27/02/2024

O Programa Direito Delas disponibilizará assistência às vítimas de violência.

A vice-governadora Celina Leão ressaltou que o trabalho será conjunto: “Todos os esforços de todas as secretarias são para apoiar as nossas mulheres que sofrem violência doméstica” | Fotos: Renato Alves/Agência Brasília

A iniciativa que reformula o Pró-Vítima introduz suporte jurídico e acompanhamento contínuo para mulheres; uma cartilha lista todos os pontos de acesso para obter auxílio.

O Governo do Distrito Federal (GDF) intensificará o suporte às vítimas de violência e seus familiares na capital. Na manhã desta quarta-feira (29), o governador Ibaneis Rocha formalizou o decreto que estabelece o programa Direito Delas. Esta iniciativa representa uma reestruturação do Pró-Vítima, lançado em 2018 com o mesmo propósito, visando fortalecer o apoio oferecido às mulheres atendidas.

Durante o lançamento, o governador cedeu a palavra à vice-governadora Celina Leão, que enfatizou as ações do GDF nos últimos anos no combate à violência contra as mulheres. Celina destacou que o novo programa busca fornecer suporte às mulheres e interromper o ciclo da violência, prevenindo que esses casos evoluam para tragédias fatais. Ela ressaltou a meta do governo de combater qualquer forma de violência, especialmente para evitar feminicídios.

Além da alteração do nome para evitar confusão com outra política pública, o programa agora oferece assistência jurídica e acompanhamento contínuo às vítimas. A secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani, explicou que a renovação levou quase um ano para implementar um atendimento abrangente, incluindo suporte social, psicológico e jurídico.

O programa conta com o apoio da Ordem dos Advogados do Brasil do Distrito Federal (OAB-DF), que disponibilizará advogadas voluntárias para oferecer assistência jurídica gratuita às mulheres atendidas pelo programa. A vice-presidente da OAB-DF, Lenda Tariana, destacou a importância desse apoio jurídico para mulheres em situação de vulnerabilidade.

Durante a solenidade, também foi anunciado o lançamento da cartilha Direito Delas, um guia físico e digital que reúne informações sobre todos os órgãos e recursos disponíveis para ajudar vítimas de violência no Distrito Federal. Adesivos serão colocados nas unidades básicas de saúde (UBSs) para ampliar a divulgação do programa.

Além disso, uma nova unidade de atendimento será inaugurada na Estrutural, juntando-se aos oito núcleos de atendimento já em funcionamento em diversas regiões. Esses núcleos serão renomeados como Núcleos de Atendimento Direito Delas.

O Direito Delas oferecerá atendimento social, psicológico e jurídico gratuito às vítimas diretas de violência e seus familiares. Os serviços são prestados por uma equipe multiprofissional, incluindo assistentes sociais, psicólogos, especialistas em direito e legislação, e profissionais administrativos. O programa atenderá mulheres em situação de violência doméstica e familiar, vítimas de crimes contra a pessoa idosa, crianças e adolescentes de 7 a 14 anos vítimas de estupro de vulnerável, e vítimas de crimes violentos. Além das vítimas diretas, familiares também poderão receber assistência, desde que não sejam os autores da violência.

Os serviços podem ser acessados diretamente nos Núcleos de Atendimento Direito Delas ou por meio de encaminhamento dos órgãos governamentais competentes. A inauguração da nova unidade na Estrutural e a renomeação dos núcleos já existentes ocorrerão em breve, fortalecendo o compromisso do Distrito Federal no enfrentamento da violência contra as mulheres.

Tribuna Livre, com informações da secretaria de Justiça e Cidadania

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Hospital da Cidade do Sol amplia leitos em menos de 24 horas
Hospital da Cidade do Sol amplia leitos em menos de 24 horas
Combate à dengue é tema de quatro cursos online para servidores
Combate à dengue é tema de quatro cursos online para servidores
DF ultrapassa um milhão de cadastros atualizados no SUS
DF ultrapassa um milhão de cadastros atualizados no SUS
Compras do Programa de Aquisição de Alimentos beneficiam 968 agricultores
Compras do Programa de Aquisição de Alimentos beneficiam 968 agricultores
Caesb disponibiliza serviço gratuito de autoleitura de hidrômetros
Caesb disponibiliza serviço gratuito de autoleitura de hidrômetros
No Varjão, sábado foi marcado pelo Dia D de combate à dengue e por uma série de serviços oferecidos à população
No Varjão, sábado foi marcado pelo Dia D de combate à dengue e por uma série de serviços oferecidos à população.
O Programa de Arborização planeja o plantio de 100 mil mudas nativas no Distrito Federal em 2024
O Programa de Arborização planeja o plantio de 100 mil mudas nativas no Distrito Federal em 2024.
As reuniões dos Conselhos de Segurança Comunitários foram retomadas
As reuniões dos Conselhos de Segurança Comunitários foram retomadas.
Descubra as diferentes variantes do vírus transmitido pelo mosquito Aedes aegypti
Descubra as diferentes variantes do vírus transmitido pelo mosquito Aedes aegypti.
Vicente Pires está passando por melhorias em suas vias, com serviços de drenagem e manutenção asfáltica em andamento
Vicente Pires está passando por melhorias em suas vias, com serviços de drenagem e manutenção asfáltica em andamento
Sábado de vacinação para público de todas as idades
Sábado de vacinação para público de todas as idades
Tendas de hidratação contam com apoio do programa Jovem Candango
Tendas de hidratação contam com apoio do programa Jovem Candango

Combate à dengue é tema de quatro cursos online para servidores

Formações são indicadas para profissionais da educação e da saúde. As aulas são gratuitas e online, podendo ser assistidas a qualquer momento pelos participantes A Escola Superior de Ciências da Saúde (Escs) oferece quatro cursos relacionados ao combate à dengue para servidores da saúde e da educação. As capacitações são

Leia mais...

DF ultrapassa um milhão de cadastros atualizados no SUS

Mais de 97% das atualizações do Recadastra SUS foram feitas presencialmente; com dados dos usuários mais confiáveis, a rede pública consegue otimizar a fila de espera por exames e consultas Sete meses após lançar a campanha Recadastra SUS, o Distrito Federal chegou a 1.054.928 cadastros atualizados no Sistema Único de

Leia mais...

Caesb disponibiliza serviço gratuito de autoleitura de hidrômetros

Todos os clientes da companhia podem aderir à iniciativa, especialmente aqueles que não conseguem receber leiturista em casa durante o dia Pensando no conforto e bem-estar dos brasilienses, a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) disponibiliza o serviço de autoleitura, no qual o próprio usuário fornece a leitura

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.