27/02/2024

O descarte inadequado de resíduos resulta em um prejuízo de R$ 36 milhões para os cofres públicos.

De outubro de 2022 até setembro de 2023, a DF Legal fez 11.885 vistorias nas proximidades de obras, em busca de resíduos descartados irregularmente – 1.807 notificações foram lavradas. A pasta ainda aplicou 167 multas em flagras de crime ambiental | Foto: Lucio Bernardo Jr/ Agência Brasília

Durante os primeiros oito meses de 2023, aproximadamente 400 mil toneladas de resíduos sólidos foram retiradas das áreas públicas do Distrito Federal. O Governo do Distrito Federal (GDF) está implementando campanhas educativas como parte de seus esforços para reduzir tais incidentes.

A instalação de um papa-entulho, um equipamento público destinado a receber resíduos de construção civil, móveis e outros itens volumosos, implica um custo de R$ 465 mil para os cofres públicos do Distrito Federal. Por outro lado, a implementação de um papa-lixo em uma área isolada ou de difícil acesso, onde o caminhão da coleta convencional não costuma atender, requer um investimento de R$ 54 mil. Considerando esses valores, surge a reflexão sobre as possibilidades de utilização mais eficiente dos recursos públicos, especialmente diante dos R$ 36 milhões despendidos pelo Governo do Distrito Federal (GDF) de janeiro a agosto deste ano para recolher aproximadamente 400 mil toneladas de resíduos descartados em ruas, parques e terrenos baldios. Em 2022, o custo para manter as áreas públicas da capital do país livre de lixo foi de R$ 42,5 milhões.

Andréa Almeida, chefe da Unidade de Medição e Monitoramento do Serviço de Limpeza Urbana (SLU), destaca que essa verba poderia ser direcionada para campanhas educativas e instalação de novos equipamentos públicos. O SLU intensifica esforços na educação ambiental, enfatizando a importância da população compreender que o descarte irregular de resíduos em áreas públicas configura crime. A equipe de mobilização ambiental realiza abordagens diretas à comunidade, fornecendo orientações sobre a correta separação do lixo, informando sobre os pontos de coleta e ensinando a utilizar o aplicativo do SLU.

O aplicativo, disponível para download em dispositivos Android e IOS, oferece informações sobre dias e horários da coleta seletiva e convencional, além de localizar papa-entulhos, papa-lixos e papa-recicláveis mais próximos. O programa “De Cara Nova”, em parceria com a Novacap, também contribui para a conscientização, revitalizando áreas propensas ao descarte irregular.

Quando as ações educativas não são suficientes, a Secretaria de Proteção da Ordem Urbanística (DF Legal) atua com 122 auditores para fiscalizar todas as regiões administrativas do Distrito Federal, coibindo o descarte irregular. A aplicação de multas, que variam de R$ 2.695 a R$ 26.959, ocorre quando alguém é flagrado despejando entulho em áreas públicas. A DF Legal fez 11.885 vistorias entre outubro de 2022 e setembro de 2023, resultando em 1.807 notificações e 167 multas por crime ambiental.

Além do impacto financeiro, o descarte inadequado de lixo em áreas públicas contribui para alagamentos e propagação de doenças pelo mosquito aedes aegypti. O lixo atrai animais peçonhentos, como escorpiões, e favorece o acúmulo de água, tornando-se um problema de saúde pública.

O Governo do Distrito Federal oferece diversas opções para uma gestão eficaz do lixo urbano, incluindo coletas convencional e seletiva, bem como a utilização de equipamentos públicos como papa-entulhos, papa-lixos e papa-recicláveis, distribuídos por toda a região.

Tribuna Livre, com informações do SLU

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Hospital da Cidade do Sol amplia leitos em menos de 24 horas
Hospital da Cidade do Sol amplia leitos em menos de 24 horas
Combate à dengue é tema de quatro cursos online para servidores
Combate à dengue é tema de quatro cursos online para servidores
DF ultrapassa um milhão de cadastros atualizados no SUS
DF ultrapassa um milhão de cadastros atualizados no SUS
Compras do Programa de Aquisição de Alimentos beneficiam 968 agricultores
Compras do Programa de Aquisição de Alimentos beneficiam 968 agricultores
Caesb disponibiliza serviço gratuito de autoleitura de hidrômetros
Caesb disponibiliza serviço gratuito de autoleitura de hidrômetros
No Varjão, sábado foi marcado pelo Dia D de combate à dengue e por uma série de serviços oferecidos à população
No Varjão, sábado foi marcado pelo Dia D de combate à dengue e por uma série de serviços oferecidos à população.
O Programa de Arborização planeja o plantio de 100 mil mudas nativas no Distrito Federal em 2024
O Programa de Arborização planeja o plantio de 100 mil mudas nativas no Distrito Federal em 2024.
As reuniões dos Conselhos de Segurança Comunitários foram retomadas
As reuniões dos Conselhos de Segurança Comunitários foram retomadas.
Descubra as diferentes variantes do vírus transmitido pelo mosquito Aedes aegypti
Descubra as diferentes variantes do vírus transmitido pelo mosquito Aedes aegypti.
Vicente Pires está passando por melhorias em suas vias, com serviços de drenagem e manutenção asfáltica em andamento
Vicente Pires está passando por melhorias em suas vias, com serviços de drenagem e manutenção asfáltica em andamento
Sábado de vacinação para público de todas as idades
Sábado de vacinação para público de todas as idades
Tendas de hidratação contam com apoio do programa Jovem Candango
Tendas de hidratação contam com apoio do programa Jovem Candango

Combate à dengue é tema de quatro cursos online para servidores

Formações são indicadas para profissionais da educação e da saúde. As aulas são gratuitas e online, podendo ser assistidas a qualquer momento pelos participantes A Escola Superior de Ciências da Saúde (Escs) oferece quatro cursos relacionados ao combate à dengue para servidores da saúde e da educação. As capacitações são

Leia mais...

DF ultrapassa um milhão de cadastros atualizados no SUS

Mais de 97% das atualizações do Recadastra SUS foram feitas presencialmente; com dados dos usuários mais confiáveis, a rede pública consegue otimizar a fila de espera por exames e consultas Sete meses após lançar a campanha Recadastra SUS, o Distrito Federal chegou a 1.054.928 cadastros atualizados no Sistema Único de

Leia mais...

Caesb disponibiliza serviço gratuito de autoleitura de hidrômetros

Todos os clientes da companhia podem aderir à iniciativa, especialmente aqueles que não conseguem receber leiturista em casa durante o dia Pensando no conforto e bem-estar dos brasilienses, a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) disponibiliza o serviço de autoleitura, no qual o próprio usuário fornece a leitura

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.