20/06/2024

Mais de 420 mil estudantes do Distrito Federal são guiados por um programa de educação empreendedora.

A turma de Bianca Souza Martins (centro) precisou montar uma empresa de maçã do amor e pipoca. “O legal é que, depois de ter participado dessas atividades, eu fiquei com mais vontade ainda de montar minha clínica veterinária”, disse Bianca | Foto: Álvaro Henrique/SEEDF

O programa, concebido pelo Sebrae Nacional em colaboração com as secretarias estaduais de educação, celebra uma década de existência.

Ensinar a empreender significa fornecer as ferramentas adequadas para que as pessoas possam planejar suas vidas. O Programa de Educação Empreendedora (PNEE), uma iniciativa do Sebrae Nacional em colaboração com as secretarias estaduais de educação em todo o país, segue esse princípio desde o início. No Distrito Federal, 422 mil estudantes e 12.864 professores da rede pública participaram de diversas atividades e eventos promovidos pelo Sebrae, como formações, oficinas, mentorias, encontros, fóruns, gincanas e feiras.

Para comemorar os 10 anos do programa, o Sebrae organizou um evento na tarde desta terça-feira (28), que contou com a presença de educadores, professores, estudantes e artistas como MV Bill, Emicida e Criolo. Eles compartilharam como a educação empreendedora impactou positivamente em suas vidas. A secretária de Educação do Distrito Federal, Hélvia Paranaguá, e a superintendente do Sebrae-DF, Rose Rainha, também participaram da celebração realizada no espaço Porto Vittória, no Lago Sul.

Hélvia Paranaguá ressaltou a importância da parceria para as escolas públicas, destacando a dimensão social da educação empreendedora, que movimenta sonhos e proporciona novas perspectivas de vida para alunos e professores. Desde 2021, a Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEEDF) mantém uma parceria com o Sebrae-DF, visando fomentar a educação empreendedora na rede pública de ensino.

Rose Rainha, superintendente do Sebrae-DF, destacou o papel ativo do Distrito Federal no projeto, com mais de 400 mil alunos participando do programa. A professora Jucimara Botelho, do Centro de Ensino Fundamental (CEF) 25 de Ceilândia, compartilhou como o PNEE influencia na aprendizagem dos estudantes, destacando a importância do planejamento para o sucesso empreendedor.

O evento também contou com o testemunho de Bianca Souza Martins, uma estudante de 15 anos, que participou de atividades práticas do programa, como a criação de uma empresa de maçã do amor e pipoca. Ela expressou o quanto essas experiências a motivaram a perseguir seus próprios objetivos, como a vontade de montar sua clínica veterinária.

O PNEE, criado em 2013, tem como objetivo potencializar projetos de pessoas insatisfeitas com suas realidades, desenvolvendo suas habilidades empreendedoras. O evento contou com a participação de artistas como Emicida, Criolo e MV Bill, que compartilharam histórias pessoais sobre o impacto da educação empreendedora em suas vidas. O PNEE já alcançou 97% dos municípios brasileiros, com mais de 13,5 milhões de atendimentos a alunos e 1 milhão de professores assistidos, contribuindo para o desenvolvimento de competências empreendedoras alinhadas às diretrizes educacionais do país.

Tribuna Livre, com informações da SEEDF

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Brasília é a segunda capital mais segura do país, aponta Atlas da Violência 2024
Brasília é a segunda capital mais segura do país, aponta Atlas da Violência 2024
Núcleo da Unidade de Internação de Santa Maria disputa prêmio de Melhor Escola do Mundo
Núcleo da Unidade de Internação de Santa Maria disputa prêmio de Melhor Escola do Mundo
UPAs atenderam quase meio milhão de pessoas nos cinco primeiros meses de 2024
UPAs atenderam quase meio milhão de pessoas nos cinco primeiros meses de 2024
Abrigo no Plano Piloto protege 80 pessoas em situação de rua do frio
Abrigo no Plano Piloto protege 80 pessoas em situação de rua do frio
QualificaDF Móvel abre inscrições para capacitação profissional em 4 cidades
QualificaDF Móvel abre inscrições para capacitação profissional em 4 cidades
Inscrições para quase 6 mil vagas em cursos técnicos abrem nesta quinta-feira (20)
Inscrições para quase 6 mil vagas em cursos técnicos abrem nesta quinta-feira (20)
Caesb investe R$ 3,7 milhões em energia limpa e reduz custos operacionais
Caesb investe R$ 3,7 milhões em energia limpa e reduz custos operacionais
Mais de 150 produtores rurais apresentam cartões de vacina de rebanhos contra raiva
Mais de 150 produtores rurais apresentam cartões de vacina de rebanhos contra raiva
GDF destina R$ 110 milhões para famílias darem de entrada na casa própria
GDF destina R$ 110 milhões para famílias darem de entrada na casa própria
Portaria conjunta institui programa e aplicativo de proteção aos conselheiros tutelares do DF
Portaria conjunta institui programa e aplicativo de proteção aos conselheiros tutelares do DF
Fiscalização contra estacionamento irregular no DF é intensificada
Fiscalização contra estacionamento irregular no DF é intensificada
Regulamentados os serviços de capelania nas unidades de saúde
Regulamentados os serviços de capelania nas unidades de saúde

Leilão de arroz: presidente da Comissão de Agricultura fala em fraude

Ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, prestou esclarecimentos à Comissão na Câmara sobre leilão para compra de arroz feito pelo governo O presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, deputado Evair Vieira de Melo (PP-ES), chamou o leilão de arroz realizado pelo governo federal de “esquema fraudulento”. O

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.