22/02/2024

Servidores reclamam do fim do teletrabalho no GDF: “Nova realidade”

 Sindicatos
alegam que extinção do teletrabalho é um retrocesso, mesmo que a pandemia de
Covid esteja controlada


Os servidores públicos não concordam com o fim do
teletrabalho no Governo do Distrito Federal (GDF). Segundo sindicatos, a
jornada remota trouxe aumento de produtividade, economia e melhor qualidade de
vida.

O Sindicato dos Servidores Públicos Civis da
Administração Direta (Sindireta-DF) enviou uma notificação ao GDF solicitando a
volta do teletrabalho.

 “A decisão do
governo foi abrupta e antidemocrática, porque não chamou os servidores para o
debate. E defendemos o teletrabalho para desafogar a administração pública”,
afirmou o presidente do Sindireta, Ibrahim Yussef.

Na avaliação do líder sindical, o trabalho remoto
proporciona maior flexibilidade para os servidores. “Sem falar que a
administração pública está sucateada, sem mesas e computadores, e ainda tem a
economia de aluguel”, contou.

O Sindicato dos Funcionários em Estabelecimentos de Saúde
(SindSaúde-DF) planeja solicitar a criação de um grupo de trabalho para a
criação de uma lei instituindo o teletrabalho.

Nova realidade

“É uma nova realidade. Vamos insistir e conversar com o
governo. O trabalho remoto traz eficiência e economicidade”, comentou a
presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues.

Para Rodrigues, não há espaço para o trabalho remoto na
assistência na saúde, no entanto, encontra um terreno propício nos serviços
administrativos do Sistema Único de Saúde (SUS).

 “Causa estranheza
o ato do governo não ter sido acompanhado por documentos mostrando possíveis
prejuízos causados pelo trabalho. E as pesquisas mostram o contrário”, alertou
Marli Rodrigues.

CLDF

O Sindicato dos Servidores e Empregados da Administração
Direta, Fundacional, das Autarquias, Empresas Públicas e Sociedades de Economia
Mista (Sindser-DF) vai propor um projeto de lei na Câmara Legislativa (CLDF).

“Vamos propor ao presidente da CLDF, Wellington Luiz
(MDB), um projeto de lei para criar o teletrabalho de forma de forma definitiva
com critérios técnicos e de produtividade”, disse o presidente do Sindser,
André Luiz Conceição.

Para o sindicalista, a decisão foi inesperada, sem aviso
prévio e prejudicou os servidores. “Deveria haver uma avaliação de desempenho,
de produtividade”, comentou.

Retrocesso

Segundo professora de psicologia organizacional e do
trabalho da Universidade de Brasília (UnB) Gardênia da Silva Abbad, a extinção
do teletrabalho é um retrocesso para o DF.

“É um retrocesso, pois desconsidera resultados de
pesquisas nacionais que indicam que o teletrabalho é aplicável para atividades
de alta complexidade”, afirmou.

De acordo com a pesquisadora, a produtividade independe
da modalidade do trabalho, mas, sim, do modelo da gestão, do suporte, do
desenho de trabalho e da capacidade das lideranças.

“O teletrabalho é mais produtivo em alguns casos e traz
benefício à saúde mental e física dos trabalhadores e das lideranças, além de
trazer economia e múltiplos benefícios”, destacou.

A pesquisadora também comentou que modelos híbridos com
encontros presenciais são muito eficazes. O trabalho remoto ainda contribui com
a diminuição da perda de tempo deslocamento nas cidades.

Outro lado

. Segundo Palácio do Buriti, o teletrabalho foi adotado
provisoriamente devido à grave crise sanitária vivida pelo Distrito Federal,
causada, à época, pela Covid-19.

“O decreto do teletrabalho foi criado em caráter
excepcional e provisório. Portanto, pode ser revogado a qualquer momento. Hoje,
com a normalidade na cidade e o controle da Covid-19, torna-se desnecessária a
manutenção da medida”, destacou o Buriti.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
As urnas utilizadas na eleição para o Conselho Tutelar recebem dados e informações relacionadas aos candidatos.
As urnas utilizadas na eleição para o Conselho Tutelar recebem dados e informações relacionadas aos candidatos.
A Ouvidoria-Geral já registrou mais de 234 mil atendimentos em 2023.
A Ouvidoria-Geral já registrou mais de 234 mil atendimentos em 2023.
Policial penal é o primeiro do DF a liderar curso de ação tática especial
Policial penal é o primeiro do DF a liderar curso de ação tática especial
Escolas rurais encontram no asfalto um aliado para a educação
Escolas rurais encontram no asfalto um aliado para a educação
Semana começa com 227 vagas nas agências do trabalhador
Semana começa com 227 vagas nas agências do trabalhador
Campanha no metrô alerta para a violência contra a mulher
Campanha no metrô alerta para a violência contra a mulher
Projeto do GDF é premiado em fórum de nutricionistas da assistência social
Projeto do GDF é premiado em fórum de nutricionistas da assistência social
Recuperação da Avenida Sayonara irá beneficiar 8 mil motoristas no Gama
Recuperação da Avenida Sayonara irá beneficiar 8 mil motoristas no Gama
O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) anuncia um novo recorde anual de temperatura em todas as estações do Distrito Federal
O Inmet anuncia um novo recorde de temperatura em todas as estações do Distrito Federal
Vacinação para todas as idades no Parque da Cidade vai até domingo
Vacinação para todas as idades no Parque da Cidade vai até domingo
DF3
Programa de microcrédito do governo gerou quase mil empregos em 2023
Alunas do DF conquistam ouro em etapa da Olimpíada Brasileira de Geografia
Alunas do DF conquistam ouro em etapa da Olimpíada Brasileira de Geografia

No Brasil, G20 inicia debates sobre aliança global contra a fome

O ministro do Desenvolvimento Social participou da abertura dos três dias de reuniões que discutirão o termo de adesão dos países ao projeto internacional O ministro Wellington Dias, do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, participou nesta quarta-feira (21/2) da primeira reunião da Força Tarefa do G20

Leia mais...

Saúde pública do DF terá o reforço de mais 741 profissionais

Contratação de 200 médicos temporários, 156 enfermeiros e demais profissionais foi anunciada pelo governador Ibaneis Rocha durante evento de combate à dengue no Sol Nascente/Pôr do Sol O Distrito Federal vai ganhar 741 profissionais da saúde para reforçar o quadro de atendimento à população. O anúncio foi feito pelo governador

Leia mais...

Volta às aulas conturbada no CEM 404 Santa Maria

Aluno armado com faca fere o sargento Daniel Matos Na manhã da terça-feira (20), por volta das 11 horas, os policiais do Batalhão Escolar, 1º Sgt Daniel Matos e o 2º Sgt Euzimar, foram solicitados pela diretora do CEM 404 Santa Maria para prestarem apoio, pois havia um aluno na

Leia mais...

Inscritos no programa de voluntariado da Codhab são convocados

Duzentas pessoas passarão por entrevista e análise curricular nos dias 28 e 29 de fevereiro A Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab-DF) convocou, nesta quarta-feira (20), os inscritos no programa de voluntariado. Ao todo, 200 pessoas foram alistadas no processo seletivo. O Edital nº 77/2024 foi publicado no

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.