26/05/2024

No Distrito Federal, é apresentada a Carteira de Identificação da Pessoa com Deficiência.

“A gente conseguiu fazer uma política pública transversal que cuida das pessoas com deficiência em todos os ambientes”, destacou o governador Ibaneis Rocha nesta terça (28), em evento no Palácio do Buriti | Foto: Renato Alves/Agência Brasília

A utilização desse documento padronizado confere o direito a benefícios como acesso a filas preferenciais, atendimentos prioritários em programas sociais e habitacionais do governo, além de possibilitar a aquisição de ingressos para eventos com desconto de meia-entrada.

O Governo do Distrito Federal (GDF) lançou a Carteira de Identificação da Pessoa com Deficiência e do Autista, visando atender às diversas e, por vezes, imperceptíveis dificuldades enfrentadas por pessoas com deficiência (PcD) e aqueles diagnosticados com Transtorno do Espectro Autista (TEA). A entrega simbólica do documento ocorreu durante cerimônia no Palácio do Buriti, onde os beneficiados receberam a certificação diretamente do chefe do Executivo.

O projeto para criar um documento específico para esse público foi concebido durante a transição para o segundo mandato de Ibaneis Rocha e concretizado nesse evento. Além da Carteira de Identificação, também foi lançada a cartilha do autista, compreendendo informações e leis relevantes sobre o transtorno.

O Governador Ibaneis Rocha destacou o compromisso em promover uma política pública abrangente para pessoas com deficiência em todos os ambientes, com a meta de transformar o Distrito Federal na cidade mais acessível do Brasil. A emissão da carteira, que será feita de forma itinerante, vai ao encontro desse compromisso, garantindo que pessoas cadastradas no banco de dados (CadPcD) da Secretaria da Pessoa com Deficiência possam receber o documento de forma ordenada.

A Carteira de Identificação da Pessoa com Deficiência, emitida pela Secretaria da Pessoa com Deficiência (SEPD) do GDF, tem como objetivo beneficiar cerca de 40 mil PcDs até 2024, representando um investimento de R$ 173,2 mil na confecção dos documentos. Ela será produzida em PVC, um material flexível e resistente, e virá acompanhada de porta-crachá e cordão para facilitar o transporte.

Além de proporcionar mais comodidade aos beneficiários, a carteira é particularmente relevante para deficiências não visíveis. Ao apresentá-la, os portadores garantem o acesso a benefícios como filas preferenciais, atendimentos prioritários em programas sociais e habitacionais do governo, e meia-entrada em eventos.

O secretário da Pessoa com Deficiência, Flávio Santos, destacou a importância da versão impressa da carteira, facilitando o acesso para aqueles que têm dificuldades com o meio online. Ele enfatizou que a carteira atesta que a PcD passou por uma análise clínica rigorosa, comprovando o direito aos benefícios legais.

O relato pessoal da repórter Thaís Miranda, cadastrada como PcD no GDF, destaca a relevância do Cadastro da Pessoa com Deficiência, que facilitou o acesso a programas como o DF Acessível. O cadastro, estabelecido neste ano, permite a solicitação prévia de veículos para deslocamento até consultas médicas.

Nos últimos quatro anos, o GDF tem concentrado esforços para tornar o Distrito Federal mais acessível, criando a Secretaria da Pessoa com Deficiência em 2019. Além disso, a norma que invalida laudos médicos que atestam deficiência permanente foi implementada durante essa gestão, eliminando a necessidade de renovação periódica dos laudos. A prioridade para pessoas com deficiência também se estende às políticas habitacionais desenvolvidas pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional do DF (Codhab-DF).

Tribuna Livre, com informações da Secretaria da Pessoa com Deficiência (SEPD)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
DF 3Política distrital vai tratar de prevenção e enfrentamento de desaparecimento de pessoas
Política distrital vai tratar de prevenção e enfrentamento de desaparecimento de pessoas
Programa Cidadania nas Escolas certifica 395 estudantes de escolas do Itapoã
Programa Cidadania nas Escolas certifica 395 estudantes de escolas do Itapoã
DF 1DF amplia malha cicloviária e chega a 687 quilômetros de pistas
DF amplia malha cicloviária e chega a 687 quilômetros de pistas
DF 4Intervenções no trânsito do fim de semana em Vicente Pires, Ceilândia e Guará
Intervenções no trânsito do fim de semana em Vicente Pires, Ceilândia e Guará
DF 3Reforma de pontes sobre o Córrego Guará começa neste sábado (25)
Reforma de pontes sobre o Córrego Guará começa neste sábado (25)
DF 2Atletas mirins dos centros olímpicos visitam octógono do Jungle Fight 126
Atletas mirins dos centros olímpicos visitam octógono do Jungle Fight 126
DF 1Agro do Quadrado: Produção de grãos no DF cresce com qualidade no DNA
Agro do Quadrado: Produção de grãos no DF cresce com qualidade no DNA
DF 4Escritura pública de concessão de uso é entregue ao clube da Adepol
Escritura pública de concessão de uso é entregue ao clube da Adepol
DF 3Programa Cartão Prato Cheio vai além da segurança alimentar e nutricional
Programa Cartão Prato Cheio vai além da segurança alimentar e nutricional
DF 2GDF monitora execução do Plano Plurianual 2024-2027
GDF monitora execução do Plano Plurianual 2024-2027
DF 1Rede pública de saúde do DF aumenta número de leitos pediátricos e de ambulâncias
Rede pública de saúde do DF aumenta número de leitos pediátricos e de ambulâncias
DF 4Últimos dias de inscrição para a primeira turma dos cursos de corte, costura e serigrafia
Últimos dias de inscrição para a primeira turma dos cursos de corte, costura e serigrafia

DF amplia malha cicloviária e chega a 687 quilômetros de pistas

‌Desde 2019, foram construídos 220,52 km; capital tem a segundo maior conjunto de vias para ciclistas no país. GDF trabalha para interligar trechos e aumentar a mobilidade da população A malha cicloviária do Distrito Federal tem aumentado nos últimos anos. Atualmente, ela tem uma extensão de 687,12 km, distribuída em

Leia mais...

Marinhas do Brasil e dos EUA realizam operação em apoio ao RS

Operação tem como objetivo transferir doações para as vítimas das enchentes no estado de maneira mais ágil A Marinha do Brasil (MB) conduz, na próxima segunda-feira (27/5), uma operação de apoio à população do Rio Grande do Sul em meio à situação de calamidade pública causada pelas enchentes. A ação

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.