19/05/2024

O Ministério Público Eleitoral se opõe à recente condenação de Bolsonaro pelo Tribunal Superior Eleitoral.

Sessão foi suspensa no TSE depois da leitura do parecer do vice-procurador-geral Eleitoral, Paulo Gonet Branco. Será retomada em 17 de outubro
O Vice-Procurador-Geral Eleitoral menciona a falta dos critérios necessários para estabelecer a inelegibilidade do ex-presidente.

Na terça-feira, 10 de outubro de 2023, o Vice-Procurador-Geral Eleitoral, Paulo Gonet Branco, emitiu um parecer desfavorável à procedência de três ações que buscam declarar a inelegibilidade do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) perante o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Durante a sessão, Gonet Branco argumentou que não identificou “o conjunto essencial de critérios necessários para impor a pena de inelegibilidade”. Esse parecer foi apresentado após as argumentações orais da defesa e das acusações perante o TSE.

O TSE está analisando conjuntamente três ações que solicitam a inelegibilidade do ex-presidente por suposto abuso de poder político nas eleições de 2022. O presidente do tribunal, Ministro Alexandre de Moraes, suspendeu o julgamento nesta terça-feira, 10 de outubro. A análise será retomada em 17 de outubro, com a apresentação do voto do relator, Ministro Benedito Gonçalves, e dos demais ministros.

As ações em questão estão relacionadas ao uso da estrutura e recursos públicos na promoção de eventos de campanha, incluindo transmissões ao vivo realizadas pelo então presidente da República no Palácio do Planalto e no Palácio da Alvorada. Além de Bolsonaro, o então candidato a vice-presidente, Walter Braga Netto (PL), também é alvo dessas ações.

O Vice-Procurador-Geral Eleitoral argumentou que havia inconsistências em cada uma das ações analisadas. Ele destacou que, em um dos processos, as evidências eram baseadas em notícias de jornais, o que, segundo ele, não poderia servir de base para uma possível condenação.

Gonet Branco afirmou: “Não existem nos autos elementos que permitam, com segurança, afirmar que as manifestações de apoio realizadas em edifícios públicos tenham tido um impacto substancial na legitimidade das eleições. Não foi fornecida a evidência essencial de uma má conduta qualificada pelo comprometimento real da igualdade entre os concorrentes eleitorais.”

Na audiência que declarou Bolsonaro inelegível, ocorrida ao longo de junho, o Subprocurador-Geral da República havia se pronunciado a favor da condenação do ex-presidente, alegando que havia evidências graves de que Bolsonaro “buscou minar o sistema eletrônico de votação e apuração eleitoral.”

Tribuna Livre, com informações do MPE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Ministério Público pede multa a Lula por pedir votos para Boulos
Ministério Público pede multa a Lula por pedir votos para Boulos
Senado pede ao STF suspensão de liminar para resolver desoneração
Senado pede ao STF suspensão de liminar para resolver desoneração
Julgamento de Moro no TSE é suspenso e retorna na próxima terça
Julgamento de Moro no TSE é suspenso e retorna na próxima terça
Bolsonaro terá alta na sexta e virá para Brasília, após dez dias internado
Bolsonaro terá alta na sexta e virá para Brasília, após dez dias internado
Justiça de SP aceita denúncia e Boulos vira réu por chamar Weintraub de "imbecil
Justiça de SP aceita denúncia e Boulos vira réu por chamar Weintraub de "imbecil"
Lula lamenta morte de médico em abrigo no Rio Grande do Sul
Lula lamenta morte de médico em abrigo no Rio Grande do Sul
"Um passo muito importante", diz Leite sobre suspensão da dívida do RS
"Um passo muito importante", diz Leite sobre suspensão da dívida do RS
Arthur Lira processa Felipe Neto por ter sido chamado de 'excrementíssimo'
Arthur Lira processa Felipe Neto por ter sido chamado de 'excrementíssimo'
Tragédia no RS não impede avanço de "pacote da destruição" no Congresso
Tragédia no RS não impede avanço de "pacote da destruição" no Congresso
Governo ganha fôlego em meio à desarticulação com Congresso
Governo ganha fôlego em meio à desarticulação com Congresso
Vou fazer o que com R$ 300 mil, diz prefeito de Farroupilha a Pimenta
Vou fazer o que com R$ 300 mil, diz prefeito de Farroupilha a Pimenta.
Após longo debate, sai consenso sobre desoneração da folha de pagamentos
Após longo debate, sai consenso sobre desoneração da folha de pagamentos

Milhares de fieis prestigiam Festa do Divino, em Planaltina

Segunda maior celebração religiosa da região recebeu mais de R$ 1,2 milhão de investimento do GDF; festejos continuam neste domingo (19) Símbolo da fé brasiliense, a Festa do Divino Espírito Santo, em Planaltina, reuniu milhares de devotos neste sábado (18). O festejo começou logo cedo com a tradicional cavalgada –

Leia mais...

Escola Técnica de Santa Maria forma 169 alunos da primeira turma.

A deputada distrital Jaqueline Silva, emocionada, manifestou grande satisfação por mais essa conquista para a cidade. A deputada Jaqueline Silva declarou com emoção: “Não há palavras para expressar a minha satisfação em ver essa grande conquista beneficiando tantas pessoas.” Ela se referia à formatura de 169 alunos das primeiras turmas

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.