20/07/2024

O Programa Direito Delas disponibilizará assistência às vítimas de violência.

A vice-governadora Celina Leão ressaltou que o trabalho será conjunto: “Todos os esforços de todas as secretarias são para apoiar as nossas mulheres que sofrem violência doméstica” | Fotos: Renato Alves/Agência Brasília

A iniciativa que reformula o Pró-Vítima introduz suporte jurídico e acompanhamento contínuo para mulheres; uma cartilha lista todos os pontos de acesso para obter auxílio.

O Governo do Distrito Federal (GDF) intensificará o suporte às vítimas de violência e seus familiares na capital. Na manhã desta quarta-feira (29), o governador Ibaneis Rocha formalizou o decreto que estabelece o programa Direito Delas. Esta iniciativa representa uma reestruturação do Pró-Vítima, lançado em 2018 com o mesmo propósito, visando fortalecer o apoio oferecido às mulheres atendidas.

Durante o lançamento, o governador cedeu a palavra à vice-governadora Celina Leão, que enfatizou as ações do GDF nos últimos anos no combate à violência contra as mulheres. Celina destacou que o novo programa busca fornecer suporte às mulheres e interromper o ciclo da violência, prevenindo que esses casos evoluam para tragédias fatais. Ela ressaltou a meta do governo de combater qualquer forma de violência, especialmente para evitar feminicídios.

Além da alteração do nome para evitar confusão com outra política pública, o programa agora oferece assistência jurídica e acompanhamento contínuo às vítimas. A secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani, explicou que a renovação levou quase um ano para implementar um atendimento abrangente, incluindo suporte social, psicológico e jurídico.

O programa conta com o apoio da Ordem dos Advogados do Brasil do Distrito Federal (OAB-DF), que disponibilizará advogadas voluntárias para oferecer assistência jurídica gratuita às mulheres atendidas pelo programa. A vice-presidente da OAB-DF, Lenda Tariana, destacou a importância desse apoio jurídico para mulheres em situação de vulnerabilidade.

Durante a solenidade, também foi anunciado o lançamento da cartilha Direito Delas, um guia físico e digital que reúne informações sobre todos os órgãos e recursos disponíveis para ajudar vítimas de violência no Distrito Federal. Adesivos serão colocados nas unidades básicas de saúde (UBSs) para ampliar a divulgação do programa.

Além disso, uma nova unidade de atendimento será inaugurada na Estrutural, juntando-se aos oito núcleos de atendimento já em funcionamento em diversas regiões. Esses núcleos serão renomeados como Núcleos de Atendimento Direito Delas.

O Direito Delas oferecerá atendimento social, psicológico e jurídico gratuito às vítimas diretas de violência e seus familiares. Os serviços são prestados por uma equipe multiprofissional, incluindo assistentes sociais, psicólogos, especialistas em direito e legislação, e profissionais administrativos. O programa atenderá mulheres em situação de violência doméstica e familiar, vítimas de crimes contra a pessoa idosa, crianças e adolescentes de 7 a 14 anos vítimas de estupro de vulnerável, e vítimas de crimes violentos. Além das vítimas diretas, familiares também poderão receber assistência, desde que não sejam os autores da violência.

Os serviços podem ser acessados diretamente nos Núcleos de Atendimento Direito Delas ou por meio de encaminhamento dos órgãos governamentais competentes. A inauguração da nova unidade na Estrutural e a renomeação dos núcleos já existentes ocorrerão em breve, fortalecendo o compromisso do Distrito Federal no enfrentamento da violência contra as mulheres.

Tribuna Livre, com informações da secretaria de Justiça e Cidadania

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
De Brasília a Paris: DF terá 16 representantes nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos
De Brasília a Paris: DF terá 16 representantes nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos
Novo acesso do Sudoeste ao Parque da Cidade começa a ser construído
Novo acesso do Sudoeste ao Parque da Cidade começa a ser construído
Novas câmeras inteligentes regulam abertura de semáforos em locais movimentados do DF
Novas câmeras inteligentes regulam abertura de semáforos em locais movimentados do DF
Equipes do GDF promovem acolhimento de pessoas em situação de rua em Taguatinga
Equipes do GDF promovem acolhimento de pessoas em situação de rua em Taguatinga
Ação de acolhimento da população em situação de rua continua nesta quinta (18) em Taguatinga
Ação de acolhimento da população em situação de rua continua nesta quinta (18) em Taguatinga
Investimento de R$ 2 milhões leva acessibilidade às calçadas da ADE de Samambaia
Investimento de R$ 2 milhões leva acessibilidade às calçadas da ADE de Samambaia
Inscrições para a 10ª edição do Casamento Comunitário vão até 23 de agosto
Inscrições para a 10ª edição do Casamento Comunitário vão até 23 de agosto
6ª Conferência Distrital das Cidades será realizada em junho de 2025
6ª Conferência Distrital das Cidades será realizada em junho de 2025
Prontuário médico detalhado qualifica cuidado a pacientes em ambiente hospitalar
Prontuário médico detalhado qualifica cuidado a pacientes em ambiente hospitalar
Inaugurado grafite em homenagem ao aniversário de 50 anos do Planetário
Inaugurado grafite em homenagem ao aniversário de 50 anos do Planetário 
Mais de 1,8 mil candidatos do Morar Bem são convocados para apresentação de documentos
Mais de 1,8 mil candidatos do Morar Bem são convocados para apresentação de documentos
Novo pátio de apreensão do DER terá capacidade para 3 mil veículos
Novo pátio de apreensão do DER terá capacidade para 3 mil veículos

Incêndio no sudeste da França deixa sete mortos

Entre as vítimas estão três crianças. A Polícia abriu investigação para apurar como as chamas começaram Sete pessoas morreram durante a noite em um incêndio, aparentemente de origem criminosa, em um edifício de Nice, anunciou o promotor da cidade do sudeste da França, Damien Martinelli. “Com base nos primeiros indícios,

Leia mais...

Bolsonaro diz que Ramagem “está pagando preço alto” pela coragem 

Ex-presidente subiu em trio para apoiar pré-candidatura de Ramagem à Prefeitura do Rio de Janeiro. Eles são alvo de investigação sobre espionagem ilegal na Abin durante o governo bolsonarista  O ex-presidente Jair Bolsonaro exaltou o deputado federal Alexandre Ramagem (PL-RJ), ex-diretor da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), nesta quinta-feira (18/7),

Leia mais...

Comitiva do governo federal vai até regiões de conflitos indígenas no MS

Indígenas relataram que foram cercados por caminhonetes e atacados com disparos de armas de fogo Integrantes da comitiva enviada pelo governo federal na terça-feira (17/7), acompanhados por representantes do governo do Mato Grosso do Sul, visitaram duas localidades para mediar conflitos fundiários nesta quinta-feira. Indígenas visitados disseram que foram atacados

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.