26/05/2024

Tarcísio promulga lei que cria homenagem a “Heróis da Polícia Militar”

O governador Tarcísio de Freitas

Data será celebrada em 10 de maio, dia em que morreu o tenente da Polícia Militar Alberto Mendes Júnior, durante operação da Ditadura

São Paulo — O governador Tarcísio de Freitas (Republicanos) promulgou a lei que cria o “Dia dos Heróis da Polícia Militar”. A data será celebrada em 10 de maio, em referência à morte do tenente da PM Alberto Mendes Júnior durante a Ditadura Militar.

A lei, que tem autoria do deputado estadual Capitão Telhada (PP), foi assinada por Tarcísio no dia 26 de abril e publicada no Diário Oficial nesta terça-feira (30/4).

Mendes Júnior era membro das Rondas Ostensivas Tobias Aguiar (Rota) e foi morto durante a Operação Registro, deflagrada pelo Exército e a Polícia Militar em 1970.

A ação tinha como alvo o campo de treinamento de guerrilha do grupo Vanguarda Popular Revolucionária (VPR), liderado por Carlos Lamarca, na região do Vale do Ribeira, no interior paulista.

Segundo o Memorial da Resistência, cerca de 5 mil agentes atuaram na operação, que acabou com a prisão de alguns guerrilheiros e a fuga de outros. Lamarca conseguiu fugir e foi executado no interior da Bahia, em 1971.

Já o tenente Mendes Júnior foi feito refém pelos guerrilheiros durante a ação no Vale do Ribeira e terminou assassinado pelo grupo. Seu corpo foi encontrado quatro meses depois, em setembro de 1970. A Polícia Militar afirma que o agente se entregou para proteger seus comandados.

O policial foi velado na sede do Batalhão “Tobias de Aguiar” e enterrado no Cemitério do Araçá, na zona oeste de São Paulo. A PM diz que aproximadamente 100 mil pessoas acompanharam a cerimônia.

Operação marcada pela violência

A Comissão da Verdade do Estado de São Paulo Rubens Paiva analisou, em 2014, os impactos da Operação Registro na população do Vale do Ribeira. Naquele ano, uma reportagem da Agência Pública revelou a presença de destroços de bombas de Napalm, espécie de gasolina incendiária gelatinosa, que teriam sido jogados pela Força Aérea Brasileira (FAB) na região.

A operação, que durou 44 dias, teria sido marcada por uma série de erros das tropas, segundo trechos de um relatório secreto do Exército Brasileiro lidos durante uma audiência da Comissão da Verdade. Após o fim da ação contra a guerrilha, a região teria passado por um processo intenso de grilagem de terras, em paralelo à instalação de estradas e delegacias de polícia.

Barrado na Câmara

Em novembro de 2023, a deputada federal Carla Zambelli (PL-SP) apresentou um projeto de lei com teor semelhante.

A parlamentar pretendia criar o Dia Nacional em Memória dos Profissionais de Segurança Pública Vítimas da Violência na mesma data escolhida pelo governo Tarcísio, 10 de maio.

O PL de Zambelli, no entanto, não passou pela Mesa Diretora da Câmara por não atender aos critérios legais para a fixação de critérios de datas comemorativas, como a necessidade de consultas ou audiências públicas.

Tribuna Livre, com informações do Governo do Estado de São Paulo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
BRASIL 2Edifício é evacuado após deslizamento de terra em Chapecó (SC)
Edifício é evacuado após deslizamento de terra em Chapecó (SC)
brasil 1Marinhas do Brasil e dos EUA realizam operação em apoio ao RS
Marinhas do Brasil e dos EUA realizam operação em apoio ao RS
RS 2Prefeito de Porto Alegre faz apelo para moradores: "Quem puder, fique em casa"
Prefeito de Porto Alegre faz apelo para moradores: "Quem puder, fique em casa"
RS 1Diretor do DMAE diz que chuva em Porto Alegre foi além do previsto
Diretor do DMAE diz que chuva em Porto Alegre foi além do previsto
BRASIL 2Carreta solidária leva auxílio a comunidades indígenas e agricultores no RS
Carreta solidária leva auxílio a comunidades indígenas e agricultores no RS
BRASIL 1Aumenta o número de cidades em estado de calamidade no RS; Veja lista
Aumenta o número de cidades em estado de calamidade no RS; Veja lista
MPT recebe denúncias de ameaças de demissão em meio a enchentes no RS
MPT recebe denúncias de ameaças de demissão em meio a enchentes no RS
Municípios constroem proposta de enfrentamento às mudanças climáticas
Municípios constroem proposta de enfrentamento às mudanças climáticas
Dengue: Brasil ultrapassa 5 milhões de casos prováveis apenas em 2024
Dengue: Brasil ultrapassa 5 milhões de casos prováveis apenas em 2024
Chuva avança em Santa Catarina e obriga 925 pessoas a deixarem casas
Chuva avança em Santa Catarina e obriga 925 pessoas a deixarem casas
Crise no RS faz Brasil importar arroz, que será vendido a R$ 4 o quilo
Crise no RS faz Brasil importar arroz, que será vendido a R$ 4 o quilo
Conselho Indígena de Roraima contrata profissionais de quatro áreas com salários de mais de R$ 5 mil; veja como participar
Conselho Indígena de Roraima contrata profissionais de quatro áreas com salários de mais de R$ 5 mil; veja como participar

DF amplia malha cicloviária e chega a 687 quilômetros de pistas

‌Desde 2019, foram construídos 220,52 km; capital tem a segundo maior conjunto de vias para ciclistas no país. GDF trabalha para interligar trechos e aumentar a mobilidade da população A malha cicloviária do Distrito Federal tem aumentado nos últimos anos. Atualmente, ela tem uma extensão de 687,12 km, distribuída em

Leia mais...

Marinhas do Brasil e dos EUA realizam operação em apoio ao RS

Operação tem como objetivo transferir doações para as vítimas das enchentes no estado de maneira mais ágil A Marinha do Brasil (MB) conduz, na próxima segunda-feira (27/5), uma operação de apoio à população do Rio Grande do Sul em meio à situação de calamidade pública causada pelas enchentes. A ação

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.