21/06/2024

PCDF investiga empresas fantasmas que deram prejuízo de R$ 85 milhões ao DF

 A investigação revelou que existem sete empresas envolvidas
no esquema. Na manhã desta quarta-feira (29/3), estão sendo cumprido 13
mandados de busca e apreensão


(crédito: Divulgação/PCDF)

Nesta quarta-feira (29/3), estão sendo cumpridos 13
mandados de busca e apreensão, além de sequestro e bloqueio de bens e valores
de um grupo familiar, que mediante a empresas fantasmas, praticava crimes
contra a ordem tributária e fé pública.

A investigação revelou a existência de um aglomerado de
sete empresas fraudadoras que acarretaram prejuízo ao fisco do Distrito Federal
no valor de aproximadamente R$ 85 milhões. O bando atua com divisão de tarefas,
incluindo núcleos compostos por contadores – responsáveis por darem vida às
pessoas jurídicas, juntamente aos estelionatários que utilizam documentos
pessoais falsos para figurar como sócios, além de “laranjas” que
possuem a função de emprestar os dados bancários para movimentação do dinheiro
proveniente dos crimes.

De acordo com a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF),
as chamadas “empresas noteiras” operaram no fornecimento ilícito de
notas fiscais falsas em benefícios de pessoas jurídicas pertencentes a um grupo
familiar da cidade de Rio Verde, Goiás, para créditos indevidos de ICMS.

A Operação Succedere visa reprimir uma organização
criminosa voltada para a prática de crimes contra a ordem tributária e a fé
pública, mediante abertura de empresas “fantasmas” com o objetivo de
suprimir tributos sobre a circulação de mercadorias. Nessa ação, participam
mais de 80 policiais da Delegacia de Repressão aos Crimes contra a Ordem
Tributária vinculada ao Departamento de Combate à Corrupção e ao Crime
Organizado (Dot/Decor) do DF, de Minas Gerais, de São Paulo e Goiás.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
As urnas utilizadas na eleição para o Conselho Tutelar recebem dados e informações relacionadas aos candidatos.
As urnas utilizadas na eleição para o Conselho Tutelar recebem dados e informações relacionadas aos candidatos.
A Ouvidoria-Geral já registrou mais de 234 mil atendimentos em 2023.
A Ouvidoria-Geral já registrou mais de 234 mil atendimentos em 2023.
Policial penal é o primeiro do DF a liderar curso de ação tática especial
Policial penal é o primeiro do DF a liderar curso de ação tática especial
Escolas rurais encontram no asfalto um aliado para a educação
Escolas rurais encontram no asfalto um aliado para a educação
Semana começa com 227 vagas nas agências do trabalhador
Semana começa com 227 vagas nas agências do trabalhador
Campanha no metrô alerta para a violência contra a mulher
Campanha no metrô alerta para a violência contra a mulher
Projeto do GDF é premiado em fórum de nutricionistas da assistência social
Projeto do GDF é premiado em fórum de nutricionistas da assistência social
Recuperação da Avenida Sayonara irá beneficiar 8 mil motoristas no Gama
Recuperação da Avenida Sayonara irá beneficiar 8 mil motoristas no Gama
O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) anuncia um novo recorde anual de temperatura em todas as estações do Distrito Federal
O Inmet anuncia um novo recorde de temperatura em todas as estações do Distrito Federal
Vacinação para todas as idades no Parque da Cidade vai até domingo
Vacinação para todas as idades no Parque da Cidade vai até domingo
DF3
Programa de microcrédito do governo gerou quase mil empregos em 2023
Alunas do DF conquistam ouro em etapa da Olimpíada Brasileira de Geografia
Alunas do DF conquistam ouro em etapa da Olimpíada Brasileira de Geografia

Leilão de arroz: presidente da Comissão de Agricultura fala em fraude

Ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, prestou esclarecimentos à Comissão na Câmara sobre leilão para compra de arroz feito pelo governo O presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, deputado Evair Vieira de Melo (PP-ES), chamou o leilão de arroz realizado pelo governo federal de “esquema fraudulento”. O

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.