16/06/2024

Tragédia na Espanha: Pelo menos 13 mortos em incêndio em boates

Bombeiros utilizam escada Magirus para tentar controlar as chamas saindo pelo telhado da boate - (crédito: Bomberos de Murcia/AFP)

As chamas se alastraram da discoteca Fonda Milagros para dois estabelecimentos adjacentes, localizados na cidade de Múrcia, no sudeste do país. A investigação preliminar sugere que um curto-circuito seja a causa provável. A identificação das vítimas será realizada por meio de análise de DNA.

Logo quando o incêndio teve início na boate Fonda Milagros, localizada em Múrcia, no sudeste da Espanha, uma mulher equatoriana de 28 anos ligou para seus pais. Em meio a gritos e respiração acelerada, foi uma despedida emocional. “Mamãe, eu te amo. Vamos morrer. Mamãe, eu te amo”, disse sua filha. Ao fundo, ouviam-se gritos de desespero, com alguém clamando por luz repetidamente: “A luz! A luz!”, implorava um homem. Em outro momento, alguém suplicava: “Nos dê luz, nos ilumine”.

Ao mesmo tempo, às 6h06 do domingo (1h06 em Brasília), os bombeiros de Múrcia começaram a receber uma série de chamadas desesperadas por socorro. Uma hora depois, eles conseguiram controlar as chamas. A tragédia resultou em 13 mortes, quatro feridos e 14 pessoas desaparecidas, incluindo espanhóis, equatorianos e nicaraguenses, de acordo com informações do jornal El Mundo. Vinte e oito indivíduos foram afetados pela fumaça, receberam tratamento médico e foram liberados.

Dos 13 corpos encontrados, onze estavam no andar superior da discoteca, e os outros dois estavam sob os escombros do térreo. Três vítimas foram identificadas por meio de impressões digitais, enquanto dez precisarão de testes de DNA para a identificação. As primeiras investigações apontam para um curto-circuito no andar superior da Fonda Milagros como a causa do incêndio. Um sobrevivente relatou aos jornalistas: “Vimos chamas saindo dos dutos de ar”.

No momento do incêndio, uma festa estava em andamento no mesmo andar, onde o nicaraguense Eric Torres celebrava seu 30º aniversário com mais de 20 amigos e familiares. Sua mãe, Marta, e seu irmão, Sergio, não conseguiram escapar da boate e perderam a vida. Vários convidados de Eric estão entre os desaparecidos. Essa tragédia na boate Fonda Milagros é a mais letal na Espanha desde 1990, quando 43 pessoas morreram no boliche Flying, em Zaragoza.

O incêndio se propagou para outras duas boates, a Teatre e a Golden, a partir da Fonda Milagros, e não se pode descartar a possibilidade de encontrar mais vítimas nesses estabelecimentos. Os bombeiros de Múrcia continuam a trabalhar no local, e a divulgação de um balanço final de vítimas está pendente até a conclusão dos esforços de resgate. Os familiares e amigos das vítimas receberam assistência psicológica gratuita no Pavilhão de Esportes da cidade.

Uma pessoa identificada como Sara, que preferiu não revelar seu sobrenome, compartilhou sua experiência, dizendo que deixou a Fonda Milagros por volta das 5h, uma hora antes do incêndio. Ela expressou seu pesar pela tragédia e mencionou que alguns de seus amigos sobreviveram, mas estavam profundamente abalados. Sara também descreveu a Fonda como uma boate frequentada por pessoas de várias nacionalidades.

Em uma declaração, a Fonda Milagros apresentou suas condolências às famílias das vítimas e afirmou que está colaborando plenamente com as autoridades para esclarecer os fatos. A empresa se absterá de fazer comentários até a conclusão das investigações. O prefeito de Múrcia, José Becerra, prometeu que os responsáveis serão punidos, declarando: “Independentemente de quem seja responsável, tudo será esclarecido até as últimas consequências”.

Tribuna Livre, com informacoes da AFP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
DF está há quatro anos livre do sarampo
DF está há quatro anos livre do sarampo
Rogério Correia: "Congresso não confia deixar verbas na mão de Nikolas"
Rogério Correia: "Congresso não confia deixar verbas na mão de Nikolas"
Suspeitos de matar crianças em festa infantil são identificadosAlemão, Fabiano, Beirola, Bola Sete e Biscoito são os cinco procurados pela Polícia - (crédito: Redes sociais)
Suspeitos de matar crianças em festa infantil são identificados
Procon acompanha variação de preço do arroz branco no DF
Procon acompanha variação de preço do arroz branco no DF
Suspeito de tráfico é preso após tentar fugir em carro com filha de 5 anos em Goiânia
Suspeito de tráfico é preso após tentar fugir em carro com filha de 5 anos em Goiânia
Gabinete de Guerra de Israel defende responder ataque do Irã; dúvida é como e quando´
Gabinete de Guerra de Israel defende responder ataque do Irã; dúvida é como e quando´
Saiba o que fazer em caso de acidente com escorpiões e como evitá-los
PM salva mulher e crianças de carro arrastado pela chuva, no Setor São Judas Tadeu
PM salva mulher e crianças de carro arrastado pela chuva, no Setor São Judas Tadeu
Pedido de vista na CCJ adia decisão sobre prisão de Chiquinho Brazão
Pedido de vista na CCJ adia decisão sobre prisão de Chiquinho Brazão
Robinho: defesa tenta novo recurso no STF e alega que STJ não deveria ordenar prisão
Robinho: defesa tenta novo recurso no STF e alega que STJ não deveria ordenar prisão
Preso foge da Papuda horas antes de ser transferido para outra penitenciária
A nomeação do filho do governador para a Casa Civil é suspensa pela Justiça de Santa Catarina
A nomeação do filho do governador para a Casa Civil é suspensa pela Justiça de Santa Catarina.

Justiça expede mandado de prisão contra Maurício Sampaio

Defesa prepara um novo habeas corpus O Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO) expediu na tarde desta sexta-feira (14), os mandados de prisão de Maurício Sampaio e policial militar reformado Ademá Figueiredo, condenados pelo assassinato do radialista Valério Luiz de Oliveira em 2012. O despacho foi assinado pelo juiz Lourival

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.