22/04/2024

Trump anuncia venda de Bíblia ‘patriota’ por R$ 300: ‘Deus abençoe os EUA’

Trump anuncia venda de Bíblia Imagem: Reprodução/CNN
O ex-presidente dos EUA, Donald Trump, divulgou um vídeo na rede social Truth Social – criada por ele e que abriga políticos de extrema direita -, na terça-feira (26), em que anuncia a venda de uma Bíblia chamada “Deus Abençoe os EUA”. O livro custa US$ 60 (R$ 300).

O que aconteceu Essa versão da Bíblia é inspirada em uma música do cantor country Lee Greenwood. Trump usa a canção para subir ao palco em comícios, segundo a agência de notícias Associated Press.

O ex-presidente dos EUA escreveu na publicação que a ideia é “fazer a América orar novamente”. O texto é uma referência ao slogan usado por Trump na campanha à Presidência em 2016.

No vídeo, Trump diz que a Bíblia é o livro favorito dele. “Todos os americanos precisam de uma Bíblia em casa, e eu tenho muitas. É meu livro favorito. Tenho orgulho de endossar e encorajar você a adquirir esta Bíblia. Devemos fazer a América orar novamente”.

O site onde o livro é vendido diz que essa é “a única Bíblia endossada pelo presidente Trump!”. Além da Bíblia, o pacote também inclui cópias da Constituição dos EUA, da Declaração de Direitos, da Declaração de Independência e do juramento à bandeira, bem como um refrão manuscrito da canção de Greenwood.

Apesar da presença de Trump na divulgação, o site responsável pelas vendas diz que o livro “não é político e não tem nada a ver com qualquer campanha política”.

Essa é mais uma empreitada comercial do ex-presidente dos EUA. No mês passado, Trump divulgou uma nova linha de tênis da marca que leva o seu sobrenome.

Processos

O anúncio de Trump aparece em meio a uma série de processos que o expresidente dos EUA enfrenta na Justiça norte-americana.

Na segunda-feira (25), Trump obteve uma vitória em uma corte de apelação do estado de Nova York. Ele conseguiu ampliar o prazo e diminuiu o valor da fiança a ser paga em caso de fraude financeira.

Porém, o ex-presidente dos EUA também viu um juiz marcar a data para o julgamento sobre a suposta compra do silêncio da atriz pornô Stormy Daniels. O juiz Juan Merchan definiu o dia 15 de abril para discussão sobre o caso.

Tribuna Livre, com informações da CNN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Fachada da antiga Bolsa de Valores de Copenhague desaba após incêndio
Fachada da antiga Bolsa de Valores de Copenhague desaba após incêndio
Biden surpreende ao afirmar que tio foi devorado por canibais
Biden surpreende ao afirmar que tio foi devorado por canibais
EUA preparam exercício militar para batalhas fora da Terra
EUA preparam exercício militar para batalhas fora da Terra
Os moradores de Ibiza que vivem em seus carros enquanto turismo faz aluguéis dispararem
Os moradores de Ibiza que vivem em seus carros enquanto turismo faz aluguéis dispararem
Israel faz ofensiva diplomática para sufocar o Irã
Israel faz ofensiva diplomática para sufocar o Irã
Juiz adverte Trump sobre intimidações durante julgamento nos EUA
Juiz adverte Trump sobre intimidações durante julgamento nos EUA
Os últimos pacientes do maior hospital do Haiti, transformado em QG das gangues que desestabilizam o país
Os últimos pacientes do maior hospital do Haiti, transformado em QG das gangues que desestabilizam o país
O Irã se considera vingado e pede para Israel não reagir militarmente ao ataque
O Irã se considera vingado e pede para Israel não reagir militarmente ao ataque
Conflito provoca extrema preocupação internacional por causa do poderio militar de Irã e de Israel
Conflito provoca extrema preocupação internacional por causa do poderio militar de Irã e de Israel
Ameaça de retaliação do Irã deixa Israel em alerta máximo
Ameaça de retaliação do Irã deixa Israel em alerta máximo
Após pacto, idosa de 80 anos guarda cadáver de amiga em maleta por 1 ano
Após pacto, idosa de 80 anos guarda cadáver de amiga em maleta por 1 ano
Por que os EUA estão preocupados com possível ataque do Irã a Israel
Por que os EUA estão preocupados com possível ataque do Irã a Israel

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.