26/05/2024

Professores de pelo menos 18 universidades federais no Brasil entram em greve; UFG continua a funcionar

Professores de universidades federais entram em greve no Brasil (Foto: Divulgação/Agência Brasil)

UFG informou que assembleias para deliberar sobre assunto serão realizadas nos dias 24 de abril (Catalão), 25 (Goiânia) e 30 (Jataí)

Os professores de pelo menos 18 universidades federais no Brasil entraram em greve, nesta segunda-feira (15). Segundo o Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições do Ensino Superior (Andes), os trabalhadores rejeitaram a proposta do Governo Federal sobre o reajuste salarial. A Universidade Federal de Goiás (UFG) continua funcionando.

Ao Mais Goiás, a UFG disse em nota que qualquer decisão a respeito de uma possível greve ou paralisação envolvendo os professores das universidades federais localizadas em Goiás (UFG, UFJ e UFCat) será tomada pela categoria, pois o Sindicato dos Docentes das Universidades Federais de Goiás é autônomo e não uma seção sindical. Confira a nota completa na íntegra.

De acordo com a UFG, o Andes está proibido pela Justiça de praticar qualquer ato sindical no Estado de Goiás, conforme decisão do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 18 ª Região. A UFG informou ainda que as assembleias para deliberar sobre o assunto serão realizadas nos dias 24 de abril (Catalão), 25 (Goiânia) e 30 (Jataí).

“As decisões no âmbito da UFG, da UFCat e da UFJ serão tomadas por meio do diálogo com toda a categoria. Greve é uma ferramenta para o trabalhador e deve ser usada de forma eficiente, inteligente e no momento certo”, destacou a UFG.

Greve nacional

O Governo Federal apresentou uma proposta sem reajuste salarial, com apenas o aumento do auxílio alimentação, que passaria de R$ 658 para R$ 1 mil; e o valor da assistência pré-escolar, de R$ 321 para R$ 484,9. Além disso, propôs o aumento em 51% do valor atual da saúde suplementar da categoria.

No entanto, a proposta foi recusada por 34 seções sindicais do setor. Conforme o Andes, os docentes pedem o reajuste de 22,71% em três parcelas de 7,06%, a serem pagas em 2024, 2025 e 2026. Também está em pauta o aumento da carga horária mínima de aulas e o controle de frequência por meio do ponto.

Em nota, o Ministério da Gestão informou que formalizou a proposta na última quinta-feira (11). O órgão também assumiu o compromisso de abrir, até o mês de julho, todas as mesas de negociação específicas de carreiras solicitadas, assim como o tratamento das demandas e a produção de acordos em comum com os servidores.

Nota UFG

“O Adufg-Sindicato informa que qualquer decisão a respeito de uma possível greve ou paralisação envolvendo os professores das universidades federais localizadas em Goiás (UFG, UFJ e UFCat) será tomada pela categoria, pois a entidade sindical é autônoma e não uma seção sindical. A entidade aguarda uma nova reunião com o Governo Federal para encaminhar tratar do assunto, bem como entende que as negociações, no momento, ainda estão em andamento.

Importante lembrar que o Andes-SN está proibido pela Justiça de praticar qualquer ato sindical no Estado de Goiás, conforme decisão do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 18 ª Região.

As decisões no âmbito da UFG, da UFCat e da UFJ serão tomadas por meio do diálogo com toda a categoria. Greve é uma ferramenta para o trabalhador e deve ser usada de forma eficiente, inteligente e no momento certo. As assembleias para deliberar sobre o assunto serão realizadas nos dias 24 de abril (Catalão), 25 (Goiânia) e 30 (Jataí).

Importante destacar que a Proifes-Federação – entidade à qual o Adufg-Sindicato é filiado -, entregou uma proposta de reestruturação da carreira do Magistério Superior e EBTT ao Governo Federal. O documento prevê, entre outras questões, reajuste em 2024, 2025 e 2026″.

Tribuna Livre, com informações do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições do Ensino Superior (Andes)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Fisiculturista suspeito de bater e causar morte de esposa diz que sofreu agressão na prisão
Fisiculturista suspeito de bater e causar morte de esposa diz que sofreu agressão na prisão
Goiás  Polícia apreende 81 vasos de “super maconha” em Aparecida de Goiânia
Polícia apreende 81 vasos de “super maconha” em Aparecida de Goiânia
GO 2Três anos depois de lei sancionada, placa com nome de Washington Novaes é instalada no Parque Areião
Três anos depois de lei sancionada, placa com nome de Washington Novaes é instalada no Parque Areião
GO 1Mãe e filho em crise de esquizofrenia são internados após agredir mulher, em Goiânia
Mãe e filho em crise de esquizofrenia são internados após agredir mulher, em Goiânia
GO 2Caso de Abadia levanta debate sobre limites de atuação das Guardas Municipais
Caso de Abadia levanta debate sobre limites de atuação das Guardas Municipais
GO 1Curso de guardas civis em Caldas usa gás lacrimogêneo no treinamento de alunos
Curso de guardas civis em Caldas usa gás lacrimogêneo no treinamento de alunos
GO 2Goiânia empossa conselheiros dos Direitos da Criança e do Adolescente
Goiânia empossa conselheiros dos Direitos da Criança e do Adolescente
GO 1Polícia investiga ameaça em colégio de Goiânia: ‘ele disse que ia ter sangue’
Polícia investiga ameaça em colégio de Goiânia: ‘ele disse que ia ter sangue’
Crise no RS: Caiado critica Lula e diz o que faria se fosse presidente
Crise no RS: Caiado critica Lula e diz o que faria se fosse presidente 
Recursos de multas em Goiás poderão ser feitos online; saiba como
Recursos de multas em Goiás poderão ser feitos online; saiba como
Homem morre após se engasgar com pedaço de carne em Goiânia
Homem morre após se engasgar com pedaço de carne em Goiânia
Suspeito de oferecer cocaína a paciente em Cais de Goiânia é preso
Suspeito de oferecer cocaína a paciente em Cais de Goiânia é preso

DF amplia malha cicloviária e chega a 687 quilômetros de pistas

‌Desde 2019, foram construídos 220,52 km; capital tem a segundo maior conjunto de vias para ciclistas no país. GDF trabalha para interligar trechos e aumentar a mobilidade da população A malha cicloviária do Distrito Federal tem aumentado nos últimos anos. Atualmente, ela tem uma extensão de 687,12 km, distribuída em

Leia mais...

Marinhas do Brasil e dos EUA realizam operação em apoio ao RS

Operação tem como objetivo transferir doações para as vítimas das enchentes no estado de maneira mais ágil A Marinha do Brasil (MB) conduz, na próxima segunda-feira (27/5), uma operação de apoio à população do Rio Grande do Sul em meio à situação de calamidade pública causada pelas enchentes. A ação

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.