22/04/2024

Além de Prigozhin: 3 desafetos de Putin que morreram misteriosamente

Todos tinham algo em comum: eram críticos à guerra que Putin promoveu contra a Ucrânia

As informações foram confirmadas pela Autoridade Russa de Aviação Civil — órgão análogo à Anac brasileira. Há a suspeita de que Vladimir Putin, o presidente da Rússia, esteja por trás da morte trágica do militar — considerado um rebelde por Moscou.

No dia 23 de junho de 2023, Prigozhin, braço direito de Putin à época, liderou um motim contra o Kremlin, mas depois recuou. O presidente da Rússia prometeu punir o responsável pelos atos de traição. Não é de hoje que cidadãos que se indispõem com o Kremlin morrem de maneira suspeita. Conheça outras pessoas que Putin é suspeito de ter matado.

Magnata

No dia 25 de dezembro de 2022, Pavel Antov, magnata russo, perdeu a vida ao cair da janela de um hotel na cidade indiana de Rayganda — ele morreu alguns dias depois de seu 65º aniversário. Antov, que também era deputado, criticou, no WhatsApp, as ofensivas militares de Putin contra a Ucrânia, quando o presidente russo ordenou um ataque com mísseis contra Kiev, capital ucraniana. Logo depois de ter publicado a mensagem, o magnata decidiu apagá-la — ele afirmou que outra pessoa havia escrito a mensagem.

Presidente da Lukoil

Ravil Maganov, presidente da Lukoil, uma empresa que atua na exploração de petróleo e gás, morreu sob circunstâncias suspeitas, em setembro de 2022. O executivo despencou da janela de um hospital em Moscou. Maganov era outro cidadão russo que criticava o presidente do país por conta da invasão da Ucrânia. O empresário apelou pelo “fim mais rápido do conflito armado”, de acordo com o que foi mostrado num relatório. A empresa Lukoil havia publicado uma nota — agora excluída — na qual alegava que o executivo havia morrido em decorrência de uma “doença grave”.

Empresário

Em agosto de 2022, o corpo de Dan Rapoport, empresário russo, foi encontrado próximo a um prédio em Washington D.C., capital dos Estados Unidos. Nas suas redes sociais, Rapoport apoiava abertamente a Ucrânia. De acordo com a polícia, o homem carregava consigo US$ 2.500 (algo em torno de R$ 12. 400), uma carteira de motorista do Estado da Flórida, chinelos na cor laranja e um chapéu preto quando foi achado morto. Assim como Prigozhin, todos os mortos tinham algo em comum: criticavam a guerra que Putin empreendeu contra a Rússia.

Na quarta-feira 23, Yevgeny Prigozhin, líder do grupo Wagner, morreu numa queda de avião nos arredores de Moscou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7R contabilidade e assessoria empresarial Santa Maria Brasilia DF
Leia também
Líder da máfia italiana, Matteo Denaro morre aos 61 anos
Líder da máfia italiana, Matteo Denaro morre aos 61 anos
Joe Biden;  Estados Unidos
Os Estados Unidos reconhecem as Ilhas Cook e Niue como nações independentes
ESP
As imagens falsas de crianças nuas geradas por Inteligência Artificial que chocaram cidade da Espanha
Xenotransprante: Médicos americanos realizam 2º transplante de coração de porco em humanos
Xenotransprante: Médicos americanos realizam 2º transplante de coração de porco em humanos
Crianças roubam carro da mãe após perderem acesso a dispositivos eletrônicos nos EUA
Crianças roubam carro da mãe após perderem acesso a dispositivos eletrônicos nos EUA
Greve dos roteiristas
Sindicato negocia ‘acordo final’ pelo fim da greve dos roteiristas em Hollywood
M1
Homem com doença terminal cardíaca recebe transplante de coração de porco
Agentes armados em região separatista
Separatistas de Nagorno-Karabakh entregam armas ao Azerbaijão e negociam retirada de tropas
CHILE
Golpe no Chile: Resolução de congressistas dos EUA pede desculpas
CAÇA
Militares dos EUA localizam caça que 'se camuflou' após piloto ejetar
EXTERIOR
Irã e EUA trocam prisioneiros após liberação de fundos iranianos
NO FUNDO DO MAR
O homem que sobreviveu por 60 horas em um barco afundado no fundo do mar

A sua privacidade é importante para o Tribuna Livre Brasil. Nossa política de privacidade visa garantir a transparência e segurança no tratamento de seus dados pessoais.