19/06/2024

ONU estima 670 mortes em deslizamentos de terra em Papua-Nova Guiné

Yambali tinha quase 4.000 habitantes e era uma base comercial para pessoas que extraem ouro das montanhas da região - (crédito: BENJAMIN SIPA / INTERNATIONAL ORGANIZATION FOR MIGRATION / AFP)

A localidade de Yambali, na encosta de uma colina na província da Enga, foi praticamente destruída por um enorme deslizamento de terra que, na madrugada de sexta-feira, sepultou dezenas de casas

A ONU teme que 670 pessoas morreram no grande deslizamento de terra que arrasou uma localidade de Papua-Nova Guiné durante a semana.

“Há uma estimativa de mais de 150 casas soterradas e de que 670 pessoas morreram”, afirmou Serhan Aktoprak, diretor da agência da ONU para as migrações com sede em Port Moresby, capital do país insular do sudoeste do Pacífico.

“A situação é terrível, a terra continua deslizando. A água desce e isto representa um grande risco para todos”, acrescentou Aktoprak.

A localidade de Yambali, na encosta de uma colina na província da Enga, foi praticamente destruída por um enorme deslizamento de terra que, na madrugada de sexta-feira, sepultou dezenas de casas e as pessoas que dormiam no momento da tragédia.

Yambali tinha quase 4.000 habitantes e era uma base comercial para pessoas que extraem ouro das montanhas da região.

Busca por sobreviventes

As equipes de emergência e os moradores desafiavam neste domingo as condições perigosas em uma busca desesperada por sobreviventes.

“As pessoas estão usando pedaços de pau de escavação, pás e grandes forcados agrícolas para retirar os corpos soterrados”, explicou Aktoprak.

Mais de 1.000 pessoas foram deslocadas pela catástrofe, acrescentou. As colheitas e as reservas de água foram quase completamente destruídas.

O deslizamento de grandes pedras, árvores arrancadas e terra, que em alguns pontos atingiu oito metros de profundidade, também matou o gado, segundo as equipes de emergência.

As operações de resgate foram ainda mais dificultadas pelos combates tribais registrados ao longo da única rota que leva à zona do desastre.

Aktoprak explicou que a violência tribal “não está relacionada com o deslizamento” e que as Forças Armadas do país fornecem “escoltas de segurança” para permitir a passagem segura dos comboios de ajuda.

Chuvas intensas e inundações

Imagens da região mostram os trabalhadores descalços removendo a terra com pás, enquanto outros procuravam entre pilhas de metal destruído, material utilizado como telhado nas casas.

Equipamentos pesados devem chegar nas próximas horas à região para acelerar as operações de busca.

O deslizamento de terra em larga escala afetou diversos vilarejos de Papua-Nova Guiné.

O país insular é cenário de fortes chuvas com frequência, mas este ano as tempestades e inundações estão ainda mais intensas.

Em março, ao menos 23 pessoas morreram em um deslizamento de terra.

Tribuna Livre, com informações da Agence France Presse

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Faixa de Gaza: Netanyahu reage a racha e dissolve o gabinete de guerra
Faixa de Gaza: Netanyahu reage a racha e dissolve o gabinete de guerra
Quais as intenções de Putin em visita a Kim Jong Un, na Coreia do Norte
Quais as intenções de Putin em visita a Kim Jong Un, na Coreia do Norte
Cúpula de Zelensky pode indicar possível divisão global
Cúpula de Zelensky pode indicar possível divisão global
Tiroteio em parque aquático deixa 9 pessoas feridas nos EUA
Tiroteio em parque aquático deixa 9 pessoas feridas nos EUA
Líderes do G7 liberam juros de ativos russos para ajudar a Ucrânia
Líderes do G7 liberam juros de ativos russos para ajudar a Ucrânia
Mundo bate recorde de refugiados com conflitos no Sudão e em Gaza
Mundo bate recorde de refugiados com conflitos no Sudão e em Gaza
Enfermeira britânica condenada por matar bebês volta a julgamento
Enfermeira britânica condenada por matar bebês volta a julgamento
Conselho de Segurança da ONU apoia plano dos EUA para trégua em Gaza
Conselho de Segurança da ONU apoia plano dos EUA para trégua em Gaza
Macron antecipa eleições na França após vitória da extrema direita na votação para o Parlamento Europeu
Macron antecipa eleições na França após vitória da extrema direita na votação para o Parlamento Europeu
Faixa de Gaza: Hamas ameaça reféns após operação de resgate em Nuseirat
Faixa de Gaza: Hamas ameaça reféns após operação de resgate em Nuseirat
“Há boas razões para se livrar de Netanyahu”, diz ex-premiê de Israel
“Há boas razões para se livrar de Netanyahu”, diz ex-premiê de Israel
Imigração nos EUA: Joe Biden fecha as portas para estrangeiros ilegais
Imigração nos EUA: Joe Biden fecha as portas para estrangeiros ilegais

Defesa Civil do RS divulga balanço após chuvas recentes

No total, entre sexta-feira e hoje (18/6), 22 municípios gaúchos reportaram danos em razão de alagamentos no estado Entre sexta-feira passada e hoje (18/6), 22 municípios gaúchos enfrentaram alagamentos, inundações e deslizamentos de terra, conforme relatório da Defesa Civil estadual. São Luiz Gonzaga foi uma das cidades mais afetadas, com

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.