão,” lançado em 1972.

Denaro estava foragido por quase três décadas até ser capturado em janeiro deste ano, na região da Sicília, na Itália. Ele havia sido inicialmente internado na ala hospitalar de um presídio de segurança máxima na província de Áquila, mas devido ao agravamento de sua saúde, foi transferido para o hospital de San Salvatore de L’Aquila.

O prefeito de Áquila, Pierluigi Biondi, descreveu o falecimento de Denaro como “o desfecho de uma vida vivida sem remorso ou arrependimento, um capítulo doloroso da história recente que não podemos apagar, mas cujo desfecho podemos contar, graças ao esforço das mulheres e homens que dedicaram suas vidas à luta contra a máfia.”

As autoridades italianas confirmaram a morte do mafioso, e o prefeito Biondi expressou seu agradecimento nas redes sociais aos funcionários da prisão e do hospital pela sua dedicação, profissionalismo e humanidade.

Ao longo dos anos, mais de R$ 836 milhões em ativos da organização criminosa Cosa Nostra foram confiscados pelas autoridades italianas. Atualmente, a ‘Ndrangheta emergiu como a organização criminosa italiana mais poderosa, substituindo a Cosa Nostra.

Denaro havia sido condenado à prisão perpétua devido ao seu envolvimento nos assassinatos dos promotores Giovanni Falcone e Paolo Borsellino na década de 90, assim como por participação em atentados com bombas que resultaram na morte de um total de dez pessoas nas cidades de Florença, Roma e Milão. Ele também enfrentava acusações relacionadas ao sequestro e assassinato de Giuseppe Di Matteo, um garoto de 12 anos, com o objetivo de coagir seu pai, que era um informante, a não testemunhar contra a máfia. Matteo foi mantido em cativeiro por dois anos antes de ser estrangulado e seu corpo dissolvido em ácido.

 

Tribuna Livre Brasil / Com informações 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Joe Biden;  Estados Unidos
Os Estados Unidos reconhecem as Ilhas Cook e Niue como nações independentes
ESP
As imagens falsas de crianças nuas geradas por Inteligência Artificial que chocaram cidade da Espanha
Xenotransprante: Médicos americanos realizam 2º transplante de coração de porco em humanos
Xenotransprante: Médicos americanos realizam 2º transplante de coração de porco em humanos
Crianças roubam carro da mãe após perderem acesso a dispositivos eletrônicos nos EUA
Crianças roubam carro da mãe após perderem acesso a dispositivos eletrônicos nos EUA
Greve dos roteiristas
Sindicato negocia ‘acordo final’ pelo fim da greve dos roteiristas em Hollywood
M1
Homem com doença terminal cardíaca recebe transplante de coração de porco
Agentes armados em região separatista
Separatistas de Nagorno-Karabakh entregam armas ao Azerbaijão e negociam retirada de tropas
CHILE
Golpe no Chile: Resolução de congressistas dos EUA pede desculpas
CAÇA
Militares dos EUA localizam caça que 'se camuflou' após piloto ejetar
EXTERIOR
Irã e EUA trocam prisioneiros após liberação de fundos iranianos
NO FUNDO DO MAR
O homem que sobreviveu por 60 horas em um barco afundado no fundo do mar
IRÃQ
Pai de jovem iraniana morta por violar código de vestimenta é preso no Irã

Incêndio no sudeste da França deixa sete mortos

Entre as vítimas estão três crianças. A Polícia abriu investigação para apurar como as chamas começaram Sete pessoas morreram durante a noite em um incêndio, aparentemente de origem criminosa, em um edifício de Nice, anunciou o promotor da cidade do sudeste da França, Damien Martinelli. “Com base nos primeiros indícios,

Leia mais...

Bolsonaro diz que Ramagem “está pagando preço alto” pela coragem 

Ex-presidente subiu em trio para apoiar pré-candidatura de Ramagem à Prefeitura do Rio de Janeiro. Eles são alvo de investigação sobre espionagem ilegal na Abin durante o governo bolsonarista  O ex-presidente Jair Bolsonaro exaltou o deputado federal Alexandre Ramagem (PL-RJ), ex-diretor da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), nesta quinta-feira (18/7),

Leia mais...

Comitiva do governo federal vai até regiões de conflitos indígenas no MS

Indígenas relataram que foram cercados por caminhonetes e atacados com disparos de armas de fogo Integrantes da comitiva enviada pelo governo federal na terça-feira (17/7), acompanhados por representantes do governo do Mato Grosso do Sul, visitaram duas localidades para mediar conflitos fundiários nesta quinta-feira. Indígenas visitados disseram que foram atacados

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.