23/06/2024

A ameaça de Prigozhin: “Vai ter gente enforcada na Praça Vermelha”

Chefe mercenário diz que pode haver revolução na Rússia por causa das perdas na invasão da Ucrânia e comandantes militares serão punidos

Ievgueni Prigozhin é um mistério: ao contrário de todos os outros russos, fala o que lhe vem na cabeça, culpa a elite militar pelos maus resultados de uma guerra em que, no “pior cenário”, a Ucrânia restaura os territórios que tinha em 2014 e até insinua que seu patrono, Vladimir Putin, é o responsável pelo fiasco de dimensões nada menos que existenciais.

Ele combina tudo com Putin, a quem deve a ascensão desde que era dono de um restaurante frequentado pelo todo poderoso, ou tem uma liberdade de ação deliberadamente autorizada pelo chefe, para manter os comandantes militares em permanente desconforto?

Talvez demore um tempo até termos as respostas — se efetivamente as tivermos. Uma coisa é certa: o criador do Grupo Wagner fala o que ninguém nem remotamente tem coragem de falar, se estiver na Rússia. Com uma vitória de dar orgulho para mostrar, a conquista da disputada Bakhmut, ele falou mais do que nunca numa entrevista ao blogueiro militar Konstantin Dolgov. 

Entre os exageros verbais e a linguagem vulgar, aprendida quando passou nove anos na cadeia por assalto, agora útil para se comunicar com os ex-condenados que sacrificou implacavelmente na reconquista de Bakhmut, ele disse diversas verdades, indicando que, por trás da máquina de propaganda, os russos sabem muito bem o que está acontecendo na Ucrânia.

Uma amostra da espantosa entrevista:

“Anunciamos a desnazificação da Ucrânia e o que aconteceu? Transformamos a Ucrânia numa nação conhecida em todo o planeta. Hoje eles são como os gregos antigos ou os romanos no auge”.

“No começo, eles tinham 500 tanques, agora têm cinco mil. Se tinham 20 mil homens habilitados ao combate, hoje têm 400 mil. Então, o que foi que desmilitarizamos?”.

“Foi exatamente o contrário, nós os militarizamos até as bordas”.

“Acho que os ucranianos hoje têm um dos exércitos mais fortes do mundo. Têm alto nível de organização, treinamento, inteligência militar. Têm diferentes tipos de munição e são capazes de trocar de sistemas — soviético, Otan, o que for — com sucesso”.

“Aceitam suas perdas filosoficamente. Tudo o que fazem é para o bem maior, como nós, na Grande Guerra Patriótica” — é assim que os russos chamam a II Guerra Mundial.

Ser capaz de ver seus pontos fortes do inimigo, e até elogiá-lo, são características dos bons comandantes e o ex-menino de rua, ex-detento e ex-vendedor de cachorro quente mostra que se transformou ex -detento e ex-vendedor de cachorro quente mostra que se transformou exatamente nisso, mesmo com o horror das barbáries cometidas sob suas ordens. Prigozhin pensa autonomamente, outro sinal de inteligência.

“Tirei 50 mil presos da cadeia; 20% deles morreram”, disse o chefe do Grupo Wagner, que age na Síria e em países africanos e também tem um “exército” digital para campanhas mundiais de desinformação. Ele afirma que, de seus homens, morreram em Bakhmut 10 mil prisioneiros anistiados em troca de seis meses no fronte e 10 mil voluntários “normais”. A Ucrânia, em troca, perdeu 50 mil homens. 

Os números são bem diferentes dos calculados por outras fontes, mas o mais interessante é que Prigozhin avançou como nunca antes nos ataques aos principais comandantes militares, incluindo o ministro da Defesa, Serguei Shoigu, que é civil e amigo de Putin, e o outrora respeitado chefe do Estado Maior das Forças Armadas, general Valeri Gerasimov, o inventor da teoria da guerra híbrida que agora acumula o comando direto das operações na Ucrânia.

“A pena de morte com certeza vai ser restaurada porque estamos em guerra”, afirmou, acrescentando que “os culpados serão punidos e, no mínimo, enforcados na Praça Vermelha”.

Ele pediu a demissão de Shoigu e Gerasimov.

O único russo que fala o que quer: Prigozhin faz previsões catastróficas sobre rumos da guerra (Mikhail Svetlov/Getty Images)

Fonte: Revista Veja

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Líder da máfia italiana, Matteo Denaro morre aos 61 anos
Líder da máfia italiana, Matteo Denaro morre aos 61 anos
Joe Biden;  Estados Unidos
Os Estados Unidos reconhecem as Ilhas Cook e Niue como nações independentes
ESP
As imagens falsas de crianças nuas geradas por Inteligência Artificial que chocaram cidade da Espanha
Xenotransprante: Médicos americanos realizam 2º transplante de coração de porco em humanos
Xenotransprante: Médicos americanos realizam 2º transplante de coração de porco em humanos
Crianças roubam carro da mãe após perderem acesso a dispositivos eletrônicos nos EUA
Crianças roubam carro da mãe após perderem acesso a dispositivos eletrônicos nos EUA
Greve dos roteiristas
Sindicato negocia ‘acordo final’ pelo fim da greve dos roteiristas em Hollywood
M1
Homem com doença terminal cardíaca recebe transplante de coração de porco
Agentes armados em região separatista
Separatistas de Nagorno-Karabakh entregam armas ao Azerbaijão e negociam retirada de tropas
CHILE
Golpe no Chile: Resolução de congressistas dos EUA pede desculpas
CAÇA
Militares dos EUA localizam caça que 'se camuflou' após piloto ejetar
EXTERIOR
Irã e EUA trocam prisioneiros após liberação de fundos iranianos
NO FUNDO DO MAR
O homem que sobreviveu por 60 horas em um barco afundado no fundo do mar

Brasília sediará Congresso Internacional Cidades Lixo Zero

O Serviço de Limpeza Urbana (SLU) se une a especialistas globais para promover práticas sustentáveis e políticas de lixo zero Entre 25 e 27 de junho, Brasília será o palco da terceira edição do Congresso Internacional Cidades Lixo Zero. O evento, que será realizado no Museu Nacional da República, conta

Leia mais...

Mais de 1,5 milhão de pessoas atendidas pelos programas sociais do GDF

Do Cartão Prato Cheio ao Cartão Gás, passando pela Política de Assistência Estudantil, benefícios geraram, desde 2019, investimento de R$ 1,9 bilhão, beneficiando famílias em situação de vulnerabilidade social e impulsionando a economia Investir em pessoas e no desenvolvimento delas é uma ação perene do Governo do Distrito Federal (GDF).

Leia mais...

STF retoma julgamento sobre atendimento de pessoas trans no SUS

Sessão virtual começou hoje e vai até 28 de junho. O Supremo Tribunal Federal (STF) (foto) retomou nesta sexta-feira (21), em Brasília, a discussão sobre o atendimento de pessoas transexuais no Sistema Único de Saúde (SUS).  A Corte julga em plenário virtual a liminar proferida em 2021 pelo ministro Gilmar

Leia mais...

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.